A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

18/10/2015 08:18

Advogada larga o Direito para criar mandalas com pedras e inspiração mexicana

Naiane Mesquita
Mandalas com inspiração mexicana da Cores de Luz. (Foto: Divulgação/Mariana Simões)Mandalas com inspiração mexicana da Cores de Luz. (Foto: Divulgação/Mariana Simões)

Depois de um longo período de estudos dedicados ao Direito, Mariana Simões, 30 anos, não conseguia se sentir plena exercendo a profissão. Em meio a tantas dúvidas, um dia, foi incentivada a participar de um curso de mandalas.

Veja Mais
Com gorros de Papai Noel, artistas realizam performance contra calote de editais
Da droga à reabilitação, Zé Pretim sobe ao palco com banda e repertório afiado

Mariana Simões se interessou pelo trabalho manual por não se encontrar no Direito  (Foto: Divulgação/Mariana Simões)Mariana Simões se interessou pelo trabalho manual por não se encontrar no Direito (Foto: Divulgação/Mariana Simões)

As precisões técnicas e as cores vivas a fizeram se apaixonar pelo trabalho manual, que virou hobby durante quatro anos, para depois ser uma escolha de vida.

“Eu faço há seis anos, mas foi com a minha gestação, há dois anos, que eu encarei como profissão. Eu tenho um bebê e faço em casa, quando ministro cursos, faço parcerias com estúdios de yoga para conseguir um espaço”, afirma Mariana.

Com estilos diferentes, as mandalas tem diversas inspirações, desde pedras naturais até as mexicanas, com linhas. “O carro-chefe são as de pedras naturais, mas tem a de barbante com fibra natural, MDF e a de lã que vem da cultura mexicana”, aponta.

Mariana conta que todo o trabalho que desenvolveu foi com muito estudo. “Fiz um curso básico, mas todo o trabalho que eu desenvolvi é da minha criatividade, não existem livros, com modelos. Você tem que buscar algo novo e inspirações”, explica.

Do sânscrito, mandala significa círculo. Acredita-se que a forma é capaz de despertar a consciência e a intuição.

“Além das mandalas, eu sou terapeuta holística, uso a mandala dentro do tratamento. Os benefícios são comprovados cientificamente, quem trouxe a mandala para o ocidente foi o psiquiatra e psicoterapeuta Carl Jung, ele observou que os pacientes melhoravam em contato com as representações”, diz.

As mandalas com pedras naturais são o carro-chefe da terapeuta. (Foto: Divulgação/Mariana Simões)As mandalas com pedras naturais são o carro-chefe da terapeuta. (Foto: Divulgação/Mariana Simões)

Para Mariana, muitas pessoas preferem meditar olhando para uma mandala. “Ela é um círculo, representa a forma mais perfeita, o todo, o universo, Deus ou a força superior, o que você acredita. Ela tem o poder de reorganizar a mente. Muitas pessoas se curam por meio disso”, acredita.

De Botucatu, São Paulo, a terapeuta já morou em várias cidades e está em Campo Grande desde 2002.

“Meu pai era servidor, então vivia mudando de cidade”, explica. Agora, com residência fixa aqui, ela investe nas Mandalas Cores de Luz.

“O preço dos produtos variam de R$ 120,00 a R$ 550,00. Os cursos custam R$ 300,00 e normalmente são realizados em até dois dias, com material e apostila incluso. Eu faço as oficinas no interior também, tenho uma programada para Dourados agora”, explica.

Informações sobre os produtos no site www.coresdeluz.com.br ou no telefone (67) 8111-4647.

Curta o Lado B no Facebook.

Fim de semana tem cover de Freddie Mercury e Whindersson
As atrações acontecem no Palácio Popular da Cultura, em Campo Grande. Confira outras dicas da Agenda Cultural....
Filhos e netos, os artistas mais importantes no palco
Escolas particulares de Campo Grande investem em grandes espetáculos para marcar o fechamento do ano letivo....



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.