A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

04/08/2011 12:50

Livro com história do pipoqueiro Baiano, símbolo da Capital, é lançado hoje

Paula Vitorino

Uma das personalidades mais conhecida da região central de Campo Grande, o pipoqueiro Baiano, agora tem sua história contada nas páginas de um livro. A obra, que é a VX série do projeto “Eu sou História”, será lançada nesta quinta-feira (4), às 18h, no auditório Acyr Vaz Guimarães - Avenida Calógeras, 3000.

O nome do livro é “Baiano Pipoqueiro- Simplicidade e dedicação” e conta toda a trajetória de Hortêncio Batista de Miranda, um homem simples e que conquista a todos com sua simpatia.

O pipoqueiro ganhou freguesia e fez sucesso ao longo de mais 20 anos vendendo pipoca sempre quentinha e saborosa nas portarias de escolas da Capital. A tradição de comprar pipoca do Baiano passa de pais para filho, mas o sabor do produto continua o mesmo.

Durante o lançamento nesta noite, os exemplares do livro serão distribuídos gratuitamente aos que estiverem presentes.

“Eu Sou História” é um projeto ministrado pelo professor Hildebrando Campestrini, que tem o objetivo de escrever uma nova página da história da nossa Capital e incentivar a auto- estima das pessoas que viveram e vivem em nossa Cidade.

Prazo para inscrever atrações no Festival de Inverno de Bonito termina hoje
Termina nesta quinta-feira (3) o prazo para os interessados em inscrever atrações culturais para a 15ª edição do Festival de Inverno de Bonito. O eve...
Projeto "Um Violão Entre Amigos" traz concerto de violonista para Campo Grande
Para encerrar o projeto “Um Violão Entre Amigos”, patrocinado pelo FIC (Fundo de Investimentos Culturais), nesta sexta-feira (20) acontece o recital ...
Último dia de desfile do Grupo Especial no Rio tem homenagem a Zico e a Senna
No segundo dia de desfile das escolas de samba que integram o Grupo Especial, o público terá uma festa que inclui homenagens a dois esportistas consa...



Ele merece!! Simplicidade, humildade, carisma, honestidade e muita batalha!! Vai uma pipoquinha aí maninho? Sempre passo por lá para matar a saudade. E apesar de meu filho não ter estudado na MACE, já o apresentei ao criador da melhor pipoca que conheço!! Parabéns Baiano!
 
Clélia Débora Bacarin em 07/08/2011 08:47:36
Ah!!! quanta saudade daquele velho tempo, que era feliz e não sabia. Quantas vezes saia do Dom Bosco, com a galera e ia comer a pipoca do nosso QUERIDO baiano. Isso ocorria pelo menos uma vez na semana. Juntava nossa galera com os colegas da Mace (Silvia Cestari, Pedro Paulo,Guilherme... e outros).
Velhos tempos...belos dias...agora é só ralo.
Muito acertada, essa Belíssima homenagem ao grande Homem, que conquistou muitas crianças, adolescentes e até os adultos.Também fico emocionada como a Regina Lima. Acredito que seje emocionante para todos, que vivenciaram essa fase e saboriaram a PIPICA mais gostosa do Planeta.
Grande beijo ao nosso mestre da pipoca, que Deus lhe dê muita saúde e conserve aquela alegria verdadeira..
 
NEYDE DE OLIVEIRA em 04/08/2011 05:45:44
Verdade, foi o baiano que lançou a pipoca com queijo a mais gostosa da cidade. Parabéns baiano, pelo reconhecimento da sociedade Campograndensse, que Deus o mantenha sempre forte e feliz...
 
Naiara Ajala Strello em 04/08/2011 05:19:42
Que maravilha o lançamento desse livro, lembro como se fosse hoje, na saída da aula o Baiano com seu jaleco branco, boina branca e sua simpatia sempre pronta a atender toda a gurizada. Sem contar com suas piadas e charadinhas que nunca ninguem conseguia acertar (eu não me lembro de ter acertado alguma). Até hoje passo lá na esquina da MACE para dar um abraço no Maninho e comer a pipoca mais saborsa da cidade MORENA.

