A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

11/11/2015 06:10

Colunas falsas dão ar inglês à fachada de barbearia na Manoel da Costa Lima

Informe Publicitário
Com molduras boiserie, fachada faz um mix de moderno com o clássico. (Foto: Rafael Duarte)Com molduras boiserie, fachada faz um mix de moderno com o clássico. (Foto: Rafael Duarte)

"A fachada, quando pronta, vai fazer as pessoas pararem para tirar fotos". Foi essa a frase que o arquiteto Alex Cavalcante Freitas, de 29 anos, disse ao amigo e proprietário da barbearia "A Banca", Cássio Augé, diante da reforma feita nas duas salas que hoje comportam a segunda loja.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

Depois de ver lotar a primeira barbearia, na Rua Amazonas, "A Banca" abriu em agosto um novo endereço e com uma arquitetura que mistura estilos e referências. Agora na Manoel da Costa Lima, no bairro Piratininga, em Campo Grande, o bar ganhou mais espaço e um estúdio de tatuagem também faz parte da proposta.

"O pedido deles era de um ambiente mais clássico. Usei elementos boiserie, que são molduras criadas pelos franceses no século XVIII. Trouxe esses elementos da arquitetura fazendo um casamento do clássico com contemporâneo", descreve Alex.

O arquiteto utiliza colunas falsas para ampliar o espaço da porta. (Foto: Arquivo Pessoal)O arquiteto utiliza colunas falsas para ampliar o espaço da porta. (Foto: Arquivo Pessoal)

Na fachada, as colunas falsas dão um ar inglês acompanhado das lâmpadas. Além de remeter ao estilo, também dá a sensação de amplitude entre as portas.

Por dentro, o piso xadrez contrasta com a moldura dos espelhos em amarelo. As duas salas juntas somam 45m² que acomodam também um bar maior. Os clientes podem beber enquanto aguardam a sua vez direto na bancada e no cardápio estão cervejas que vão de R$ 5 até R$ 20,00, da linha Baden Baden.

A escolha pelo ponto veio do sócio-proprietário Cássio Augé. "Notei que essa região tinha carência de alguma coisa parecida e quis apostar. A nossa fachada representa o empreendimento e independentemente do lugar, ela precisa chamar atenção", explica.

Com três cadeiras atendendo os clientes não precisam esperar muito. (Foto: Rafael Duarte)Com três cadeiras atendendo os clientes não precisam esperar muito. (Foto: Rafael Duarte)
Matheus Cesco (Assistente) - Cássio Augé (Sócio-Proprietário) - Thiago Leite (Tatuador da Barbearia A Banca). (Foto: Rafael Duarte)Matheus Cesco (Assistente) - Cássio Augé (Sócio-Proprietário) - Thiago Leite (Tatuador da Barbearia A Banca). (Foto: Rafael Duarte)

Além da barbearia e do bar, Cássio também uniu à proposta o estúdio de tatuagem de Thiago Leite. "Quisemos agregar ao serviço um conceito mais moderno de juntar ideias e as mulheres têm vindo bastante em busca de tatuagem", observa.

"A Banca" da Manoel da Costa Lima conta com três barbeiros que realizam corte, barba e ainda progressiva. Os valores começam em R$ 25,00 só para barba, passam para R$ 30,00 o corte e chegam a R$ 100,00 juntando corte e progressiva.

Apesar do ambiente de exclusividade masculina, o estúdio de tatuagem atente também as mulheres. A barbearia atente com lista de ordem de chegada, mas é possível ligar e deixar o nome anotado. O horário de funcionamento é das 9h às 20h, de segunda a sábado. "A Banca" fica na Rua Manoel da Costa Lima, 1103. O telefone de contato é o: 9209-2992. "A Banca" também está no Facebook e no Instagram.

O atendimento é das 9h às 20h. (Foto: Rafael Duarte)O atendimento é das 9h às 20h. (Foto: Rafael Duarte)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.