A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

08/03/2011 05:52

Sem chuva, desfile das escolas de samba da Capital atrai cerca de 8 mil pessoas

Paula Vitorino

Público aprovou novo local de desfiles e escolas esbanjaram beleza na avenida

Cerca de 8 mil pessoas prestigiaram o primeiro dia de desfiles na Capital. (Foto: João Garrigó)Cerca de 8 mil pessoas prestigiaram o primeiro dia de desfiles na Capital. (Foto: João Garrigó)

Até a chuva contínua por mais de uma semana em Campo Grande parou para ver as escolas de samba passarem no primeiro dia de desfiles da Capital. E com o público não foi diferente. Cerca de 8 mil pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar, lotaram a Avenida Alfredo Scaff para prestigiar e animar a noite de Carnaval.

“O Carnaval nunca foi tão prestigiado como agora. Nunca vi tanta gente pra ver os desfiles”, afirma o jovem Maicon Nogueira, de 25 anos.

A presença da população superou todas as expectativas da organização. A estrutura montada para as arquibancadas neste ano, no novo local de desfiles localizado no bairro Santo Amaro, comporta 4 mil pessoas e ainda assim não foi suficiente. O número de assentos é quase o dobro do desfile de 2010, que aconteceu na Via Morena.

“Por conta do espaço aqui ser maior conseguimos montar mais arquibancadas, mas não esperávamos todo esse público, até por conta da chuva. Ano passado a arquibancada acomodava cerca de 2.500 pessoas”, disse o presidente da FUNDAC (Fundação Municipal da Cultura), Roberto Figueiredo.

Mas a polêmica sobre a mudança dos desfiles para a área no Santo Amaro ainda gera reclamações sobre a organização do evento e de detalhes da estrutura, como a iluminação. A falta de um cordão de isolamento para separar os integrantes das escolas da área do público também foi um dos problemas constatados.

“Para o ano que vem precisamos melhorar alguns detalhes na estrutura, principalmente a iluminação, mas a perspectiva nossa é aperfeiçoar esse espaço a cada ano”, afirmou o presidente da Lienca (Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande), Eduardo de Souza Neto.

Ele ainda levanta a possibilidade de finalmente concretizar uma antiga reivindicação das escolas de samba da Capital, com a criação de um sambódromo.

“Tem tudo para esse local se tornar o espaço do Carnaval em Campo Grande”, ressaltou.

Enredos das escolas de samba animaram o público. (Foto: João Garrigó)Enredos das escolas de samba animaram o público. (Foto: João Garrigó)

Aprovado – E o público que foi curtir o Carnaval 2011 aprovou o novo local de desfiles. “Aqui é bem melhor. Tem mais espaço entre as arquibancadas, bem mais espaçoso. Eu e minha família aprovamos o local”, afirmou o vendedor ambulante Edilson Carlos Amorim, de 37 anos. Ele e sua família prestigiam os desfiles das escolas de samba há vários anos, sempre juntos, por uma “questão de tradição”.

Para a proprietária de uma barraca de pastel, Elen Cristina Manzano, 27 anos, a mudança para o bairro Santo Amaro foi sinônimo de mais lucratividade.

‘Até que enfim acertaram alguma coisa. Muito mais gente aqui, mais tranqüilo. Aumentou muito os clientes”, concluiu.

Mas também houve quem reclamou, como a freqüentadora assídua dos carnavais da Capital, Mirtes Monteiro, de 79 anos.

“Ah, não gostei daqui. Achei muito escuro, longe”, reclamou.

Entretanto, a foliã não perdeu a empolgação para ir até a avenida ver as escolas de samba. “Assisto os desfiles desde quando eles eram na 14 de julho. Gosto de samba e nunca perdia um Carnaval, já fui até rainha”, contou.

Ela ainda aproveita para ressaltar que o “Carnaval de Campo Grande não pode parar, e para isso, precisa de investimentos e de um sambódromo, urgente”.

Animação e colorido fizeram parte dos desfiles. Comissão de frente da Igrejinha. (Foto: João Garrigó)Animação e colorido fizeram parte dos desfiles. Comissão de frente da Igrejinha. (Foto: João Garrigó)

Desfile – Na primeira noite de desfiles na Capital quatro escolas de samba passaram pela avenida, levando seus enredos e cores. As primeiras a entrarem foram a Unidos do Aero Rancho e a União do Buriti, do grupo de acesso. Logo após, desfilaram a Unidos do Cruzeiro e a Igrejinha, do grupo especial.

A apresentação marcada para às 19h só foi começar por volta das 21h30.

O motivo do atraso teria sido a chuva forte que caiu durante à tarde desta segunda-feira (7) e atrapalhou algumas escolas, que tiveram dificuldade para chegar até a avenida.

“O deslocamento até aqui foi complicado. As escolas pegaram chuva no trajeto, mas até agora nenhuma comunicou algum grande prejuízo”, disse o presidente da Lienca.

Abrindo o desfile, as crianças da Herdeiros do Samba encantaram o público. Logo após desfilou a escola Unidos do Aero Rancho, com o enredo “Rastros de um Boemio”. Em seguida a União do Buriti cantou o enredo “Terra das quatro estações, maloca de Sucuri”.

