A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

24/11/2014 06:23

Simples e sem mexer na estrutura, reforma deixa casa com cara de escritório

Paula Maciulevicius
Na fachada principal, o projeto trabalhou a volumetria da casa. (Foto: Thiago Gibo)Na fachada principal, o projeto trabalhou a volumetria da casa. (Foto: Thiago Gibo)

Os 220m² que antes se resumiam à uma casa no bairro Jardim dos Estados, foram transformados em um escritório de advocacia. A proposta foi readequar o ambiente deixando no passado o ar residencial e imprimindo um novo conceito. Por se tratar de um imóvel alugado, a reforma teve o mínimo possível de intervenção na estrutura. 

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

O projeto, assinado pelos arquitetos Silvio Paré, Thiago Gibo e Daniele Pasa, do escritório GPS Arquitetura, trabalhou a proposta de readequação da fachada, usando uma linguagem mais moderna e minimalista e, no interior, criando aberturas necessárias para tornar o ambiente comercial e acessível aos clientes.

Na fachada principal, o projeto trabalhou a volumetria da casa. Os arquitetos explicam que o telhado foi escondido por uma platibanda dando um aspecto moderno. A retirada da varanda e a substituição da porta de metal por uma de vidro temperado possibilitou a construção de dois volumes em alvenaria, que, embora com alturas e larguras diferentes, proporciona um dinamismo para a fachada, buscando quebrar a "sisudez" da parede existente.

De esquina, foto reproduzi como era a fachada anterior. (Foto: Thiago Gibo)De esquina, foto reproduzi como era a fachada anterior. (Foto: Thiago Gibo)

Com a intenção de quebrar a monotonia da rua, os arquitetos usaram na pintura cores antagônicas, que ao serem iluminadas, procuram mostrar essa nova leitura e modernidade.

A entrada que antes ficava na rua lateral, veio parar na via de maior movimento. Todas as janelas foram mantidas e a vegetação lateral criou uma parede verde que, além de proporcionar uma beleza natural, traz segurança a parte lateral do escritório.

A porta social da rua lateral foi lacrada e na parte interna, tampada por um painel. "Essa mudança teve como o intuito preservar o máximo da casa mudando somente o essencial para o funcionamento do escritório", descrevem os arquitetos.

No interior nenhuma parede de alvenaria foi erguida, todas as divisórias foram feitas com gesso acartonado e pintadas com cores simples, buscando valorizar os móveis e manter o espírito do escritório.

Móveis foram desenhados para manter a essência do escritório: minimalista e moderno. (Foto: Thiago Gibo)Móveis foram desenhados para manter a essência do escritório: minimalista e moderno. (Foto: Thiago Gibo)
A iluminação foi toda composta em luzes de LED. (Foto: Thiago Gibo)A iluminação foi toda composta em luzes de LED. (Foto: Thiago Gibo)

Segundo os arquitetos, a sugestão de gesso foi proposta por ser um imóvel alugado e de fácil substituição em caso de problemas que poderiam surgir.

O projeto separou o antigo living da casa em dois ambientes: recepção e sala de atendimento; divididos por uma parede em gesso acartonado e porta de correr embutida em madeira.

"O estilo minimalista dos móveis, apresentado através das cores claras em contraponto com sofás e cadeiras escuras, procurou seguir o gosto dos sócios do escritório", explicam os arquitetos.

O piso da casa foi mantido, com algumas alterações no pavimento superior para a instalação de móveis. No pavimento superior, as maiores mudanças ocorreram no que antes eram os quartos, que se tornaram salas para os sócios, a coordenação de processos e estagiários.

"Nesses ambientes foi necessário a retirada dos armários embutidos e uma nova disposição nos pontos luminotécnicos e a criação de novos layouts para as salas. Todos os móveis foram desenhados para manter a essência do escritório: minimalista e moderno", narram os profissionais.

A iluminação foi toda composta em luzes de LED, buscando um melhor sistema de iluminação e aspecto. A reforma do imóvel durou quatro meses.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.