A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

20/09/2014 07:50

Em blog, designer de interiores sugere e até estrutura ambientes de graça

Paula Maciulevicius
Para formar um portfólio, designer decidiu por na internet o conceito de que todo mundo pode decorar. Para formar um portfólio, designer decidiu por na internet o conceito de que "todo mundo pode decorar".

Ariane ainda era uma menina quando as brincadeiras em casa eram mudar os móveis de lugar. Num episódio de reforma da residência da família, ela arquitetou o layout de sua imaginação com tijolos. Para onde os móveis iriam, como ficariam a disposição e distribuição dos cômodos. Décadas depois, percebeu que a brincadeira podia muito bem ser passada para o papel e virar profissão.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

Recém-formada em Design de Interiores, Ariane Medeiros, de 38 anos, hoje mora em Jundiaí no Estado de São Paulo, mas teve uma breve passagem por Campo Grande no ano de 2010. Para formar um portfólio, ela decidiu por na internet o conceito de que "todo mundo pode decorar". No blog, que leva o mesmo nome, ela dá dicas, recebe e trabalha sugestões que chegam de todo país e cria ambientes, de graça.

A página na internet começou há três semanas, é simples e aberta ao público. Entre as postagens estão um quarto de bebê, onde hoje a criança virou mocinha e precisa redecorar o cômodo, a área de lazer para o churrasco e como, na prática, mudar tudo de lugar quando se enjoa da sala, da cozinha ou do escritório.

Na reprodução do programa, Ariane mostra que o quarto do casal ficou mais funcional e aconchegante.Na reprodução do programa, Ariane mostra que o quarto do casal ficou mais funcional e aconchegante.

No post "Teste para mudar", por exemplo, a designer questiona: "será que se mudar os móveis de lugar já não vai dar outra sensação?" Ela mesma responde que adora fazer isso e prova que desenhando à mão, pode-se evitar a trabalheira que a ideia inicial transmite.

De maneira simples, ela explica o que é a planta baixa de um quarto e que para fazer qualquer mudança, primeiramente se deve ter em mãos uma trena ou fita métrica. "Meça todos os móveis e coloque as medidas em um desenho, parecido com este. Assim pode alterar quantas vezes quiser sem precisar arrastar nada", orienta.

A proposta de receber sugestões tem sido bem aceita. Segundo Ariane, os leitores enviam fotos, medidas ou pedem dicas quando precisam comprar alguma coisa em casa. "Na hora de comprar, eu mesma já fiz tanta besteira, de escolher um sofá maior. Então são dicas importantes da questão real, de entrar na loja e ver o que se pode fazer, que móvel é melhor", exemplifica. O curso dá toda base para isso como disciplinas que ensinam o conforto e as distâncias mínimas entre os móveis. 

Sobre o nome do blog, Ariane explica que com a ascensão da classe C, da qual já fez parte, o acesso à decoração ficou mais fácil. "As pessoas vivem muito melhor quando chegam em casa e sentem o aconchego e não precisa ser muito caro. Você pode fazer pequenas intervenções como uma planta, um adesivo, uma almofada. Todo mundo pode decorar, ter seu ambiente mais bonito e aconchegante", resume. 

Tem sugestões para um projeto da designer? Envie para menegattiariane@gmail.com, ou então acesse o blog.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.