A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

11/09/2013 06:04

Campo Grande recebe ópera Carmen, com participação de cantora argentina

Elverson Cardozo
Soprano argentina Rosana Schiavi. (Foto: Divulgação)Soprano argentina Rosana Schiavi. (Foto: Divulgação)

O Teatro Glauce Rocha, em Campo Grande, será palco, neste final de semana, da Ópera Carmen, do compositor francês Georges Bizet, que será encenada pelo coro lírico da escola de música Cant’arte. Serão duas sessões, no sábado (14), às 20h, e no domingo (15), às 19h30.

Veja Mais
Em clipe de rock alternativo, casal coloca tudo a perder por mensagem de celular
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios

A concepção e a direção cênica é de Francisco Mayrink, um dos mais importantes diretores de óperas do Brasil na atualidade. No currículo, ele coleciona mais de 80 títulos e mais de 200 apresentações.

Entre os convidados, está a soprano argentina Rosana Schiavi, que está despontando no cenário internacional. Na Capital, “Carmen” também vai contar a participação do barítono Marcelo Dias, que chegou da Alemanha, onde se apresentou, há pouco mais de um mês.

Ao todo, 25 cantores devem participar da apresentação no teatro. Dezesseis bailarinos da Companhia de Dança Embrujos de España também vão dividir a cena, com 6 atores, o coro infanto-juvenil, solistas e convidados da casa.

Todos vão estar vestidos com figurinos de época. Carmen será interpretada por Patrícia Ribeiro. Eduardo Meireles dará voz ao soldado Don José. Marcelo Dias foi escalado para viver o toreador Escamilo.

Além da concepção e direção cênica, Francisco Mayrink também assina, junto com Edineide Dias, proprietária da escola, a direção musical do espetáculo.

Sinopse - Trata-se de uma ópera "que inspira paixão”, disse Edineide. A peça é um triângulo amoroso que envolve uma cigana, Carmen, mulher fútil, que não dá muita credibilidade para o amor, um soldado e um toreador.

A cigana em questão se envolve com o soldado, Don José, e acaba presa, mas seduz um rapaz para soltá-la. Eles simulam uma briga, ela vai embora e ele fica detido. No meio disso tudo, surge Escamillo, o toreador. A sedução é a grande arma da protagonista.

Em Campo Grande, a montagem do clássico, considerado por alguns críticos com a "ópera das óperas", será feita em quatro atos, sendo dois seguidos, com intervalos de 15 minutos cada.

As músicas que compõe a obra serão cantadas em francês, mas, no telão, haverá tradução simultânea para o português. Haverá alguns recortes, mas sem nenhum tipo de interferência que prejudique a compreensão, avisou Edineide.

Para saber mais da obra de Georges Bizet, acesse a página do evento criada no Facebook.

Serviço – Ingressos estão sendo vendidos por R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia entrada) na Cant’arte, localizada na rua Padre João Crippa, 1736. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3324-6260.

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.