A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

11/07/2014 06:23

No estilo clássico, restauração transforma escritório em "Casa Branca"

Paula Maciulevicius
Na rua dos Vendas, imóvel de esquina chama a atenção pela estrutura imponente em estilo clássico. (Fotos: Marcelo Victor)Na rua dos Vendas, imóvel de esquina chama a atenção pela estrutura imponente em estilo clássico. (Fotos: Marcelo Victor)

A reforma e a restauração levaram quatro meses para transformar a antiga construção em um escritório de advocacia inspirado na Casa Branca. Na rua dos Vendas, em Campo Grande, o imóvel de esquina chama a atenção pela estrutura imponente em estilo clássico.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

Erguida em 1979, ao longo dos anos a casa sofreu várias modificações, resultado de reformas que não preservaram a arquitetura original. Quando o imóvel foi comprado para abrigar o escritório de quatro advogados empresariais, o pedido ao arquiteto foi para que restaurasse e valorizasse a fachada, retirando todos os elementos que denegriam o projeto original.

Sala de reuniões comporta 14 pessoas sentadas.Sala de reuniões comporta 14 pessoas sentadas.
Poltronas Luiz XV foram usadas na sala do advogado principal.Poltronas Luiz XV foram usadas na sala do advogado principal.
Com sofás de couro chesterfield, intenção de misturar os estilos, dando ar moderno ao escritório.Com sofás de couro chesterfield, intenção de misturar os estilos, dando ar moderno ao escritório.

"Ela tinha um monte de reformas, de construções mais novas. Tivemos de limpar e restaurar, para deixar o mais original possível e ficou bem próximo do que era", explica o arquiteto responsável pelo projeto, Rafael de Castro, da empresa Castro Costa - Arquitetura e Engenharia.

Como precedente externo, o arquiteto descreve que foi utilizada a Casa Branca, com seu estilo neoclássico, que ajudou na escolha da cor branca da fachada. "Além de uma cor que valoriza os ornamentos e a volumetria do edifício", completa.

No interior do imóvel, a reforma foi por inteiro, com grandes alterações inclusive na estrutura da construção. "Tudo para que os ambientes acomodassem os advogados e funcionários do prédio", justifica Castro.

A recepção foi ampliada, e pilares foram revestidos com mármore travertino romano, mantendo a identidade do edifício clássico. O piso, se assemelha a um mármore, mas é na verdade porcelanato.

A parte de cima abriga uma sala de reunião, com mesa e cadeiras para 14 pessoas, além da sala do advogado principal do escritório.

Escada ampla e aberta para o sul providencia iluminação natural indireta.Escada ampla e aberta para o sul providencia iluminação natural indireta.
Recepção foi ampliada, e pilares foram revestidos com mármore travertino romano, mantendo a identidade clássica.Recepção foi ampliada, e pilares foram revestidos com mármore travertino romano, mantendo a identidade clássica.

"Ele queria uma sala grande e também um sala íntima. O estilo é todo clássico, que basicamente remete a um pouco do prédio, pode observar que a gente tentou misturar um piso moderno, polido e também gesso", agrega o arquiteto.

A escolha tanto do piso, como do mobiliário seguiram um estilo neoclássico moderno - com poltronas Luiz XV e sofás de couro chesterfield - foi com a intenção de misturar os estilos, deixando a parte interna do escritório um pouco mais atual.

Ao fundo, a escada ampla e aberta para o sul providencia iluminação natural indireta, além de um belo paisagismo que amplia e traz o verde do jardim externo para o ambiente.

A área construída corresponde a quase metade dos 900 metros quadrados do terreno. Por não ter portão, apenas o branco e o verde do jardim que também casa com o estilo clássico, a arquitetura do escritório pode ser contemplada de longe.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.