A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

27/01/2014 22:09

Em Nova Iorque, 12 artistas vão expor a cara de MS na ONU para o mundo

Vinícius Squinelo e Paula Maciulevicius
Exposição ocorre em março, na cidade de Nova Iorque, nos EUA (foto: Marcos Ermínio)Exposição ocorre em março, na cidade de Nova Iorque, nos EUA (foto: Marcos Ermínio)

Pela primeira vez, um estado brasileiro vai ter uma exposição “solo” organizado pela ONU (Organização das Nações Unidades). Mato Grosso do Sul vai ser representado por 12 artistas regionais em Nova Iorque (EUA) entre os dias 12 e 27 de março.

Veja Mais
Cultura de MS é destaque em reunião da ONU em Nova Iorque
Com bugrinhos de Conceição, galeria reúne arte de MS e área ainda atende eventos

A Exposição “Mato Grosso do Sul Visto Pelo Mundo” tem como objetivo divulgar as potencialidades culturais, turísticas, industriais e de agronegócio, para contribuir com o desenvolvimento econômico e promover as riquezas do estado.

Os expositores regionais foram primeiro selecionados no próprio Estado. As 35 personalidades artísticas passaram pelo crivo da ONU, que selecionou 12 deles para expor nos Estados Unidos.

As obras incluem artesanato, fotografia, literatura do poeta Manoel de Barros, turismo, pecuária, indústria e agricultura.

“Mas o que mais vai fazer sucesso serão os artesanatos indígenas. Os Estados Unidos têm muito cuidado e atenção com os povos indígenas, e ficarão deslumbrados com o artesanato terena, kadiwéu, de Nossa Conceição dos Cugres, Amassa Barro de Corumbá, Humberto Espíndola”, opinou o governador André Puccinelli, presente no lançamento da exposição, realizado na noite desta segunda-feira (27), no Museu das Culturas Dom Bosco, em Campo Grande.

Segundo a organizadora do evento, Vanuza Jardim, foram selecionados 35 projetos, mas somente 12 foram apontados pela ONU como expositores.

Mesmo assim, segundo a organizadora e o próprio governador, MS vai fazer todo o possível para realizar mostras paralelas, e divulgar ainda mais a cultura regional pelo mundo.

Puccinelli é da opinião de que artesanato indígena será a vedete da exposição (foto: Marcos Ermínio)Puccinelli é da opinião de que artesanato indígena será a vedete da exposição (foto: Marcos Ermínio)
Selecionado para a mostra, Isaac já prepara as obras para levar aos EUA (foto: Marcos Ermínio)Selecionado para a mostra, Isaac já prepara as obras para levar aos EUA (foto: Marcos Ermínio)

Realização – Participando com o trabalho “Flor de Xaraés”, a artista plástica Cláudia Castelão, afirmou ser um reconhecimento a seleção para expor nos EUA. “É uma expectativa muito grande, um verdadeiro reconhecimento do nosso trabalho”, comentou.

Ainda segundo Cláudia, o que mais trás felicidade é o fato de Mato Grosso do Sul ter a diversidade de elementos, que talvez outros estados não tenham, nas palavras da artista.

O artista plástico Isaac de Oliveira já prepara os trabalhos que vai expor em março, e pretende levar de três a cinco deles, apesar de contar com um acervo de mais de 800 obras. Três ipês, um rosa, um branco e um amarelo estarão com toda a certeza em Nova Iorque.

“Vou levar o máximo de trabalhos que for permitido”, contou Isaac de Oliveira.

Expositores:

Claudia Castelão, que participa da mostra com o trabalho “Flor de Xaraés”
Grupo Amassa Barro de Corumbá
Mãos à Obra de Jardim
Art Fish de Mundo Novo
De Bodoquena a cerâmica kadiwéu, tendo a índia Maria Auxiliadora como representante
De Campo Grande, o trabalho de Mariano Monteiro com Conceição dos Bugres
Thaycoti de Leslie Gaffuri
O artesanato com fibras da bananeira de Lucimar Maldonado
A cerâmica terena com Cleuza Terena;
Nas artes plásticas, as obras de Jonir Figueredo, Humberto Espíndola, Lucia Coelho e Isaac de Oliveira;
O fotógrafo Erich Sacco ficou responsável pela curadoria da exposição fotográfica do projeto “Mato Grosso do Sul visto pelo mundo”.




Além do artesanato indígena ,a vedete que o governador se refere, por favor vê se consegue mostrar também a situação que nos estamos vivendo, depois de ser invadidos pelos índios, expulsos da nossa casa há mais de 10 anos.Mostre a nossa cara para a ONU e para o mundo, tenho certeza que ficarão deslumbrados também.





 
SONIA MARIA RIBEIRO em 28/01/2014 13:04:46
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.