A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

10/02/2011 21:05

Atrações regionais do Festival América do Sul apostam em diversidade e colorido

Marcio Breda
Desafio do Touro Candil, de Porto Murtinho, é uma das atraçõesDesafio do Touro Candil, de Porto Murtinho, é uma das atrações

Anunciadas hoje (10) pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, as 10 atrações sul-mato-grossenses do 8º Festival América do Sul - realizado em Corumbá de 27 de abril à 1º de maio - primam pela diversidade na música e nas artes cênicas, com influências do folclore regional chegando ao rock progressivo.

A idéia de diversificar e integrar atrações é a essência do Festival, explica o presidente da FCMS, Américo Calheiros. “Esse encontro gera uma reflexão importante sobre os rumos da área cultural, sobre os pontos de convergência existentes e sobre os caminhos a serem percorridos”, esclarece.

Confira o perfil das atrações:

Música

Agemaduomi - Grupo de choro sul-mato-grossense vai apresentar no FAS um espetáculo produzido exclusivamente para o evento: “Chorumbá”.

Daniel de Paula - Nascido em Ponta Porã, Daniel é um tradicionalista quando se fala em música e seu show é feito com a viola do Cocho, um patrimônio histórico imaterial, produzido em Corumbá pelo “Seu Agripino”.

Forró Zen - O grupo fez uma pesquisa dos ritmos nordestinos e inseriu no show “no Sertão do Pantanal” o timbre da viola caipira acompanhados pela “Catira”.

Gideão Dias - O samba pede passagem e faz o cavaco chorar em novamente em Corumbá. Gideão vai apresentar o show “Samba sem Fronteira” com composições próprias que conta os desafios do dia-adia de forma irreverente.

Jennifer Magnética - Mostrar o que pensa o velho ébrio na sarjeta ou o que sente a ‘tia’ do balcão do buteco, por viver no submundo do submundo é o desafio que a banda se propôs a enfrentar em “O Verdadeiro Undergrond” show que dá nome ao novo CD da banda.

Artes Cênicas

Os Corcundas – Circo do Mato - Um é simpático e puro, a outra é bricalhona e esperta. De comum, apenas a feiúra e o amor que se aflora no desenrolar da peça.

“Incontornáveis – um espetáculo de incoerência e horror” – Mercado Cênico - A violência é o tema base da peça que é a primeira de uma série de três peças, que conta ainda com as incoerências políticas e religiosas. Todo o trabalho foi feito a partir de uma pesquisa referenciada em pensadores do teatro como Bertold Brecht e Samuel Beckett.

“A Serpente” – Ofit - Baseada na obra homônima de Nelson Rodrigues a Serpente relata a história de quatro irmãs que celebram o casamento no mesmo dia, alem de dividirem o mesmo apartamento.

Subversivos - Dançurbana - O “Subversivos” é um trabalho de pesquisa, vivência, troca e experimentações que buscam um movimento espontâneo e consciente, em um trabalho de reprodução de movimentos e técnicas pré-existentes no Hip-Hop.

Desafio do Touro Candil - Dois touros, um encanta, outro rouba a cena. Bandido e Encantado entram na arena para disputar, com muita dança e adereços, quem é o legitimo filho do “Toro Candil”, um folclore paraguaio que está se perdendo no país vizinho e a cidade de Porto Murtinho busca resgatar com essa nova roupagem.

Prazo para inscrever atrações no Festival de Inverno de Bonito termina hoje
Termina nesta quinta-feira (3) o prazo para os interessados em inscrever atrações culturais para a 15ª edição do Festival de Inverno de Bonito. O eve...
Projeto "Um Violão Entre Amigos" traz concerto de violonista para Campo Grande
Para encerrar o projeto “Um Violão Entre Amigos”, patrocinado pelo FIC (Fundo de Investimentos Culturais), nesta sexta-feira (20) acontece o recital ...
Último dia de desfile do Grupo Especial no Rio tem homenagem a Zico e a Senna
No segundo dia de desfile das escolas de samba que integram o Grupo Especial, o público terá uma festa que inclui homenagens a dois esportistas consa...



Já dizia Nelson Rodrigues, toda a unanimidade é burra. Por 19 votos a zero, a Câmara Municipal de CG aprova shows no parque de exposições, pelo andar do carro de boi, o presidente da Casa não vai votar nunca. E além de burra não dá sossego.
 
André Fry Dobes em 11/02/2011 08:09:45
AGEMADUOMI E JENNIFER MAGNÉTICA comandam, tchê!
 
Gusmão Augusto em 10/02/2011 09:39:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions