A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

14/10/2014 06:19

Em área de lazer, aço substitui madeira no pergolado para "envelhecer" ambiente

Paula Maciulevicius
Nos fundos de uma casa no bairro Cidade Jardim, em Campo Grande, o aço corten substituiu a madeira no pergolado dando um ar envelhecido ao ambiente. (Foto: Charis Guernieri)Nos fundos de uma casa no bairro Cidade Jardim, em Campo Grande, o aço corten substituiu a madeira no pergolado dando um ar envelhecido ao ambiente. (Foto: Charis Guernieri)

A piscina em formato de raia foi a solução encontrada para a estreita área de lazer. No entanto, quem roubou a cena do projeto não foi a água e nem a cascata na lateral. Nos fundos de uma casa no bairro Cidade Jardim, em Campo Grande, o aço "corten" substituiu a madeira no pergolado para, com o tempo, dar um ar envelhecido ao ambiente.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

O projeto, da arquiteta Charis Guernieri, reformou os fundos da casa transformando a área de 5mx12m no espaço para receber amigos com churrasqueira, piscina com cascata, ducha e banheiro. 

A sugestão de usar o aço no lugar da madeira veio da arquiteta e foi acatada pelos donos. "Há algum tempo ele já é tendência, existem muitos revestimentos, até papel de parede que imita esse aço. Ele é muito resistente", explica Charis.

A proposta é clara, de dar um ar envelhecido, com aquela característica "não certinha", remetendo à estética de fábricas e prédios comerciais. "Eu quis passar o contraste de uma coisa neo-modernista da área de lazer com esse envelhecido do aço corten", descreve a arquiteta. Em Campo Grande, o aço é vendido em barras ou chapas, na cor natural, que podem revestir tanto uma fachada como detalhes dentro de um projeto.

Na imagem do programa, a perspectiva mostra como fica o aço tomado pela trepadeira. Na imagem do programa, a perspectiva mostra como fica o aço tomado pela trepadeira.

De forma geral, o aço corten tem sido apreciado pelos arquitetos devido à textura, o aspecto e a coloração. A cor vem do processo de fabricação: inicialmente claro, o aço leva substâncias anticorrosivas que posteriormente formam uma camada de óxido de cor avermelhada, responsável pelo ar enferrujado. Além da estética mais atraente, a camada funciona como barreira de proteção contra a corrosão.

O material não é ainda dos mais acessíveis em relação ao preço, mas compensa quando comparado à manutenção que um pergolado de madeira iria exigir. "Ele tem a durabilidade e uma característica vintage, que vem como tendência", reforça.

Depois de pronto, a arquiteta planejou colocar uma trepadeira, trazendo o verde para o aço. Hoje, os proprietários já estudam cobrir com vidro para ampliar a área fechada.

Antes (Foto: Charis Guernieri)"Antes" (Foto: Charis Guernieri)
Antes (Foto: Charis Guernieri)"Antes" (Foto: Charis Guernieri)

O objetivo de reformar o espaço era atender às necessidades dos donos do imóvel, que adoram e precisavam de um lugar mais estruturado para receber os amigos. No primeiro contato com a arquiteta, eles já chegaram com uma planta baixa e a ideia da piscina ser em formato de raia. Devido ao espaço, ela não se enquadra nas medidas, mas copiou o modelo.

A piscina tem 7,20m de comprimento por 1,40m de largura. O arrendondado que ela forma no final destina a abrigar a "prainha". Ao lado, a cascata em lâmina dá um destaque a mais, em 1,60m de largura. O revestimento do piso é granito itaúna não polido. Na área que comporta a churrasqueira, foi colocado um deck de madeira.

Para ampliar o espaço, a arquiteta projetou portas venezianas "mão amiga", que abrem em sua totalidade, para ocupar também a área da garagem quando for preciso. De 10 a 15 pessoas, com a garagem os donos conseguem receber até 30 convidados.

A área de lazer não chega a ser pequena de tudo, mas corresponde a realidade das novas construções. "Para você ter uma ideia, 5m é o espaço que a gente deixa de comprimento para uma garagem. São soluções que a arquitetura tem que atender às novidades que estão surgindo", resume Charis.

 

A área de lazer não chega a ser pequena de tudo, mas corresponde a realidade das novas construções. (Foto: Charis Guernieri)A área de lazer não chega a ser pequena de tudo, mas corresponde a realidade das novas construções. (Foto: Charis Guernieri)
Cascata em lâmina dá um destaque a mais, em 1,60m de largura. (Foto: Charis Guernieri)Cascata em lâmina dá um destaque a mais, em 1,60m de largura. (Foto: Charis Guernieri)
Ambiente ainda ganhou churrasqueira e painel para televisão. (Foto: Charis Guernieri)Ambiente ainda ganhou churrasqueira e painel para televisão. (Foto: Charis Guernieri)
Além da piscina, projeto agregou espreguiçadeira. (Foto: Charis Guernieri)Além da piscina, projeto agregou espreguiçadeira. (Foto: Charis Guernieri)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.