A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

20/08/2015 15:52

Festival América do Sul Pantanal começa nesta quinta em Corumbá

Ângela Kempfer
Festival começou com oficina de Viola de CochoFestival começou com oficina de Viola de Cocho

Com quase 500 artistas envolvidos, começa hoje o Festival América do Sul Pantanal. O evento, que em 2015 incorporou ao nome o maior símbolo da região, desde a manhã desta quinta-feira já movimenta Corumbá.

A programação até o próximo sábado terá 108 atrações, que incluem não só apresentações artísticas. Foi montada Feira Bocaiúva de moda, Bulixo Cultural, Espaço da Integração e exposições de artesanato e arte de rua.

A mostra “A Divisão do Estado” é apresentada pelo artista plástico Humberto Espíndola e o fotógrafo Roberto Higa também participa com a exposição "Corumbá, Sua História, Sua Gente”.

Para abrir o evento, a primeira oficina da manhã foi de Viola de Cocho e Siriri, com Sebastião Brandão e Vilmara da Silva, de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Às 9h, a arte educadora Ramona Rodrigues deu início à oficina sobre a poética de Manoel de Barros. Como desenvolve trabalho sobre a obra dele e faz pesquisas há 15 anos, ela elaborou uma oficina especial para o FASP. Uma das atividades é escrever sob a inspiração do desuso, tema recorrente na obra de Manoel.

O dia tem ainda cursos de percussão com construção de Instrumentos, com Márcio Bello, do Tocantins, e de Economia Criativa e Criação em Arte Digital, com a sul-mato-grossense Maíra Espíndola.

Às 18h, uma das festas populares mais importantes da Cidade Branca será representada pela Escola de Samba de Corumbá e pela Bateria Show da Escola de Samba Igrejinha, campeã do Carnaval de Campo Grande este ano.

Nesta edição, o festival faz homenagens ao bluseiro Renato Fernandes, que morreu este ano. O músico conquistou reconhecimento Brasil afora pela qualidade das composições que se tornaram clássicos do blues.

Outro homenageado é o poeta e matemático chileno Nicanor Segundo Parra Sandoval, de 101 anos, o criador da “anti-poesia”, textos que tratam o cotidiano com termos mundanos. Parra venceu o prêmio Cervantes 2011 e o prêmio Ibero-americano de poesia Pablo Neruda 2012.

A abertura oficial está marcada para às 19h30, com a Banda Municipal Manoel Florêncio e Coral Cidade Branca. A noite terá ainda premiação e exibição do vídeo vencedor do concurso Soy Loco por Ti América com o tema “O Olhar da Juventude”, projeto que selecionou curtas feitos por alunos de escolas públicas do Estado

Ás 21h30 deve começar o show do Grupo Acaba. O Festival segue até o dia 22 de agosto de 2015, com atividades em Corumbá, Ladário, Puerto Quijarro (Bolívia) e Puerto Suárez (Bolívia).

Veja a programação completa aqui.

 




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.