A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

12/05/2011 23:39

Capital de MS homenageia bicentenário da Independência Paraguaia

Ana Paula Carvalho

Comemorações acontecem por todo o fim de semana

Orquestra Sinfônica de Campo Grande homenageia bicentenário do Paraguai.(Foto: João Garrigó)Orquestra Sinfônica de Campo Grande homenageia bicentenário do Paraguai.(Foto: João Garrigó)

A Orquestra Sinfônica de Campo Grande deu inicio as comemorações do bicentenário da Independência Paraguaia que acontece na Capital. O final de semana será marcado por várias atividades relacionadas àquele país.

Oficialmente as comemorações iniciaram hoje, mas a Colônia Paraguai já festejou a data no dia do trabalhado, 1º de maio, na Praça do Rádio Clube com a apresentação do Grupo de Dança Folclórica do Paraguai.

HOje haverá festa na associação paraguaia, na Vila Pioneira. No sábado de manhã haverá apresentação de danças folclóricas e degustação de comidas típicas, como sopa paraguaia e chipa, no calçadão da Barão.

À noite, as apresentações serão na Vila Popular e no domingo haverá um churrasco dançante na Colônia Paraguaia com o grupo Los Ojedas.

Segundo o presidente da Colônia, Arnaldo Angel, a escolha da Vila Popular para receber a festa comemorativa, deve-se ao fato de 70% dos moradores serem descendentes de paraguaios.

O espetáculo: Segundo o Maestro Eduardo Martinelli, a ideia de homenagear “nossos vizinhos” surgiu a menos de um mês. Ela foi incluída na programação de comemorações e contou com a participação de artistas como Marcelo Loureiro, Marcelo Fernandes e o harpista do conservatório de Assunção, Gullermo Sossa.Todo o repertoria envolvia musicas paraguaias.

O Teatro Glauce Rocha, palco do espetáculo, ficou lotado. “Fomos a Ponta Porã e vimos algumas bandeiras e pessoas comentando sobre o bicentenário. Achamos interessante e viemos”, afirma o empresário Mário Henrique Vitoriano. Ele e a esposa Vera Rosa Vitoriano, não vieram sozinhos.

O casal trouxe um amigo que mora no Rio de Janeiro para prestigiar a festa. “Cheguei aqui e eles me trouxeram para um evento cultural”, diz o comandante da Marinha, Helder Luiz Roca, 52 anos.

Depois de algumas peças tocadas pelos 50 integrantes da orquestras e convidados, o Campo Grande News perguntou ao grupo de amigos o que eles estavam achando. “Muito bom”, disseram.

Gritos de “bravo” eram ouvidos durante o espetáculo. O pequeno Hugo da silva, 5 anos, correu todo o tempo de um lado para outro tirando fotografias. “Minha mãe me trouxe. Eu gosto muito de música”, diz, o menino encantado.

Bicentenário: A festa marca a independência do Paraguai da Espanha, em 15 de maio de 1811. O Paraguai declarou a independência, sem luta nem guerra.

Com uma área de 406.752 km², um pouco maior que Mato Grosso do Sul, o Paraguai possui como principal produto de exportação a soja.

O país possui duas línguas oficiais, o espanhol e o guarani. A capital é Assunção e o presidente é o ex-bispo Fernando Lugo.

O pequeno Hugo da Silva se encantou pelo espetáculo. (Foto: João Garrigó)O pequeno Hugo da Silva se encantou pelo espetáculo. (Foto: João Garrigó)
Público lotou o Teatro Glauce Rocha. (Foto: João Garrigó)Público lotou o Teatro Glauce Rocha. (Foto: João Garrigó)
Prazo para inscrever atrações no Festival de Inverno de Bonito termina hoje
Termina nesta quinta-feira (3) o prazo para os interessados em inscrever atrações culturais para a 15ª edição do Festival de Inverno de Bonito. O eve...
Projeto "Um Violão Entre Amigos" traz concerto de violonista para Campo Grande
Para encerrar o projeto “Um Violão Entre Amigos”, patrocinado pelo FIC (Fundo de Investimentos Culturais), nesta sexta-feira (20) acontece o recital ...
Último dia de desfile do Grupo Especial no Rio tem homenagem a Zico e a Senna
No segundo dia de desfile das escolas de samba que integram o Grupo Especial, o público terá uma festa que inclui homenagens a dois esportistas consa...



Apresentação magnifica! Com músicos excelentes q tiveram o privilégio de tocar as melodiosas músicas paraguaias. Todos os participantes estão de parabéns!!!
 
Romildo Fagundes em 13/05/2011 10:31:33
Independência Paraguai:
Los derechos de libertad deben ser entendidos como herramientas para el empoderamiento ciudadano poder que le permite a la sociedad incidir con propiedad en la construcción del Estado Social de Derecho. La libertad da vida a laesperanza de construir colectivamente un presente y un futuro más justos y solidarios.
 
Joatan Loureiro da Silva em 13/05/2011 09:49:51
Foi um espetáculo imperdível aos amantes da boa musica preparada com bons arranjos, espero que Campo Grande prestigie, mais vezes, esta jóia que temos, a Orquestra Sinfônica de Campo Grande e os grandes músicos de nosso estado.
Parabénz a todos os envolvidos e em especial a toda a Nação Paraguaya, que foi o foco deste homenagem.
Carlos Cisi
Violonista Clássico.
 
Carlos Cisi em 13/05/2011 08:56:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions