A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

27/11/2015 14:33

Com 15 anos de estrada, banda de blues faz show especial nesta sexta

Naiane Mesquita
Sérgio (de branco) com a banda durante apresentação no Som da Concha (Foto: Divulgação)Sérgio (de branco) com a banda durante apresentação no Som da Concha (Foto: Divulgação)

O blues já estava rodando pelas ruas de Campo Grande quando o Cachorro Velho decidiu que esse era o seu caminho. A banda que começou no antigo Iris Cyber Café, por volta dos anos 2000, hoje comemora 15 anos de estrada em um show especial, com a “antiga” formação no Jack Music Pub, em Campo Grande.

Veja Mais
Fim de semana tem Naiara Azevedo e contação de histórias
Descobertos na adolescência, Rafa e Ruan mesclam clássicos e pop sertanejo

Para o show, a banda foi formada com Marcos Malagolini, na bateria, João Gerd, no contrabaixo, Henrique Borba, na guitarra, Sérgio Splender, nos vocais e a participação de Juninho, ex-tecladista do Bêbados Habilidosos.

“Esse projeto começou em 1998, na época eram outros integrantes e a gente tocava mais em festas. Foi em 2000 que decidimos tocar mais a sério. Fazíamos muito show no Iris Cyber Café, um bar de blues na Afonso Pena, que era muito frequentado por jornalistas”, afirma Marcos, hoje com 35 anos.

Com 15 anos de estrada, banda se reúne novamente para lembrar os velhos tempos Com 15 anos de estrada, banda se reúne novamente para lembrar os velhos tempos

O baterista conta que a formação é a mesma que acompanhou o grupo por cerca de 10 anos, entre idas e vindas. “Faz cinco anos que não tocamos juntos. Teve um época que tocávamos muito no Rota 16 e quando o bar fechou a gente parou de tocar”, explica.

Com repertório voltado para o blues, com clássicos do gênero, a banda deve aprensentar também um tributo a Elvis Presley. João Gerd, 29 anos, dono do contrabaixo, relembra que entrou para o Cachorro Velho só em 2005, e que o grupo sempre mesclou para o blues com uma pitada de rock'n'roll.

“Eu conhecia só de curtir o show e tinha um amigo em comum que era um frequentador assíduo do Iris e me apresentou o Sérgio, um dos antigos integrantes. Ele acabou falando sobre a necessidade de outros instrumentistas e me chamou. Eu levei o Henrique junto e tocávamos muito no Rota, na garagem. Entre idas e vindas foi oito anos, enquanto isso tínhamos projetos paralalelos”, ressalta.

O show de retorno é apenas um tributo ao que a banda foi. Na verdade, Sérgio Splender pretente seguir com o Cachorro Velho sem os antigos músicos. “A partir dos próximos shows entre o Kundera na bateria e o Jorge no contrabaixo. Também estou com o projeto do Elvisbreakers, um tributo ao Elvis”, frisa Splender.

O Jack Music Bar fica na rua 15 de novembro, 2098. Os ingressos estão R$ 10,00 (feminino) e R$ 15,00 (masculino), com meia-entrada até as 21h.




Muito bom ver esses caras reunidos mais uma vez.
 
brasileiro em 27/11/2015 15:11:50
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.