A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

10/05/2014 07:23

De um jeito bem brasileiro, grupo do nordeste leva Shakespeare à Praça do Rádio

Ângela Kempfer
Titina Medeiros ficou conhecida como a Socorro da novela Cheias de Charme e roda o Brasil com apoio da Petrobras. (Fotos: Divulgação)Titina Medeiros ficou conhecida como a Socorro da novela "Cheias de Charme" e roda o Brasil com apoio da Petrobras. (Fotos: Divulgação)

No picadeiro de um circo, palhaços mambembes em carroças ciganas criam um cenário bem brasileiro para contar um clássico de Shakespeare na versão nordestina. Neste sábado, o espetáculo “Sua Incelença, Ricardo III” chega a Campo Grande pelas mãos do Grupo de Teatro Clowns de Shakespeare.

Veja Mais
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios
Com gorros de Papai Noel, artistas realizam performance contra calote de editais

A direção é Gabriel Villela, considerado um dos mais importantes nomes do teatro contemporâneo no País. No elenco, estão dois atores que nos últimos anos ganharam fama com produções globais: César Ferrario, um dos vilões na minissérie “Amores Roubados” e Titina Medeiros, a Socorro da novela "Cheias de Charme".

O palco será montado na Praça do Rádio, coma apresentação gratuita, a partir das 19h. A peça, dirigida por Gabriel Villela, roda o Brasil desde 2010 e também já passou pelo Chile, Uruguai, Espanha e Portugal, com patrocínio das Petrobras.

O original Ricardo III se passa no final da Guerra das Rosas, conflito sucessório pelo trono da Inglaterra ocorrido entre 1455 e 1485. Eduardo IV é rei, mas seu irmão Ricardo, Duque de Gloucester, busca a coroa de todas as formas

 

De um jeito bem brasileiro, grupo do nordeste leva Shakespeare à Praça do Rádio

A trama corre com a luta entre os clãs York e Lancaster, mas em uma adaptação que faz analogias com a política nacional e referências à estética circense.

O protagonista tem como destaque sua vilania desmedida para conquistar a coroa, o que inclui o assassinato de todos os adversários, inclusive os sobrinhos que o antecediam.

O espetáculo foi concebido no Rio Grande do Norte, entre Natal e a cidade de Acari, no sertão potiguar. O figurino mescla indumentárias nordestinas de couro e cipó, com sedas e tecidos dos nobres ingleses.

A trilha é inspirada nas incelenças (excelências), gênero musical tipicamente nordestino, das tradições fúnebres da região. Mas também apresenta o rock clássico inglês, com citações de bandas como Queen e Supertramp.

Fundado em 1993 em Natal, no Rio Grande do Norte, o Grupo de Teatro Clowns de Shakespeare desenvolve um trabalho de pesquisa teatral com foco na construção da presença cênica do ator, musicalidade da cena e do corpo, e no teatro popular, sempre numa perspectiva colaborativa. Mesmo sem trabalhar diretamente com palhaço, a técnica do clown está presente na sua estética.

O espetáculo também será apresentado em Bonito, na próxima segunda-feira, na Praça da Liberdade, na avenida Pilad Rebuá, também às 19h.

César Ferrario também está no elenco.César Ferrario também está no elenco.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.