A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

18/03/2013 22:56

Obra que conta causos pantaneiros será lançada 5ª feira

Helton Verão

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, com o patrocínio do Fundo de Investimentos Culturais, lança nesta quinta-feira (21 de março), às 19h30, no Museu da Imagem e do Som, o livro “Os Contadores de Causos e a Poética dos Pantanais”, de Ricardo Pieretti Camara. Na solenidade acontece também a exibição do curta-metragem Causos Pantaneiros, também produzido pelo autor.

Veja Mais
Escritor João Ubaldo Ribeiro morre aos 73 anos no Rio de Janeiro
Grupos de teatro se mobilizam no Paço pela implantação do Sistema de Cultura

O livro identifica os causos pantaneiros e é fruto de pesquisa de campo realizada no decorrer do ano de 2004. O critério de escolha dos causos foi a consulta entre moradores das fazendas do Pantanal de Mato Grosso do Sul.

Dos proprietários aos peões, a maioria conhecia alguém que, para eles, tinha um talento para contar histórias. Desta maneira, as pesquisas chegaram a dez contadores de causos, todos do sexo masculino, em sete municípios distintos.

“Os Contadores de Causos e a Poética dos Pantanais” reúne 167 histórias divididas em 13 tipos, sendo eles: causo de onça, de cobra, de bichos diversos, de pescaria, de ser imaginário, de lugar imaginário, de pessoa perdida, de enterro, de luz misteriosa, de benzedor, de perigo, de mentira e de assuntos diversos, localizados no cotidiano “real” e imaginário dos contadores.

A região pantaneira passa a ser garantia de veracidade para acontecimentos suspeitosos. Imagina-se que o ouvinte não questionará algo acontecido em lugar tão misterioso, tão intransponível para a razão humana.

A partir das barreiras estabelecidas pelos narradores pantaneiros surge dentro deste espaço um lugar livre para a invenção. As crenças ancestrais se somam à inventividade do pantaneiro moderno.

Serviço: O livro “Os Contadores de Causos e a Poética dos Pantanais”, publicado com recursos do FIC/MS, será lançado quinta-feira (21 de março), às 19h30, no Museu da Imagem e do Som, que fica no Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar, na Capital.

Grupos de teatro se mobilizam no Paço pela implantação do Sistema de Cultura
Coletivos da Cultura de Campo Grande protestaram no final da manhã desta quarta-feira (11), em frente ao Paço Municipal, pela implantação do Sistema ...
Fundação abre inscrições para atrações de MS no Festival de Bonito
A Fundação de Cultura do Governo do Estado abriu inscrições para selecionar espetáculos musicais e cênicos de Mato Grosso do Sul para compor a progra...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions