A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

27/11/2016 12:56

Na Capital, torcedores do Palmeiras ansiosos pelo momento de gritar: "É campeão"

Paulo Nonato de Souza
O vendedor Edivaldo Alves com a faixa do nono título Brasileiro do Palmeiras. Custa R$ 20 e a bandeira R$ 50 (Foto: PNS)O vendedor Edivaldo Alves com a faixa do nono título Brasileiro do Palmeiras. Custa R$ 20 e a bandeira R$ 50 (Foto: PNS)

“Campo Grande amanheceu pintada com as cores do Palmeiras”, disse Carlos Araújo Soares, de 35 anos, enquanto comprava uma bandeira do time do coração nesta manhã na esquina da Avenida Mato Grosso com Ceará, região central da Capital.

Veja Mais
Palmeiras comemora seu 9° título brasileiro, após jejum de 22 anos
Empate é o suficiente para que o Palmeiras seja campeão neste domingo

“Os antis ficam zuando a gente pelos 22 anos sem título do Brasileiro, mas como palestrino desde que nasci, todo dia eu me sinto campeão. Mesmo assim estamos ansiosos pelo momento de gritar é campeão. E é hoje”, ressaltou Carlos, referindo-se ao jogo de logo mais às 16 horas (MS), contra a Chapecoense, no Allianz Parque, em São Paulo, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro de 2016.

Com 74 pontos ganhos, seis na frente do segundo colocado, o Santos, com 68, o Palmeiras só precisa do empate hoje para garantir o título, mas pode ser campeão mesmo em caso de derrota para a Chapecoense. Isso no caso de empate ou derrota do Santos diante do Flamengo, também às 16 horas (MS), no Maracanã.

O time fundado por italianos e que nasceu com o nome de Palestra Itália tem oito títulos brasileiros, mas não conquista um Brasileiro desde 1994. Já são 22 anos na fila e tem a chance neste domingo de quebrar o jejum e dar a volta olímpica em seu próprio estádio e diante de um público de mais de 42 mil torcedores.

“Vai ser um jogo emocionante e o Palmeiras nem precisa jogar bonito. Só quero que seja o vencedor. Aliás, só quero que seja campeão, não importa se com vitória, empate ou com futebol bonito ou feio”, disse emocionado o vendedor de seguros, Carlos Frederico Santos, de 29 anos, no momento em que comprava por R$ 20 sua faixa que já estampa a esperada conquista de hoje à tarde: “Enea campeão brasileiro de 2016”.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions