A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

19/11/2015 16:37

Dono de acervo, jornalista pede exposição nacional das obras de Manoel de Barros

Thiago de Souza
Obras de Manoel de Barros deve ganhar exposição nacional. (Foto: Prosa em Poema)Obras de Manoel de Barros deve ganhar exposição nacional. (Foto: Prosa em Poema)

O jornalista e ex-diretor da Secretaria de Cultura de Mato Grosso do Sul Pedro Spíndola deve se encontrar com o presidente dos Correios, Giovanni Queiroz, na noite de hoje (19), para reforçar o pedido de uma exposição itinerante sobre a obra do poeta mato-grossense Manoel de Barros. O presidente dos Correios está em Campo Grande e acompanha o ministro das Comunicações, André Figueiredo.

Veja Mais
Vereadores manifestam solidariedade a cassados, mas esquecem Pedra
Vereadores anunciam boicote até Bernal pagar direitos de comissionados

Spíndola diz ter o maior acervo sobre Manoel de Barros, falecido em 2014. São fotos raras, manuscritos, e entre outras coisas, todos os documentários produzidos sobre o poeta. “Ano que vem completa 100 anos do nascimento de Manoel de Barros, por isso temos de fazer essa homenagem ao poeta”, explicou.

A ideia é percorrer as 26 capitais e o Distrito Federal. Segundo o jornalista o projeto sobre a exposição foi entregue há sete meses. Ele diz que os trâmites burocráticos já foram resolvidos, mas pretende pedir novamente pois Queiroz está no cargo desde ontem.

Pedro Spíndola, que era amigo pessoal de Manoel de Barros conseguiu a criação do Selo Manoel de Barros, que segundo ele “já está aprovado e deve sair ano que vem”. A homenagem também é em função dos 100 anos do nascimento de Manoel de Barros.

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.