Abrindo o desfile do grupo especial, a Unidos do Cruzeiro entrou na avenida e animou a arquibancada com seu enredo “Panteão dos Orixás – Os deuses africanos e suas forças”. Com as cores amarelo, azul e verde predominando, os integrantes contaram a história dos Orixás.

Encerrando a noite, por volta das 2h, a Igrejinha levantou os foliões que ainda permaneciam na avenida. Nem a garoa que começou a cair na Capital atrapalhou a folia.

A Igrejinha contou a história do movimento Rota das Monções, ocorrido no século XVIII, por meio do enredo “Minha escola vale ouro, na rota da Monções, a história é o tesouro”.

Confusão – Um tumulto na entrada da Igrejinha quase atrapalhou o desempenho da escola na avenida. O carnavalesco parou de cantar o enredo e reclamou no microfone de “pedras e ovos” que estavam sendo arremeçados contra a escola.

De acordo com informações preliminares da Lienca, o motivo da confusão foi um desentendimento entre os integrantes da escola e a Unidos do Cruzeiro.

Para o desfile de hoje, devem ser feitas adequações na segurança para o isolamento da escola de samba que estiver desfilando. Os policiais tiveram dificuldade em impedir que o público invadisse a área de desfile. Em alguns pontos o andamento das escolas foi prejudicado.

A segurança da área foi garantida por 70 PMs e 35 policiais da Guarda Municipal. De acordo com o major da PM, Marcio Ávalos, nenhuma ocorrência grave foi registrada, apenas alguns foliões mais exaltados e embriagados tiveram de ser autuados.

Prazo para inscrever atrações no Festival de Inverno de Bonito termina hoje
Termina nesta quinta-feira (3) o prazo para os interessados em inscrever atrações culturais para a 15ª edição do Festival de Inverno de Bonito. O eve...
Projeto "Um Violão Entre Amigos" traz concerto de violonista para Campo Grande
Para encerrar o projeto “Um Violão Entre Amigos”, patrocinado pelo FIC (Fundo de Investimentos Culturais), nesta sexta-feira (20) acontece o recital ...
Último dia de desfile do Grupo Especial no Rio tem homenagem a Zico e a Senna
No segundo dia de desfile das escolas de samba que integram o Grupo Especial, o público terá uma festa que inclui homenagens a dois esportistas consa...



Sou funcionária publica, e estou muito feliz pela organização que o Sr. prefeito disponibilizou aos Campograndense , Parabéns Sr. Prefeito o sr não tem noção da importância dessa festa para nós, pois aqui em Campo Grande não se tem nada a fazer final de semana, a av. Afonso Pena esta muito perigosa ; Só espero que o sr agora de para nós um lugar oficial, Parabéns Fundac se não fosse a demora de uma escola para a outra tudo estava muito bom.
 
elida gonçalves em 10/03/2011 05:15:49
Acompanho os carnavais há mais de 10 anos e reconheço que as Escolas de Samba têm inúmeros talentos que não são devidamente aproveitados por falta de investimento do poder público, que negligencia o crescimento cultural. Portanto, as Escolas apresentam-se como podem, com seus recursos, com suas dificuldades; fazem realmente por amor à cultura do samba. Qdo cheguei ontem ao local dos desfiles fiquei indignado com mais um gesto de desprezo das autoridades para com as Escolas de Samba e também com o público. A sensação que tive foi a de que "jogaram" o evento para o mais longe possível da região central num local absolutamente sem estrutura, iluminação precária, o sistema de som de baixíssima qualidade, a falta de isolamento, os carros alegóricos amontoados numa rua sem asfalto, em meio à lama, ficando claro, portanto, o total abandono a uma das manifestações culturais mais importantes de nosso País, que é reconhecida no mundo inteiro. Teve um momento que toda confusão de público com foliões e barracas de ambulantes fazia parecer uma "festa junina"; foi lamentável. Fica aqui, portanto, registrada minha decepção com a falta de decente apoio público.
 
Júlio César em 10/03/2011 01:13:23
Moro a uma quadra do local aonde foi realizado os desfiles, e não tenho nenhum motivo para reclamar. Fui assistir e gostei muito, foi mto tranquilo sem bagunça. Oq realmente falta é melhorar a iluminação e o isolamento do público com as escolas, pq infelizmente muitas pessoas não respeitavam a area em q era realizada o desfile. E sinceramente acho um absurdo as pessoas q estão reclamando do barulho, pq nem estava tão barulhento assim. Espero sinceramente que este desfile se torne uma tradição aqui no Santo Amaro e q cada vez mais eles possam melhorar a sua estrutura!!! E outra a praça continua intacta, um tapa na cara de quem falou q a praça ia ser alvo de vandalos.
 
Beatriz Graziele Alves da Rosa em 08/03/2011 12:36:22
Parabéns a prefeitura um ótimo lugar pra virar um sambódromo de campo grande , muitas familias foram prestigiar o carnaval nosso............
 
roberto silverio em 08/03/2011 12:30:41
é agora vamos investir em saude, recapeamento da guaicurus, avenida bandeirantes, avenida das bandeiras e tantas outras, pois o carnaval já passou.
 
everaldo de matos em 08/03/2011 11:54:18
Vale registrar que a praça do papa só estava intacta devido a placas que a prefeitura colocou no entorno da praça e a presença da Guarda Municipal no local. Se não fosse por isso a praça estaria depredada. Outra coisa que relato também é que quem estava no evento não se importava com o som pois estava se divertindo enquanto muitas familias estavam em suas residências, próximas do local, como o residencial Flamingos, tentando dormir e não conseguiram.
 
Ely Nogueira Alves em 08/03/2011 11:34:19
O carnaval e o futebol aqui do nosso estado tinha que acabar,é um desfile de horror,mal organizado,fantasias ridiculas e o futebol é uma coisa lamentavel,eu nunca fui ver um jogo e nem vou,mesmo q seja de graça.
 
eduardo kotlevski em 08/03/2011 11:03:10
o ser humano nunca esta contente com nada, td bem que estamos passando por dificuldades por causa da chuva , mas o responsavel e o nosso prefeito, garanto q tem muitas pessoas q votaram nele pra ser prefeito, porque nao pensaram nisso no dia da votacao, as pessoas do carnaval so querem se divertir e mostrar seus talentos, essa pessoas so reclamam pq nao tem o q fazer.....
 
cristiane de oliveira em 08/03/2011 10:03:00
melhor carnaval que ja fui! com certeza aqui no meu bairro foi o melhor lugar para os desfiles , faltou só um pouco de organização , e mais arquibancadas , mais foi ótimo!
 
paulo cesar em 08/03/2011 09:47:38
CARNAVAL TEM QUE ARRUMAR SEGURANÇA PRIVADA POIS NAUN COMPETE A POLÍCIA FICAR FAZENDO SEGURANÇA DE FOLIÕES!!!! A CIDADE FICOU SEM SEGURANÇA GENTE SÓ NA FERNANDO CORREA DA COSTA 200 PMS E NESSE DESFILE 70 !!! NOSSO DINHEIRO TÁ SENDO JODADO NO LIXOO!!!E QUANDO LIGAMOS NONGUÉM VEM ATENDER PQ ESTAO TODOS NO CARNAVAL!!! GOVERNO SEM FUTURO ESSE!!! PREFEITO SEM NOÇÃO!!!!
 
Fernanda Muniz em 08/03/2011 09:35:48
Estive ontem na praça do papa vendo o desfile. Achei interessante a organização do evento, parabéns!
Porém a iluminação do local e inadequado, deveriam pensar em uma iluminação própria para eventos, pois a iluminação pública não favorece apresentações com clareza. Estava muito escuro. Poderiam ser instalados alguns holofotes com lâmpadas brancas. Agora, aquelas lâmpadas eram tipo vermelha.
Opinião!
 
Ronilço Oliveira em 08/03/2011 09:31:50
o ser humano é muito dificil de se agradar, qualquer lugar que fizer o sambodromo,
sempre avera reclamações.
 
norberto olimpio em 08/03/2011 09:31:25
Achei um absurdo montarem um carnaval ao lado de um residencial grande que é o Flamingos, pois foi impossível dormir com todo aquele barulho. A prefeitura deve escolher um lugar mais isolado das residências pois nem todas as pessoas gostam de carnaval. Acho uma falta de respeito. Não sou contra o carnaval desde que não invada a minha privacidade e ontem invadiram com som alto e badernas na rua que foi até as 02h00'. Fica registrado a minha indignação por esta falta de senso das nossas autoridades.
 
Ely Nogueira Alves em 08/03/2011 08:35:54
É lamentavel ver dinheiro público sendo investido numa festa que se diz popular, tantos policiais para atender os bebados de plantão enquanto falta segurança nos bairros mais afastados do centro.
Agora estão querendo criar um sambódromo em Campo Grande, pelo o amor de Deus! Tantas ruas com buracos, casas sendo levadas pelas contantes chuvas, gente que ainda não tem moradia e que por incrivel que pareça ainda passam fome. Se os que dizem que amam o carnaval, querem realmente criar um sambódromo na Cidade Morena, eles que tenham suas próprias iniciaciativas e que não venham usufruir do dinheiro público, já que carnaval, por meios de dados, só dá prejuízo para o Estado.
 
Flávio Silva em 08/03/2011 07:38:18
parabens, Campo Grande ha anos merecia uma festa com essa, sou frequentador da praça do Papa e dos carnavais, sai do sambodromo as 02:30 hs, e agora cedo ja fui andar na praça, tudo intacto nada destruido, exelente, nem a chuva atrapalhou nossa diversão, parabens p/ Campo Grande e tbm p/ os organizadores, so adequarem o espaço, ficara perfeito...abraços
 
wagner arcanjo em 08/03/2011 07:27:18
estive ontem com minha familia parabens campo grande e todos da comissao organizadora
 
ELAINE PEREIRA em 08/03/2011 04:18:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions