A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

21/08/2016 07:20

Artistas ocupam Praça das Águas com Feira de Artes Visuais e produção ao vivo

Thailla Torres
Artista Tom Barbosa pintou uma das homenageadas durante o evento. (Foto: Mariana Arndt)Artista Tom Barbosa pintou uma das homenageadas durante o evento. (Foto: Mariana Arndt)

Um show de cores e uma verdadeira galeria de arte tomou conta da Praça das Águas. Agora, todo mês haverá arte, música e dança na Feira de Artes Visuais realizada pela "Confraria Sociartista", que está ocupando um local pouco visitado e sem muito cuidado do poder público. 

Veja Mais
Em clipe de rock alternativo, casal coloca tudo a perder por mensagem de celular
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios

Mesmo em plena avenida Afonso Pena, em frente ao Shopping Campo Grande, quase não se vê ninguém na praça. O vandalismo é aparente e a falta de manutenção também, com várias grades de proteção derrubadas pela ação do tempo.

Por tudo isso, cerca de 40 artistas plásticos sul-mato-grossenses se reuniram com a proposta de unir o útil ao agradável. "A gente está ocupando porque não temos um lugar para expor os nossos trabalhos e levar arte para as pessoas. E por isso aproveitamos esse local para voltar os olhos da comunidade para um espaço que é público e precisa ser cuidado", comenta o artista plástico e publicitário, Carlos Vera.

Algumas pessoas sentaram para observar as obras. (Foto: Mariana Arndt)Algumas pessoas sentaram para observar as obras. (Foto: Mariana Arndt)

A Feira que começou tímida neste fim de semana atraiu mais artistas do que visitantes. Na primeira edição, os participantes decidiram homenagear a poetisa Nildes Tristão Prieto, que viveu naquela rua e passou uma vida divulgando a arte.

Outra homenageada foi a professora Maria da Gloria Sá Rosa, que se despediu no dia 28 de julho e também viveu boa parte da vida dedicada às artes no Estado.

"São duas homenageadas que tiveram muita importância na cultura de Mato Grosso do Sul e merecem todo esse encanto. Por isso será Feira de Artes Visuais Nildes Prieto", explica. 

O carinho dos artistas locais renderam homenagens em forma de música, poesia e, claro, artes plásticas.

Tom Barbosa  produziu em poucas horas telas para lembrar das homenageadas. Adilson Schieffer, artista plástico reconhecido pelos trabalhos inspirados na cultura indígena, também pintou ali, na praça.

Grafite e esculturas também ocuparam o espaço. Para a escritora e artista plástica Vanda Bugra é a oportunidade para eles mostrarem o quanto a arte tem um poder construtivo. "Eu penso que o papel do artista é esse, fazer o registro real da história. Estar em lugares onde as pessoas têm acesso a arte e a cultura. Mostrar que isso é pra todos e merece ser valorizado. Isso daqui vai ser fundamental, não só para movimentar um espaço público, mas para o crescimento", acredita.

A Feira de Artes Visuais deve acontecer mensalmente e a programação será divulgada pelo página da Confraria no Facebook.

Artista Anelise Godoy. (Foto: Mariana Arndt)Artista Anelise Godoy. (Foto: Mariana Arndt)
Artista plástico Ojeda Junior. (Foto: Mariana Arndt)Artista plástico Ojeda Junior. (Foto: Mariana Arndt)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.