A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

01/07/2011 17:50

Arraiá inicia às 18h na Praça do Rádio com música, dança e comida típica

Viviane Oliveira e Nadyenka Castro

A festa terá show com o grupo Eco do Pantanal

A festa terá 22 barracas de comidas típicas e 2.500 cadeiras. (Foto: Marcelo Victor)A festa terá 22 barracas de comidas típicas e 2.500 cadeiras. (Foto: Marcelo Victor)

O 6º Arraiá Especial será hoje na praça do Rádio Clube às 18 horas em Campo Grande. O evento é organizado pela Prefeitura, Semed (Secretaria Municipal de Educação) e Fundac (Fundação Municipal de cultura).

A festa terá 22 barracas de entidades que trabalham com crianças portadoras de algum tipo de necessidade especial, ou que faz trabalho filantrópico. Cada barraca vai vender um tipo de comida típica de festa Junina. Serão disponibilizadas 250 mesas com quatro cadeiras cada.

Uma das responsáveis pela realização da festa, Lelis da Cunha, explicou que todo dinheiro arrecadado fica com a instituição. “O ano passado tivemos um público de 5 mil pessoas, com certeza esse ano vai ter mais gente”. Segundo ela, o arraial já é uma festa tradicional.

A animação começa com DJ Fabrizzio Mandetta, depois terá a apresentação de quadrilhas das escolas: Consulesa Margarida Maksoud Trad, quadrilha da Pestalozzi e com alunos especiais das escolas Maria Tereza e Juliano Varela. A partir das 22 horas terá show com o grupo Eco do Pantanal.

Nilva Barbosa é representante da barraca Oficina de Costura Santa Bakita Enxoval para mães e crianças carentes. Ela conta que o grupo de oficina é formado por cinco mulheres cursilhistas – movimento ligado à igreja católica.

Elas trabalham com o disk aborto, hospitais, e comunidades carentes em geral. Esses locais acionam o grupo quando há necessidade. Segunda Nilva, o grupo ajuda uma média de 100 bebês por ano.

O grupo participa da festa desde a primeira edição e há três anos trabalha com barraca de doces. “O que é arrecadado serve para comprar material e produzir os enxovais, o grupo já existe há oito anos”, disse Nilva. Ela, conta que antes do arraial especial, dependia de doações e vendia latinha para conseguir comprar o material.

Quem quiser ajudar pode procurar a Semed (Secretaria Municipal de Educação) no endereço Onicieto Severo Monteiro, 460, Vila Margarida.

Prazo para inscrever atrações no Festival de Inverno de Bonito termina hoje
Termina nesta quinta-feira (3) o prazo para os interessados em inscrever atrações culturais para a 15ª edição do Festival de Inverno de Bonito. O eve...
Projeto "Um Violão Entre Amigos" traz concerto de violonista para Campo Grande
Para encerrar o projeto “Um Violão Entre Amigos”, patrocinado pelo FIC (Fundo de Investimentos Culturais), nesta sexta-feira (20) acontece o recital ...
Último dia de desfile do Grupo Especial no Rio tem homenagem a Zico e a Senna
No segundo dia de desfile das escolas de samba que integram o Grupo Especial, o público terá uma festa que inclui homenagens a dois esportistas consa...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions