A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

09/07/2014 06:35

Com tinta de efeito lousa e nuvens de led, brinquedoteca vira quarto de menina

Paula Maciulevicius
A delicadeza dos pássaros nas paredes e do patch work no jogo de cama parecem ter saído das páginas de um livro de poesia.A delicadeza dos pássaros nas paredes e do patch work no jogo de cama parecem ter saído das páginas de um livro de poesia.
De led e dimerizada, o aconchego e a graça do ambiente estão ao alcance dos olhos no céu.De led e dimerizada, o aconchego e a graça do ambiente estão ao alcance dos olhos no céu.

Em branco e rosa, o que nasceu para ser brinquedoteca apaixonou tanto a criança que a menina resolveu transformar o espaço de brincar também em quarto. A delicadeza dos pássaros nas paredes e do patch work no jogo de cama parecem ter saído das páginas de um livro de poesia.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

A iluminação é o que dá o frescor de infância ao cômodo. De led e dimerizada, o aconchego e a graça do ambiente estão ao alcance dos olhos no céu. No teto, o azulzinho da nuvem muda de cor a um toque, ora mais claro, ora mais carregado, como quem ameaça chuva.

Quando os pais procuraram o escritório de arquitetura e designer de interiores It Decor, o pedido era para criar no espaço uma brinquedoteca para a criança já nascida e a irmãzinha que chegaria em breve.

“Elas iam dormir no quarto juntas, a brinquedoteca era para as duas brincarem, mas foi tomando proporção até que a mãe resolveu passar ela para cá e ela se apaixonou”, conta a designer de interiores Thaysa Canale*.

Dentro de um orçamento médio de R$ 15 mil, para acomodar brincadeira e descanso no mesmo ambiente, Thaysa trabalhou com o lúdico. “Tem florzinha, casinha, fizemos de tudo para que elas pudessem interagir e de forma que pudesse ficar organizado”, descreve a designer.

Na hora de dormir os brinquedos voltam às quatro caixas abaixo da televisão. Em um dos cantos, uma casinha simples, porém grande, de MDF, pode abrigar as meninas que quiserem entrar na brincadeira. “Fizemos assim para que elas pudessem entrar”, completa Thaysa.

A mesinha com as quatro cadeiras guarda um detalhe para lá de prático, uma bobina de papel que puxada cobre todo o espaço para o desenho livre. 

Abaixo da janela, o quarto e brinquedoteca ainda abre lugar para a criativiadade, uma lousa desenhada na própria parede. Através de tinta esmalte com efeito fosco a própria estrutura do cômodo virou brincadeira. Só falta o giz na mão das meninas.

*Thaysa Canale, ao lado de Daiana Capuci e Márcia Ribeiro são profissionais confirmadas para a mostra Casa Cor MS, no Hospital de Câncer Alfredo Abrão.

Abaixo da janela, uma lousa desenhada na própria parede através de tinta esmalte com efeito fosco.Abaixo da janela, uma lousa desenhada na própria parede através de tinta esmalte com efeito fosco.
Na hora de dormir os brinquedos voltam às quatro caixas abaixo da televisão.Na hora de dormir os brinquedos voltam às quatro caixas abaixo da televisão.
De MDF, casinha pode abrigar as meninas que quiserem entrar na brincadeira.De MDF, casinha pode abrigar as meninas que quiserem entrar na brincadeira.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.