A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

29/05/2014 11:39

Lareira não é peça só de região gelada, mas custa caro em Campo Grande

Elverson Cardozo
Casa com lareira no quintal, movida a gás.Casa com lareira no quintal, movida a gás.

Poucas empresas vendem lareiras em Campo Grande e, na verdade, poucos clientes procuram pelo item que, além de aquecer ambientes nos dias mais frios, tem a função de deixar os espaços mais acolhedores e elegantes. A maioria pensa que a peça serve apenas para regiões geladas e, como por aqui o Inverno é curto, quase ninguém se lembram dessa possibilidade para aquecer ambientes.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

Mas vários projetos provam que a lareira é mais democrática do que se pensa e serve, inclusive, para criar uma atmosfera aconchegante em encontros durante a noite em áreas externas.

Por aqui, quem quer ter uma em casa precisa desembolsar de R$ 800,00 a R$ 1,3 mil pelo aquecedor, sem  contar a mão de obra para instalação e os gastos com acabamento, que podem somar mais R$ 1,5 mil, no mínimo.

Na cidade, a Santa Maria Coberturas, no bairro Vila Rica, oferece cinco modelos, segundo a proprietária da empresa, Andrea Franchine Dela Libera, 43 anos. São três do tipo reto (de parede), nos tamanhos pequeno, médio e grande, e duas de canto (médio e grande). O preço varia de R$ 850,00 a R$ 1,290,00.

Modelo com acabamento contemporâneo, para dentro de casaModelo com acabamento contemporâneo, para dentro de casa
Kit queimador. (Foto: Divulgação)Kit queimador. (Foto: Divulgação)

A estrutura é em pré-moldado, com sistemas que funcionam à base de lenha. Andrea vende uma média de 12 a 20 por ano. “A maioria é para ambientes na área da Chácara dos Poderes, que é uma região mais fria, mas tem outras localidades. Geralmente é para pessoas de melhor pode aquisitivo”, conta.

Quem compra não costuma deixar a lareira como veio, com cimento aparecendo. Gosta de personalizá-la e aí está a graça. “Você pode dar um acabamento mais rústico, com tijolo aparente ou contemporâneo, com pastilhas. Tem gente que põe até vidro”, sugere a empresária.

Por que não uma lareira ao lado da piscina?Por que não uma lareira ao lado da piscina?
Opção mais rústica, também para o ar livre.Opção mais rústica, também para o ar livre.

Com kit queimador - Além da Santa Maria, a Shalom Construshop, na mesma região, também vende o item e com a mesma estrutura. A de tamanho médio, com 1,40 metro de altura, 93 cm de largura e abertura de 77 cm, sai por R$ 800,00.

A maior, de 1,46 metro, mas com 1 metro de largura e abertura de 113 cm, custa R$ 1,3 mil. O fornecedor, segundo o vendedor Ricardo Redual, de 30 anos, é de São Paulo. Em Campo Grande, as poucas empresas que trabalham no segmento, diz ele, só vendem modelos pré-moldados que funcionam à lenha.

Mas é possível ter menos trabalho. Na Shalom, o clientes que não querem lidar com a madeira podem encomendar o kit queimador a gás. “É tipo um fogãozinho que simula uma lenha que está pegando fogo, mas é tudo artificial”, explica. Custa cerca de R$ 4 mil.

Tem, ainda, a lareira elétrica, que dispensa o sistema, mas é bem mais cara e, segundo o vendedor, não existe no comércio de Campo Grande.

O jeito é comprar na internet. Em vários sites é possível encontrar modelos elétricos gringos e de fabricação nacional. O equipamento pode ser fixado em qualquer estrutura, em madeira, metal, alvenaria ou gesso, na sala, no quarto ou escritório, porque não produz fuligem ou gás carbônico e não faz nenhuma sujeira.

São como aquecedores portáteis, mas com desenho mais sofisticado, com a possibilidade de embutir na parede. As chamas são simuladas, em efeito 3D com incrível realismo. O calor é transmitido para o ambiente de forma uniforme e regulável, silenciosa, sem nenhum ruído. O consumo de energia elétrica é considerado baixo. 

A fábrica brasileira Cadence produz as lareiras elétricas com preços qeu variam de R$ 600,00 a R$ 1 mil.

Lareira não é peça só de região gelada, mas custa caro em Campo Grande
Lareira não é peça só de região gelada, mas custa caro em Campo Grande
Lareira não é peça só de região gelada, mas custa caro em Campo Grande



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.