A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

05/12/2014 08:23

Em prédio sofisticado, área comum atende desde festa infantil até casamentos

Paula Maciulevicius
Amplo, iluminado e convidativo, o salão tem em si vários ambientes e uma vista privilegiada. (Foto: Jaime Mendes)Amplo, iluminado e convidativo, o salão tem em si vários ambientes e uma vista privilegiada. (Foto: Jaime Mendes)

Piscina coberta, descoberta, spa, academia, dois salões de festa, área gourmet e churrasqueira. A área comum dos moradores do Edifício D'Orsay, a 48ª torre construída em Campo Grande pela Plaenge, em frente ao Parque das Nações Indígenas, é um sonho de consumo. O espaço atenderá seus moradores das mais variadas formas, de uma festa de criança a um casamento, através de uma arquitetura moderna e sofisticada.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

Com 26 anos no mercado da Capital, a arquitetura trabalhada pela Plaenge foi se adaptando ao que o público passou a exigir, mas de modo a valorizar cada vez mais a área comum. A arquiteta Ana Paula Marques acompanhou o Lado B pelos ambientes, explicando como o projeto praticamente transforma a área em um clube ou um hotel cinco estrelas. 

"Levamos em conta revestimentos específicos dentro da área comum, priorizando o funcional e a qualidade, além do que está em voga no mercado", afirma. 

O hall social é um show à parte. A imponência da entrada se dá pelo pé direito duplo que proporciona amplitude ao ambiente. "Completamos com espelhos, dando um toque diferente também no uso de madeira e mármore", detalha Ana Paula. Os móveis são todos em laca e a atenção se volta ao pilar, que vai além de um elemento arquitetônico funcional. "Nós transformamos ele em elemento decorativo com madeira, couro e espelho. É diferente do que só pintar", explica a arquiteta.

Salão de festa kids foi projetado de forma a comportar aniversários e reuniões para os pequenos moradores. (Foto: Jaime Mendes)Salão de festa kids foi projetado de forma a comportar aniversários e reuniões para os pequenos moradores. (Foto: Jaime Mendes)

A iluminação revelada pelo lustre e o ambiente todo revestido com papel de parede dão atmosfera de sofisticação e requinte. As obras de arte também deixam sua marca na entrada do prédio.

Para as crianças, um salão de festa kids foi projetado de forma a comportar aniversários e reuniões para os pequenos moradores. O ambiente conta com cozinha equipada com móveis, bancada de apoio e eletrodomésticos. Como o espaço é voltado para eles, não podia ser diferente: a arquiteta trabalhou cores alegres e vivas, remetendo exatamente ao mundo infantil.

Em uma das paredes, um painel de acrílico brinca com as formas de balão, bolo e docinhos. Na outra, os recortes das figuras formam o detalhe. As cadeiras são voltadas à pouca idade, além de sofá e uma mesa de apoio na altura dos pequenos. "Aqui o morador coloca a temática que desejar, complementando a decoração já presente no ambiente", observa Ana Paula. Nas cores amarela e laranja, o que predomina é a criatividade.

Num ambiente mais sofisticado, o espaço gourmet reserva cores neutras e um lado mais rústico através das fibras naturais e da madeira no mobiliário. O diferencial, segundo a arquiteta, fica por conta dos painéis de madeira e espelho que trazem requinte ao ambiente.

Na mesma linha, a churrasqueira é marcada por traços modernos e a presença de mobiliário preto que se contrapõe com os elementos que remetem ao aconchego e simplicidade: madeira das mesas e o tijolinho à vista.

O glamour da área comum está no salão de festas, onde novamente a arquitetura se torna imponente através do pé direito duplo, em meio aos tecidos e as detalhes adamascados tanto do papel de parede quanto do estofado das cadeiras.

Num ambiente mais sério, o espaço gourmet reserva cores neutras e um lado mais rústico através das fibras naturais. (Foto: Jaime Mendes)Num ambiente mais sério, o espaço gourmet reserva cores neutras e um lado mais rústico através das fibras naturais. (Foto: Jaime Mendes)

Amplo, iluminado e convidativo, o salão tem em si vários ambientes, entre mesas retangulares e redondas, sofás e uma vista privilegiada. A cortina dá o toque de requinte e quando aberta revela a bela paisagem do Parque das Nações e o ambiente como um todo pode comportar até o "sim" em grande estilo.

A arquiteta explica que o projeto procurou trabalhar a integração entre os espaços proporcionando funcionalidade sem perder o conforto e a sofisticação presentes no uso da cor e papeis de parede. Os painéis com espelhos valorizam o pé direito duplo e trazem luminosidade e a sensação de um espaço ainda mais amplo. 

O mobiliário com cadeiras no estilo clássico contrapõe com o conforto e elegância dos estofados claros e tecidos nobres. Os quadros são um toque moderno e requintado ao ambiente através da escolha de molduras e tamanhos que deram resultado incrível no conjunto.

O painel de TV composto de moldura é um charme por onde os olhos passam. O verde presente através das plantas dá um toque de vida ao espaço que primou por abusar do branco, preto e cinza. Os pendentes têm a cúpula revestida por seda. As mesas levam vidro espelhado na cor bronze. Os moradores do Edifício D'Orsay terão tudo isso no seu dia a dia.

O edifício não tem mais apartamentos à venda, mas pode ser considerado sim, um sonho de consumo.

No hall social: imponência da entrada se dá pelo pé direito duplo. (Foto: Jaime Mendes)No hall social: imponência da entrada se dá pelo pé direito duplo. (Foto: Jaime Mendes)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.