 
Fagner George em 04/08/2011 05:10:54
Que legal, eu estudei na MACE de 1993 à 2003, portanto conheço o Baiano há muito tempo. Figura simpática, carismática e principalmente, humilde. Lembro de tantas histórias junto ao seu carrinho, que ficarão guardadas para sempre na memória. Até hoje passo por lá para comprar sua pipoca, que nunca perdeu o sabor e a qualidade. Para sempre Baiano!!!!
 
Priscila Ferreira em 04/08/2011 05:07:27
Nossa, qta saudade da pipoca do Baiano, estudei na Mace,isso a mais de 22 anos e todos os dias no final da aula comprava a pipoca cm queijo, mto boa mesmo, ele merece esse carinho todo..Parabéns!
 
michelle maeda em 04/08/2011 04:46:45
Nossa que maravilha, lembro daquela pipoquinha quentinha com queijo, que todos os dias comprava na saída da aula na fernte da escola Joaquim Murtinho, e ainda das conversas e dos causos , tão atencioso e cuidadoso dos alunos, pois além de vender ele cuidadava da gente, muitas saudades e parabens pela homenagem Merecida!
 
Flavia Borges em 04/08/2011 04:34:25
PUXA VIDA, QUE HOMENAGEM BEM MERECIDA, EU TIVE O PRAZER DE CONHECER E VIVER COM ESTA FIGURA IMPAR E COM SUA ESPOSA E FILHOS QUE O AJUDARAM SEMPRE ALI NA ESQUINA DA MACE. SOUBE EDUCAR E CRIAR SEUS FILHOS SEMPRE NO TRABALHO E NO AMOR A CRISTO.QUE DEUS CONTINUE ABENÇOANDO VC MEU AMIGO E FAMILIA. AI ESTA A PROVA VIVA DE QUE É DANDO QUE SE RECEBE. DE SEU ADMIRADOR PROFESSOR JOSE GOMES
 
jose gomes da silva neto em 04/08/2011 04:13:55
Nossa que maravilha, comi muita pipoca do baiano quando estudei na MACE e teve até um dia que eu perdi o dinheiro e na hora que fui pagar não estava o dinheiro ai eu disse a ale que iria devolver a pipoca que nem tinha mechido nela, ele me olhou com carinho e disse que não preciava pagar, no outro dia levei o dinheiro pois eu vi que ele tirava o seu sustento dali, e até hoje algumas vezes posso por la para comprar a sua pipoca deliciosa e que até os meus filhor aprenderam a gosta, um grande abraço Baiano por esta homajem mais que justa.Ah e lembrando que poucos homens respeitadores com as crianças, muitas vezes fique ali sozinha esperando meu pai que as vezes atrazava para me pegar.
 
Monica Ilis em 04/08/2011 03:49:56
Que saudades daquela pipoca cheirosa que só o pipoqueiro bahiano sabe fazer, quando acabava a aula ia correndo para comer pipoca quentinha com muito queijo na esquina da escola Mace que por muitos anos ali estudei. Fico feliz pela homenagem a esse cidadão ilustre que fez e continuará fazendo parte da história de muitas pessoas e que hoje passa de geração a geração, pois quem ama comer a pipoca do bahiano é minha filha. Parabéns bahiano.
 
Jacqueline Barros em 04/08/2011 03:21:32
Nossa !!! Adorei saber !!! o Baiano merece
 
simone fraide em 04/08/2011 03:18:31
Puts aquela pipoca com queijo....hummm, bons tempos.
Parabéns baiano.
 
cristiana rosa em 04/08/2011 01:36:02
Muito bom isso,é tão interessante quando se faz homenagem ou se contam a vida de uma pessoa quando ela ainda está viva,para que ela possa relembrar e se alegrar com os casos em que ela vivenciou.Excelente iniciativa!Parabéns Bahiano!
 
MIREIDE MONTEIRO em 04/08/2011 01:25:28
Puxa.. fiquei emocionada. Comi muita pipoquinha do Baiano quando estudava na MACE, há muito muito tempo. Ele sempre atendendo de forma atenciosa, com carinho mesmo. Que bacana essa iniciativa!
 
Regina Lima em 04/08/2011 01:21:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions