A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

12/11/2015 15:47

Vendas desaquecem pelo 3º mês seguido em MS e comércio recua 5,2%

Liana Feitosa
Eletrodomésticos está o topo da lista dos produtos menos vendidos em setembro, segundo pesquisa. (Foto: Arquivo / Campo Grande News)Eletrodomésticos está o topo da lista dos produtos menos vendidos em setembro, segundo pesquisa. (Foto: Arquivo / Campo Grande News)

Mato Grosso do Sul registrou queda de 5,2% no volume de vendas no comércio varejista em setembro deste ano, terceiro mês seguido de desaquecimento no Estado. O dado foi obtido em levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e divulgado nesta quinta-feira (12).

Veja Mais
Comércio fecha acordo sobre reajuste, mas horário especial segue indefinido
De esteira a piano usados, amigas abrem hoje a 1º de várias vendas de garagem

O mês de agosto também registrou recuo, de 1,9%. Já se consideradas as vendas no acumulado do ano, o índice caiu 0,4%. Ainda de acordo com a pesquisa, em setembro de 2014 o comércio varejista no Estado registrou índice de vendas de 131,7%, contra 124,8% no mesmo mês deste ano.

O que é pesquisado - A pesquisa leva em conta setores como supermercados, produtos alimentícios, cosméticos, vestuário, móveis, eletrodomésticos, Artigos farmacêuticos, médicos, livros, revistas, papelaria e materiais para escritório, informática e comunicação.

Parte do levantamento também apresenta o índice do comércio varejista ampliado que, além do varejo, inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção. Em setembro do ano passado, as vendas desse setor foram de 115,5%. Já em setembro deste ano, caíram para 104,4% no Estado.

Isso significa que a variação de volume de vendas do comércio varejista ampliado apresentou queda de 9,6% em setembro de 2015, enquanto que, em agosto, também houve decréscimo, de 6,1%.

Trimestre em queda - Na realidade, foi constatado desaquecimento nas vendas desde julho, de 3,5% no primeiro mês do segundo semestre. Ou seja, o último trimestre foi negativo em Mato Grosso do Sul.

Em nível nacional, setembro foi o 8% resultado negativo seguido nas vendas do comércio brasileiro. (Foto: Arquivo/ Campo Grande News)Em nível nacional, setembro foi o 8% resultado negativo seguido nas vendas do comércio brasileiro. (Foto: Arquivo/ Campo Grande News)

Os números do Estado acompanharam os índices nacionais, que também apresentaram queda em setembro. O comércio o comércio varejista recuou 0,5% frente ao mês imediatamente anterior.

Na passagem de agosto para setembro de 2015, na série com ajuste sazonal, o comércio varejista registrou recuo em 23 das 27 dos estados brasileiros. Mato Grosso do Sul ficou em segundo lugar no país com maior volume de queda, 3,0%.

Brasil - Em nível nacional, setembro foi o 8% resultado negativo seguido nas vendas do comércio brasileiro. A receita nominal ficou praticamente estável (0,1%) pelo segundo mês consecutivo, ambos nas séries livres de influências sazonais.

O comércio varejista ampliado voltou a registrar variação negativa, com decréscimo de 1,5% em relação a agosto na série com ajuste sazonal. Em relação ao mesmo mês do ano anterior, o varejo ampliado registrou quedas de 11,5% para o volume de vendas e de 4,4% para receita nominal.

Na comparação com setembro do ano passado, todas as oito atividades do varejo pesquisadas registraram variações negativas no volume de vendas. O principal destaque foi móveis e eletrodomésticos, com queda de 17,9%. A pesquisa completa pode ser conferida neste link.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions