A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

06/08/2011 09:51

Campo-grandense vence o maior festival de dança do mundo

Ana Paula Carvalho

Floriano venceu no solo masculino na categoria avançada do 29º Festival de Dança de Joinville (SC)

Julio Cesar Floriano dançando no Festival de Joinville. Julio Cesar Floriano dançando no Festival de Joinville.

O campo-grandense Julio Cesar Floriano, 23 anos, venceu no solo masculino na categoria avançada no 29º Festival de Dança de Joinville (SC), a principal competição desse tipo no Brasil e uma das mais importantes do mundo.

Floriano conheceu a dança em 2004 e em 2005 entrou para o Projeto Dançar, do Grupo Ginga, referência em Mato Grosso do Sul.

No ano seguinte entrou para o grupo titular, pelo destaque apesar da pouca experiência.

Desde 2007 ele faz parte da Companhia do Mato e foi representando esse grupo que venceu o festival que aconteceu entre os dias 20 e 30 de julho, com a dança contemporânea.

Para participar do festival,considerado o maior do mundo desde 2005, o dançarino enviou um vídeo que passou por análise e foi selecionado.

Apesar de ser a primeira participação no festival, Floriano venceu dois competidores do Rio Grande do Sul, um do Paraná e outro de São Paulo.

Para o bailarino, ganhar foi muito importante para a carreira. “Dançar nesse palco significa você apresentar o seu trabalho a vários artistas da dança. É uma vitrine”, diz.

Quatro pessoas da companhia foram para o festival. Ao todo, eles gastaram R$ 10 mil, R$ 2.500 por pessoa. Valor muito alto para quem não tem apoio financeiro. Para o dançarino, falta investimento. “Os artistas encontram dificuldade para representar o estado em festivais, porque o valor gasto é alto e não há apoio financeiro de patrocinadores”, reforça.

Ao vencer a competição em julho, Floriano se classificou para uma extensão do festival que acontecerá em outubro, em Paulinia, São Paulo. Essa competição é o Grand Pix que garante vaga em competições internacionais.

Os primeiros colocados ganham todas as despesas do próximo Festival de Joinville e, os melhores bailarinos, coreógrafos e professores têm a oportunidade de ganhar intercâmbios e bolsas em companhias de dança internacionais.

Para participar dessa competição, Floriano, gastará em média, R$ 2 mil nos sete dias de apresentação. Para se manter, o dançarino dá aulas de pilates em uma academia.

Aguentar a rotina de treinamentos não é fácil, por dia, são de quatro a cinco horas de treinamento específico. Ele ainda dá aulas de dança e de pilates.

Prazo para inscrever atrações no Festival de Inverno de Bonito termina hoje
Termina nesta quinta-feira (3) o prazo para os interessados em inscrever atrações culturais para a 15ª edição do Festival de Inverno de Bonito. O eve...
Projeto "Um Violão Entre Amigos" traz concerto de violonista para Campo Grande
Para encerrar o projeto “Um Violão Entre Amigos”, patrocinado pelo FIC (Fundo de Investimentos Culturais), nesta sexta-feira (20) acontece o recital ...
Último dia de desfile do Grupo Especial no Rio tem homenagem a Zico e a Senna
No segundo dia de desfile das escolas de samba que integram o Grupo Especial, o público terá uma festa que inclui homenagens a dois esportistas consa...



É de notícias como esta que nossos telejornais deveriam se empenhar, não ficar perdendo temo com tantas notícias ruins que já estamos cansados de ver.
 
Roberto Passos em 11/08/2011 12:48:05
Parabénsssss Julio que maravilha saber que voce representa nosso estado, isso tudo que esta acontecendo só detales do amor de Deus por voce, vou continuar rezando para que de tudo certo. PARABENSSSSSSSSSS.
 
Carla Brites em 08/08/2011 11:37:58
professor,parabens pelo premio fico muito orgulhosa de ser sua aluna...bjus te adoro.

apresentaçao do projeto dançar dias 18 e 19 de setembro,vao la em.
 
Natalia Aude em 08/08/2011 10:37:30
Estou orgulhoso deste meu conterrâneo e envergonhado pelas autoridades que dão as costas para os talentos da nossa terra!
 
Gabriel Gabino Mello Moreira em 07/08/2011 12:16:55
Devo ressaltar que essa conquista não é só minha, mas da Cia do Mato, que foi representada em Joinville também por Diógenes Antônio, Iara Costa e Chico Neller. A coreografia “Atemporal”, de Chico Neller obteve a colocação de 1° lugar, na categoria citada na matéria. Nosso Estado foi muito bem representado também pelos bailarinos Diógenes Antônio e Iara Costa – Cia do Mato, no gênero Jazz, com a coreografia “Relação Impressa”, de Diógenes, e com a Zoe escola de dança, com André Souza, no gênero Ballet Clássico de repertório, com a coreografia “O Corsário”. Em relação aos patrocínios, julgo que isso é algo pontual, e que certamente outras pessoas, em outros momentos, receberam do poder público e privado esse tipo de financiamento para ir a festivais, mas, outros tipos de financiamentos acontecem em prol da arte, como é o caso de projetos da Prefeitura e do Estado que visam a formação de novos artistas, inclusive, foi no Projeto Dançar, parceria com a Fundac (prefeitura) em que realizei minha formação como Bailarino. Nós artistas temos consciência que uma ação continuada de Políticas Culturais é a maneira que almejamos para realizar algum trabalho, e não reduzindo a arte de maneira sensacionalista ou banalizada pelo discurso da falta de investimento. obrigado.
Júlio César Floriano - Bailarino
 
Júlio César Floriano em 07/08/2011 10:45:50
Notícias que valem a pena serem lidas, mas um campograndeses sendo motivo de orgulho e respeito pelo trabalho que faz....
"Júlio parabéns nego..Estamos muito orgulhosos de você, que venha muitos outros premios"..
 
Andreia Silva em 07/08/2011 10:44:04
Julio, parabéns!!! Que Deus te de muita força para continuar batalhando...vc é maravilhoso.Vamos orar para que apareça uma pessoa de boa vontade para patrocinar seu trabalho, porque dançar é uma das mais lindas artes que conheço.
 
Nair Specort em 07/08/2011 06:47:06
Parabéns! Mato Grosso do Sul foi muito bem representado e esse bailarino merece todo nosso carinho. Ele é maravilhoso! Deus o ilumine e proteja para que ele continue brilhando.
 
elza gonçalves em 06/08/2011 12:50:10
Tá e o que ele ganhou, qual foi o prêmio dele!!! tapinha nas costas???poxa se é o maior evento no mundo o pessoal que organiza tem de dar um retorno aos dancarinos!, fica ai o protesto, não é só ir lá a arte tem de ser incentivada.
 
sandra lima em 06/08/2011 12:36:58
Parabéns Júlio Cesar, a sua vitória deixa a todos nós que militamos na cultura da nossa capital, muito orgulhosos por projetar a cidade e os demais artistas em nivel nacional. Isto demonstra o quanto a persistência, e o talento do artista supera toda espécie de dificuldades;(falta de maior apoio e reconhecimento do poder público,e da iniciativa privada). Se com todos esses obstáculos, voçe se destacou em um dos mais respeitados festivais de dança do mundo, imagina com mais e melhores condições.
Parabéns também ao Grupo Ginga, com o seu Projeto Dançar, demostra o quanto é consciente do seu papel social.
Eduardo S. Neto - Presidente da LIENCA
 
EDUARDO DE SOUZA NETO em 06/08/2011 12:16:14
Parabéns Júlio ainda bem que voce correu atras e conseguiu seu objetivo que é a dança, eu qdo criança sonhava com dança mas infelizmente foi só um sonho, amo a dança. Deus te abençoe e que voce consiga ir além...
 
graciete adolfo em 06/08/2011 11:54:37
Meu irmão, meu orgulho! De fato mereceu destaque pela perseverança. A primeira colocação é reconhecimento de Deus por tanto esforço. Sou muito feliz por Mato Grosso do Sul, meu Estado, está bem representado em dança no estilo contemporâneo, meu irmão, a quem sou fã. Sucesso!
 
Cesar Floriano em 06/08/2011 11:14:29
Parabéns, Júlio Cesar!!! Quem sabe agora receberá mais atenção dos políticos, um bom patrocinador e a ajuda da Secretaria de Cultura do nosso estado, afinal é tbem o nome de Mato Grosso do Sul que está sendo divulgado. Sucesso e boa sorte.
 
Vanda Tosta em 06/08/2011 11:11:41
Com tantos politicos ganhando horrores de dinheiro, não achar um para ajudar a custear as despesas desses jovens talentos é brincadeira né. E os patrocinadores estao todos escondidos, vamos acordar gente, Campo Grande é uma grande capital e com muitos talentos escondidos ou agonizando tentando sobreviver. O Estado so quer aparecer qdo alguem conquista o 1° lugar, mas nao vêem as dificuldades que os profissionais encontram para atingirem o Topo.
POLITICOS e EMPRESARIOS de Campo Grande e todo o Mato Grosso do Sul, conscientizaçao já. AJUDE UM ARTISTA. O custo pode ser Alto para o artista que não o tem, mas pra vc politico ou empresario, talvez não o significara nada.
 
Luci santos em 06/08/2011 10:35:13
É muito bom ver esse tipo de matéria. As coisas boas que temos por aqui. Parabéns!
 
marlene centurião em 06/08/2011 10:07:28
Parabéns Julio César, nos campograndenses e sul matogrossenses devemos nos orgulhar e ajuda-lo a alçar vôos mais altos. Pois poderemos mostrar ao mundo que o Mato Grosso do Sul e Pantanal não tem apenas onças, capivaras etc etc.
Tá na hora do poder publico Municipal e Estadual abrir os olhos para valores como vc proporcionando oportunidade e ajuda para vc. Deus te abenço e vamos em frente.
 
Celso Marlei dos Santos em 06/08/2011 06:28:07
Júlio, eu sabia, eu sabia e o Gustavo também, era só questão de tempo, a hora certa, essa foi o seu momento, sua hora!
Nana
 
Rosangela da Silva em 06/08/2011 05:55:28
como é maravilhoso saber que nós temos pessoas de categoria. parabens.
 
luiz jorge de magalhaes em 06/08/2011 05:23:22
Parabéns, Julio Cesar!!!! nada acontece por acaso!!!!!
 
Roberto Souza em 06/08/2011 02:27:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions