A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

18/01/2014 07:25

Artista escocês faz espetáculo de mímica que funciona como intervenção urbana

Elverson Cardozo
Johnny Melville está em Campo Grande pela primeira vez. (Foto: Divulgação)Johnny Melville está em Campo Grande pela primeira vez. (Foto: Divulgação)

Em Campo Grande pela primeira vez, o artista escocês Johnny Melville, promove, neste sábado (18), uma intervenção urbana no Centro de Campo Grande. No domingo (19) e na segunda-feira (20), às 20h, ele apresenta, sozinho, o "The Best of Johnny”, espetáculo-solo que mistura mímica e improvisação para fazer crítica social.

Veja Mais
Com gorros de Papai Noel, artistas realizam performance contra calote de editais
Da droga à reabilitação, Zé Pretim sobe ao palco com banda e repertório afiado

No palco, a sátira e a comédia são as principais protagonistas. É uma mescla de esquetes, de vários trabalhos criados antes, em anos anteriores”, explicou. A crítica está presente, mas não domina toda a apresentação. “Também tem histórias divertidas”, disse o autor.

O material de divulgação apresenta o solo do escocês como algo “explosivo, rápido, divertido e original”. Pelo currículo do artista, dá para acreditar na propaganda. Durante os últimos 40 anos, Jhonny tem autuado e ensinado diversas artes teatrais em mais de 35 países.

Desenvolveu uma metodologia própria, baseada, principalmente, no teatro físico, onde a expressão corporal é valorizada, e na pantomima, que explora a mímica e os gestos.

Jhonny desenvolveu uma metodologia própria, baseada no teatro físico e na pantomima. (Foto: Marcos Ermínio)Jhonny desenvolveu uma metodologia própria, baseada no teatro físico e na pantomima. (Foto: Marcos Ermínio)

Oficina - Na Capital o escocês ministrou, durante 4 dias, no Centro Cultural José Octávio Guizzo, a oficina “Energia, improvisação e imaginação na comédia”. Trata-se de um curso intensivo de teatro especializado em gestos – pantomima -, improvisação, espontaneidade, entendimento de energia e clown, mais uma técnica teatral.

O estudo, que focou no desenvolvimento, disciplina e agilidade do corpo, resultou na intervenção programada para este sábado. A partir das 16h o grupo vai ser do Centro Cultural, andar até o Mercadão, passar pelo Camelódromo, descer a Afonso Pena e parar na Praça Ary Coelho, de onde retornam.

Serviço – Ingressos para o espetáculo “The Best of Johnny” custam R$ 15 (meia) R$ 30 (inteira). O Teatral Grupo de Risco fica na Rua José Antônio, 2170.

Os eventos têm o apoio da FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul), Câmara de Vereadores de Campo Grande, Quiquiho Produções, Mercado Cênico e Teatral Grupo de Risco.

Fim de semana tem cover de Freddie Mercury e Whindersson
As atrações acontecem no Palácio Popular da Cultura, em Campo Grande. Confira outras dicas da Agenda Cultural....
Filhos e netos, os artistas mais importantes no palco
Escolas particulares de Campo Grande investem em grandes espetáculos para marcar o fechamento do ano letivo....



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.