A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

13/09/2016 16:07

Vendas do comércio varejista de MS recuam 0,5 % em julho, diz IBGE

Anny Malagolini
Este já é o terceiro resultado negativo do ano (Foto: Campo Grande News/Arquivo)Este já é o terceiro resultado negativo do ano (Foto: Campo Grande News/Arquivo)

O comércio varejista em Mato Grosso do Sul mostrou recuou no volume de vendas de 0,5%, na série com ajuste sazonal de julho, no confronto com o mês anterior. Este já é o terceiro resultado negativo do ano. Na comparação com julho de 2015, levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontou redução de -8,1% no volume de vendas no Estado.

Veja Mais
Negociação pode por fim a greve dos bancários que completa 22 dias hoje
Feira de negócios começa hoje na Capital, e velejador Lars Grael fará palestra

O acumulado dos últimos 12 meses teve recuo de 5,5%, e já aparece como a perda mais intensa da série histórica iniciada em 2001, levando em consideração a média nacional de -6,8%. O IBGE mostrou ainda que o volume de vendas recuou todas as unidades da federação, e no Estado, o desempenho do comércio do estado acumulado dos últimos sete meses apresentou queda de -6,4%.

Para esses mesmos indicadores, a receita nominal de vendas prossegue sinalizando com variações: Maio (1,1); Junho (2,0) e julho queda (-1,2). O acumulado do ano é de 0,9.

Cenário Nacional - O volume de vendas do comércio varejista brasileiro voltaram a registrar queda, e apagou o ligeiro aumento obtido em junho. Em julho, o varejo teve variação de -0,3%, enquanto no mês anterior o avanço foi de 0,3%. Este é o quarto resultado negativo do ano.

No comparativo com julho de 2015, o resultado também não é otimista, o volume de vendas teve queda de -5,3%. O acumulado dos sete primeiros meses deste ano apresentou redução de 6,7%. O acumulado dos últimos 12 meses teve recuo de 6,8%, e já aparece como a perda mais intensa da série histórica iniciada em 2001.

Para esses mesmos indicadores, a receita nominal de vendas prossegue sinalizando com variações positivas: 6,7% frente a julho de 2015, 4,9% para o acumulado no ano, e 3,7% no acumulado dos últimos 12 meses.

O comércio varejista ampliado (varejo e mais as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção) registrou variação de -0,5% em relação ao mês imediatamente anterior (série com ajuste) para o volume de vendas, enquanto a receita nominal, com taxa de 0,7%, permanece no campo positivo pelo terceiro mês consecutivo. Em relação a julho de 2015, o volume de vendas registrou queda de 10,2%. Para as taxas acumuladas, os resultados foram de -9,4% no ano e de -10,3% nos últimos 12 meses.

Vendas do comércio varejista de MS recuam 0,5 % em julho, diz IBGE



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions