A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

12/04/2011 14:00

Escola de samba do RJ escolhe Corumbá como enredo para 2012

Jorge Almoas
Cidade conhecida como porta de entrada para o Pantanal foi escolhida por escola do grupo de acesso (Foto: Diário Online)Cidade conhecida como porta de entrada para o Pantanal foi escolhida por escola do grupo de acesso (Foto: Diário Online)

A “Cidade Branca” vai ser enredo de escola de samba do Rio de Janeiro no ano que vem. A integrante do grupo de acesso Inocentes de Belford Roxo informou nesta terça-feira a escolha pelo tema, que vai levar para a avenida as lendas e histórias de Corumbá, município distante 419 quilômetros de Campo Grande.

Segundo o Diário Online, o presidente da escola Inocentes de Belford Roxo, Reginaldo Gomes, esteve em Corumbá há duas semanas e declarou a intenção de levar a historia da cidade para o Carnaval carioca.

“Vamos levar Corumbá para o mundo, tamanha a dimensão que tem o carnaval do Rio de Janeiro. O desfile é transmitido ao vivo pela TV Bandeirantes”, afirmou José Martinez, presidente da Liesco (Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá).

O prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha (PT), declarou que a escolha de Corumbá como enredo não teve como condição o repasse de recursos municipais para financiar o desfile.

Ruiter disse que a prefeitura vai prestar auxílio no fornecimento de informações sobre a história e cultura corumbaenses.

Corumbá tem um dos carnavais mais agitados de Mato Grosso do Sul, atraindo turistas do Estado e de outras regiões do Brasil.

O carnavalesco da Inocentes de Belford Roxo, Wagner Gonçalves, vai visitar Corumbá para concluir a pesquisa em torno dos temas que vão compor o enredo da agremiação na Marquês de Sapucaí.

Em 2001, Mato Grosso do Sul participou do Carnaval carioca, como tema da escola de samba Salgueiro. No entanto, o samba-enredo sequer cita o nome do Estado em sua letra, intitulada “Salgueiro No Mar de Xaráyés, É Pantanal, É Carnaval”.

Prazo para inscrever atrações no Festival de Inverno de Bonito termina hoje
Termina nesta quinta-feira (3) o prazo para os interessados em inscrever atrações culturais para a 15ª edição do Festival de Inverno de Bonito. O eve...
Projeto "Um Violão Entre Amigos" traz concerto de violonista para Campo Grande
Para encerrar o projeto “Um Violão Entre Amigos”, patrocinado pelo FIC (Fundo de Investimentos Culturais), nesta sexta-feira (20) acontece o recital ...
Último dia de desfile do Grupo Especial no Rio tem homenagem a Zico e a Senna
No segundo dia de desfile das escolas de samba que integram o Grupo Especial, o público terá uma festa que inclui homenagens a dois esportistas consa...



MORO NA CIDADE DE CUIABA DESDE 2008 MAS SOU CORUMBAENSE ROXA E FIQUEI MUITO FELIZ COM ESSA NOTICIA TENHO CERTEZA QUE ESSA ESCOLA DE SAMBA VAI FAZER UM LINDO DESFILE ,POIS A HISTORIA DE CORUMBA E MUITO LINDA E COM CERTEZA ESSE ACONTECIMENTO TRARA GRANDES BENEFICIOS A MINHA CIDADE ,POIS MUITOS TERAO A CURIOSIDADE DE CONHECER A CIDADE BRANCA DA QUAL ME ORGULHO EM DIZER QUE E A MINHA TERRA NATAL E TAMBEM TODOS SABEM QUE MELHOR E IGUAL OUTRA NA HA NEM CA NEM LA POIS CIDADE BRANCA E CORUMBA !PARABENS A ESSA ESCOLA DE SAMBA TENHO CERTEZA QUE O SEU DESFILE SERA UM SUCESSO!!!!!!!!!!!!!!
 
rosalia pinto assumpçao de souza em 19/04/2011 09:38:20
Parabéns aos idealizadores dessa magnífica idéia. Eu, como sulmatogrossense, tenho orgulho de ter em meu estado uma cidade com tamanha importância histórica como é Corumbá.

Vale ressaltar, que em função do trafego de navios de grande porte no Rio Paraguai no final do século XIX e início do século XX, fez de Corumbá uma importante rota fluvial de chegada e partida de mercadorias oriundas além da Europa como também, dos países vizinhos ao Brasil, favorecendo seu desenvolvimento.

O processo de imigração para as cidades portuárias se intensifica com a chegada nas cidades portuárias de Mato Grosso, capitalistas estrangeiros vindos da Argentina, Uruguai, Europa e Oriente Médio, porém, estabeleciam filiais em Mato Grosso e mantinham suas sedes em seus países de origem.

Neste contexto Corumbá, no seu desenvolvimento comercial e urbano, via Bacia Platina tem o seu declínio motivado pela Guerra do Paraguai e após, retomando suas atividades normais até o início da Primeira Grande Guerra (1914-1918), período que marcou a inauguração do primeiro trecho da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, em 1914, ligando Porto Esperança, Corumbá a Bauru-SP.

Sugiro como fonte de pesquisa para esse assunto, OLIVEIRA, Vitor Wagner Neto de. Estrada móvel, fronteiras incertas: Os trabalhadores do rio Paraguai (1917 – 1926).
Adonis Cunha
Acadêmico do Curso de História UCDB/
Campo Grande/MS
 
Adonis Farias da Cunha em 13/04/2011 12:05:50
Rapaz até que enfim uma noticia boa, exaltar Corumbá é massagear o ego de qualquer sulmatogrossense,pois Corumbá alavancou o Mato Grosso uno, o Brasil e toda Região,sempre foi referencia, infelizmente ficou delegada a 2 plano em alguns momentos da historia sulmatogrossense, mas aos poucos está voltando a assumir seu lugar de destaque no cenario estadual e nacional. CORUMBÁ MERECE AINDA MUITO MAIS.
De seu sempre admirador e apaixonado convicto: Humberto Tadeu
 
Humberto Tadeu Borges Daniel Araujo em 12/04/2011 07:11:00
Além de exaltar Corumbá estará exaltando o nosso Pantanal e o nosso Estado. Parabéns pela homenagem que irá receber.
 
Alan Coelho em 12/04/2011 02:25:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions