A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2017

03/11/2016 16:44

Após protesto, Bernal assina repasse de R$ 4 milhões a projetos culturais

Amanda Bogo, Christiane Reis e Richelieu de Carlo
Mais de trinta artistas foram para a frente do Paço Municipal protestar na manhã desta quinta-feira (Foto: Richelieu de Carlo)Mais de trinta artistas foram para a frente do Paço Municipal protestar na manhã desta quinta-feira (Foto: Richelieu de Carlo)

Após protesto de um grupo de artistas, iniciado na manhã desta quinta-feira (3) em frente à Prefeitura de Campo Grande, o prefeito Alcides Bernal (PP) assinou ordem de empenho do pagamento de R$ 4 milhões correspondendes aos 67 projetos dos fundos de cultura Fmic e Fomteatro. A informação foi dada pelo presidente do Fórum Municipal de Cultura, Airton Raes Fernandes.

De acordo com Airton, agora será dada continuidade ao processo. Os contratos foram assinados por Bernal e o Fórum fica com a obrigação de receber o dinheiro, que não tem data para ser depositado. “Com o empenho, a gente fica tem o direito garantido. Ele não pagando, o outro prefeito terá de pagar”.

Segundo Airton, alguns projetos já começaram a ser executados, mas a maioria só começará a partir de novembro. “Esses projetos vão gerar três mil empregos diretos e indiretos”.

Com a assinatura, a manifestação em frente à prefeitura foi encerrada. “Já desocupamos e estamos indo para a fundação de cultura, para receber informações dos próximos passos”, finalizou.

Manifestação - Em torno de 30 artistas protestaram com cartazes e instrumentos musicais em frente à Prefeitura Municipal de Campo Grande por volta das 08h30 de hoje. Comissão formada pela categoria e o Fórum Municipal de Cultura esteve reunida por pouco mais de uma hora com o chefe do Executivo e o secretário de Governo, Odimar Luis Marcon.

A discussão era em cima do pagamento dos R$ 4 milhões correspondentes aos 67 projetos dos fundos de cultura Fmic e Fomteatro, que eram para ter saído na terça-feira, dia 1º de novembro.

O orçamento municipal previa o pagamento de R$ 9,6 milhões, que na verdade contemplavam o pagamento do edital atrasado e o lançamento do de 2016. Publicado no dia 5 de agosto, a relação dos aprovados trazia ainda a informação de que o pagamento seria feito no primeiro dia deste mês, o que não aconteceu, mesmo os artistas abrindo as contas solicitadas pela Prefeitura.




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.