A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

11/11/2014 15:50

Venda de carros mostra recuperação, mas ainda é 10% inferior a 2013

Priscilla Peres
Setor passa por crise desde o início do ano e começa a se recuperar agora. (Foto: Auto Esporte)Setor passa por crise desde o início do ano e começa a se recuperar agora. (Foto: Auto Esporte)

O comércio de veículos novos começa a se recuperar da crise que vive desde o início do ano. Conforme dados da Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores), em outubro a comercialização de veículos apresentou leve alta de 0,44% em Mato Grosso do Sul.

Veja Mais
Veículos parados em calçada, sobre piso tátil, são flagrados na Afonso Pena
Venda de veículos acumula queda de 10% no ano, mas mostra recuperação

Em outubro foram emplacados 6.345 veículos novos, contra 6.317 em setembro. Já em relação ao ano passado, as vendas acumulam queda de 10,06%, assim como no acumulado do ano de 2014 comparado a 2013, conforme os dados divulgados mensalmente pela Federação nacional.

Em relação a comercialização por segmento, em outubro foram vendidos 4,27% a mais de automóveis e comerciais leves do que em setembro. E entre os caminhões e ônibus a alta nas vendas chega a 7,73%, graças aos emplacamentos de ônibus que subiram 18% no mês. A venda de motocicletas caiu 10,58% no mês, passando de 1.966 em setembro para 1.758 em outubro.

Os números mostram a tendência de recuperação do setor, já esperada pelo presidente da Fenabrave/MS, Roberto Mosena. Ele acredita que as perdas estão sendo minimizadas, apesar de fechar o ano com números negativos.

Nacional - Em todo o país, a venda de veículos cresceu 3,5% em outubro em relação a setembro, sendo que foram emplacados 306.875 carros, caminhões e ônibus. Em relação a outubro de 2013, o setor acumula 7% de queda.

Para a Fenabrave nacional apesar da recuperação o "ano já está perdido", principalmente devido ao número de dias úteis de um ano para o outro. "Até agora, tivemos em 2014, 206 dias úteis, ante 210 em 2013. Esta diferença já representa um bom volume no comparativo", comenta o presidente da Fenabrave, Flavio Meneghetti.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions