A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

27/11/2016 17:43

Em Campo Grande, pai de Jean diz que acompanha o jogo com "frio na barriga"

Paulo Nonato de Souza
Jarrão, o segundo da esquerda para a direita, com toda a família torcendo por Jean pela tevê ( Foto: Família)Jarrão, o segundo da esquerda para a direita, com toda a família torcendo por Jean pela tevê ( Foto: Família)

“Muito frio na barriga”. Assim Moisés Moreira, o Jarrão, pai do campo-grandense Jean, lateral-direito e meia defensivo do Palmeiras, definiu há pouco a emoção de ver o filho em campo na disputa de mais uma decisão de título do Campeonato Brasileiro, o terceiro em nove anos de participação na competição por equipes diferentes. O primeiro foi em 2008 pelo São Paulo e o segundo no Fluminense em 2012.

Veja Mais
Palmeiras abre o placar e fica mais perto do título brasileiro de 2016
Torcida do Palmeiras está confiante e já faz festa pelo título na Capital

Jarrão está acompanhando pela tevê, em casa, ao lado da esposa Marilene e de toda a família o confronto do Palmeiras diante da Chapecoense, de Santa Catarina, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro de 2016, que está consagrando o time paulista como merecido campeão da temporada. Está vencendo por 1 a 0 e só precisa do empate para ficar com o título.

“A gente queria estar lá no estádio neste momento, apoiando o Jean, mas a Marilene está em recuperação de uma cirurgia e não pudemos viajar. Mas na festa da premiação estarei lá, com certeza”, explicou o pai do jogador.

Jean e toda a sua família conhecem bem a sensação de levantar a taça do Campeonato Brasileiro, mas o título pelo Palmeiras tem algo de especial. Afinal, representa o fim de um jejum de 22 anos do clube sem sentir o gosto de ser campeão brasileiro.

“Falei com o Jean ontem e hoje por telefone. Senti nele muita concentração, muito foco na conquista do Palmeiras”, comentou Jarrão.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions