A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

11/12/2010 16:39

Instrumental de Marcos Assunção e Rajiv do Sax faz o Som da Concha

Marcio Rodrigues Breda

De graça

Detentor de uma sonoridade marcante, Marcos Assunção ganhou destaque pela versatilidade e pela técnica primorosa na execução de obras para violãoDetentor de uma sonoridade marcante, Marcos Assunção ganhou destaque pela versatilidade e pela técnica primorosa na execução de obras para violão

O som instrumental dos músicos Marcos Assunção e Rajiv do Sax marcam a última apresentação do ano do projeto Som da Concha. Os shows acontecem neste domingo (12), a partir das 17h30 na Concha Acústica Helena Meirelles, no Parque das Nações Indígenas. A entrada é franca.

Detentor de uma sonoridade marcante, Marcos Assunção ganhou destaque pela versatilidade e pela técnica primorosa na execução de obras para violão, dos compositores Radamés Gnattali e Agustin Barrios, que ele mesmo adaptou para guitarra.

Iniciou em 1998 um intenso trabalho de pesquisa musical. Em 2003 o músico deu um importante passo na sua carreira ao formar um duo com o violonista Eduardo Martinelli. Em 2004 formou um trio de música instrumental, denominado Toca Trio, desenvolvendo um trabalho próprio e diferenciado.

Foi em 2008, porém, que Marcos Assunção iniciou o seu trabalho solo e inaugurou sua fase autoral. Do violão, guitarra semi-acústica e viola caipira nasceram composições inspiradas na sua paixão pela música instrumental, tendo como influências o Jazz e a música brasileira e erudita.

Rajiv do Sax é um músico especializado flauta, sax baixo, barítono trompete e Sax alto. Foi regente da Banda de Música Municipal de Rochedo de 2002 a 2005. É integrante da Banda de Música Municipal de Campo Grande Maestro Ulisses Conceição desde 1989. Em 2007 gravou seu primeiro álbum, produzido com repertório de músicas regionais e patrocinado pelo Fundo Municipal de Investimentos Culturais.

O instrumentista já participou da gravação de CDs de artistas e grupos musicais que atuam de Mato Grosso do Sul, entre eles, Jucy Ibanes, Lia Mayo, Só pra Descontrair, Banda Maestro Ulisses Conceição, André Barbosa, Edwin Ferraz e Seresteiros de Campo Grande.

Som da Concha - Durante este ano, em 36 apresentações, cerca de 7.200 pessoas estiveram presentes nos shows do projeto. Ao todo 194 músicos e intérpretes puderam mostrar sua arte e contribuir com a divulgação da cultura musical de Mato Grosso do Sul.

Serviço - O Som da Concha é uma realização da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, que prevê apresentação de shows em domingos alternados. A Concha Acústica Helena Meirelles fica no Parque das Nações Indígenas, na Rua Antonio Maria Coelho, nº 6000.

Prazo para inscrever atrações no Festival de Inverno de Bonito termina hoje
Termina nesta quinta-feira (3) o prazo para os interessados em inscrever atrações culturais para a 15ª edição do Festival de Inverno de Bonito. O eve...
Projeto "Um Violão Entre Amigos" traz concerto de violonista para Campo Grande
Para encerrar o projeto “Um Violão Entre Amigos”, patrocinado pelo FIC (Fundo de Investimentos Culturais), nesta sexta-feira (20) acontece o recital ...
Último dia de desfile do Grupo Especial no Rio tem homenagem a Zico e a Senna
No segundo dia de desfile das escolas de samba que integram o Grupo Especial, o público terá uma festa que inclui homenagens a dois esportistas consa...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions