A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

01/10/2016 11:53

Com 64 anos, Vera Fischer fala sobre a fama e a internet que paralisa as pessoas

Thailla Torres
Vera Fischer sobe ao palco hoje com espetáculo Ela é o cara. (Foto: Thailla Torres)Vera Fischer sobe ao palco hoje com espetáculo "Ela é o cara". (Foto: Thailla Torres)

Pela terceira vez em Campo Grande, a atriz Vera Fischer surge de novo no teatro com a peça "Ela é o cara" e interpretando ela mesma. Cheia de energia, aos 64 anos Vera demonstra que conseguiu superar muita coisa para hoje estar de bem com a vida e as mudanças ao longo da carreira. Em uma entrevista ao Lado B, Vera diz que se libertou do peso que a beleza sempre teve na carreira. 

Veja Mais
Com gorros de Papai Noel, artistas realizam performance contra calote de editais
Da droga à reabilitação, Zé Pretim sobe ao palco com banda e repertório afiado

Com 29 novelas no currículo e o título de Miss Brasil, hoje Vera quer exercer apenas o ofício de atriz. Sem frescura, mas parecendo surpresa com entrevista à noite, antes de qualquer preparação no visual, ela limita a conversa a 4 perguntas, mas depois abre o bate-papo sobre assuntos que tem voltado com mais força agora que ela encara uma peça sobre fama e personalidade.

"Acho que existe uma beleza que é globlal por dentro e por fora. Não acredito que a pessoa que não seja bonita por dentro, consiga transmitir uma beleza exterior. Comecei como Miss e naquela época um corpo de miss era top de linha, hoje mudou o estilo de beleza", observa

Apesar de se dizer avessa à tecnologia, Vera se importou em ser fotografada naturalmente. "Deixa eu colocar meu óculos, estou sem maquiagem", disse a atriz. Mesmo assim afirmou que é contra procedimentos cirúrgicos no rosto. "Eu não vejo necessidade de fazer plástica no meu rosto, gosto dele assim do jeito que ele está. Cada ruga te conta uma história, uma tristeza ou risada. É uma coisa boa e acho que as pessoas banalizam a beleza."

Para a atriz, esse é um dos efeitos da exposição nas redes. "Tudo é muito parecido, nas roupas, no figurino e maquiagem. Até o jeito de pensar... Acho que um pouco da internet que deixa as pessoas paralisadas."

Sem revelar muito sobre o novo projeto, Vera destaca que a peça promete mexer com a curiosidade das pessoas. "É uma peça que tem dois personagens que se transformam em três. O público fica o tempo todo olhando e com muita curiosidade, porque a Vera Fischer que está lá no palco é exatamente o que ela diz. Mas existe um diabo que poder estar ali também...". 

O espetáculo tem o ator Edson Fieschi no elenco, que interpretaGilberto Fonseca, um terapeuta de competência e caráter duvidosos. Após um incidente com um paciente famoso, ele se vê obrigado a administrar a repercussão negativa do caso, o assédio da imprensa e a fúria dos fãs do artista, que o culpam pelo ocorrido e estão ávidos por vingança. Sem saída, e com a sua carreira fadada ao fracasso, Gilberto decide vender sua alma ao “diabo”.

Vera Fischer aparece dizendo que não é atriz de fama nacional. Diante da gravidade do quadro, Gilberto aceita atendê-la em troca de publicidade, na esperança de retomar sua carreira.

A peça acontece estará em cartaz hoje (1) e amanhã (2), às 21h e 19 horas, respectivamente, no Teatro Glauce Rocha. Os ingressos continuam à venda no stand da Pedro Silva Promoções, no Shopping Campo Grande, segundo piso, em frente a Riachuelo.

Informações pelo telefone (67) 3326-0105. Ainda é possível comprar ingressos pelo www.compreingressos.com ou no call center 4062-0018. Os preços são R$ 120,00 (setor A), R$ 100,00 (setor B) e R$ 80,00 ou R$ 40,00 (setor C).

Curta o Lado B no Facebook.

Fim de semana tem cover de Freddie Mercury e Whindersson
As atrações acontecem no Palácio Popular da Cultura, em Campo Grande. Confira outras dicas da Agenda Cultural....
Filhos e netos, os artistas mais importantes no palco
Escolas particulares de Campo Grande investem em grandes espetáculos para marcar o fechamento do ano letivo....



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.