A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

07/01/2015 06:37

Trabalhar cores claras nos móveis e decoração pode diminuir conta de luz em casa

Paula Maciulevicius
​As cores claras refletem mais luz o que permite que os ambientes permaneçam por mais tempo sem necessidade de luz artificial. (Foto: Henrique Queiroga)​As cores claras refletem mais luz o que permite que os ambientes permaneçam por mais tempo sem necessidade de luz artificial. (Foto: Henrique Queiroga)

A arquitetura também pode trabalhar a serviço da economia. Optar por cores claras e lâmpadas de LED em casa, por exemplo, contribuem para deixar a conta de luz mais barata e o imóvel sustentável. Arquitetos mostram que dá sim para economizar sem abrir mão da beleza e conforto com a ajuda da decoração.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

Já anunciado o aumento da energia elétrica para 2015, é hora de ver em casa como dá para remanejar o orçamento. Nos sites e blogs de arquitetura do Brasil o que não faltam são dicas assim, de como diminuir os custos o ano todo através de projetos. Do escritório mineiro da arquiteta Ana Lívia Werdine, por exemplo, o pontapé é a substituição: das lâmpadas normal, pelas de LED.

“A utilização de lâmpadas que consomem menos energia, como as de LED, é uma boa opção. São lâmpadas mais caras, porém, o investimento inicial mais alto é compensado mensalmente na conta mais enxuta”, pontua a arquiteta Ana Lívia em publicação no site.

Outra sugestão são sensores de presença, que evitam que as lâmpadas fiquem acesas quando não há mais ninguém nos ambientes.

Lâmpadas de LED consomem menos energia, apesar do investimento mais caro, compensa. (Foto: Henrique Queiroga)Lâmpadas de LED consomem menos energia, apesar do investimento mais caro, compensa. (Foto: Henrique Queiroga)

Na decoração, a dica é pintar os ambientes de cor clara, de preferência o branco. Os arquitetos sustentam que estas cores refletem mais luz, assim salas, quartos e escritórios podem ficar mais tempo sem a necessidade de se ligar o interruptor.  

A utilização estratégica de espelhos e dimmers, que controlam a intensidade da luz, também são bem-vindos. Outro recurso que dá certo é aproveitar ao máximo a incidência de luz natural.

Para isso, a arquiteta ensina que o segredo está na construção de mais janelas e que permitam a ventilação cruzada, assim, arejando o ambiente naturalmente, a necessidade da luz artificial, mais uma vez, é menor. O mesmo vale para o ar condicionado, conhecido como "vilão" das contas de luz. 

A automação, que permite que com um único comando seja possível apagar todas as luzes, fechar as cortinas e gerenciar a parte de segurança da casa, por exemplo, também surge como aliada na hora de permitir um uso mais inteligente da iluminação. 

Com tantas opções simples e eficazes, mesmo com o aumento na conta de luz, dá para economizar e de quebra, colocar em casa um pouco de sustentabilidade. 

A construção de mais janelas permite iluminar e arejar o ambiente naturalmente reduzindo o consumo de luz artificial e também de ar condicionado. (Foto: Henrique Queiroga)A construção de mais janelas permite iluminar e arejar o ambiente naturalmente reduzindo o consumo de luz artificial e também de ar condicionado. (Foto: Henrique Queiroga)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.