A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

15/01/2014 06:21

Jacaré assusta, anima ou deixa curioso quem passa na Fernando Corrêa da Costa?

Paula Maciulevicius
Na Fernando Corrêa da Costa, tem jacaré à solta. (Foto: Cleber Gellio)Na Fernando Corrêa da Costa, tem jacaré à solta. (Foto: Cleber Gellio)

Há pouco mais de uma semana, um jacaré se instalou na esquina da avenida Fernando Corrêa da Costa com a Rui Barbosa. Em plena região central, é de espantar, fazer rir ou no mínimo, deixar curioso quem passa pela região.

Veja Mais
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios
Com gorros de Papai Noel, artistas realizam performance contra calote de editais

Uns minutos que o Lado B ficou na espreita, para ver se o jacaré ia ou não atacar, flagrou cenas inusitadas. Claro que o réptil não passou despercebido. O mais comum foi olhar uma vez e ter que confirmar na segunda vista, se era mais o que ele estava pensando.

“Enorme não é?” comenta a representante comercial, Ana Lúcia Ribeiro, de 37 anos. Ela estava no banco do carona, com o marido dirigindo e a filha de 1 ano sentada no banco de trás, quando passou pelo cruzamento.

“Eu falei olha o jacaré e ela respondeu ai que medo! Tudo ela tem medo, mas eu achei muito bacana, um jacaré lindo e legal a iniciativa, ficou tudo muito natural”, descreve.

A bancária Ana Laura Sandim, de 25 anos, teve de olhar duas vezes. “A primeira vez que vi, achei estranho, olhei mais detalhadamente e achei legal. É uma imagem marcante”, conta.

A intervenção urbana é da videomaker Gabriela Dias, que quer 'vender' a imagem que o Pantanal tem. (Foto: Marcos Ermínio)A intervenção urbana é da videomaker Gabriela Dias, que quer 'vender' a imagem que o Pantanal tem. (Foto: Marcos Ermínio)

A ideia veio da videomaker Gabriela Dias, de 30 anos, que passa os dias vendendo o que Campo Grande, ou o Estado, tem a oferecer para os moradores ou turistas. O jacaré é uma intervenção urbana, parte do projeto “Big Fun”, uma espécie de guia turístico que mostra em vídeos, os lugares que fazem a cidade divertida.

“Queria colocar elementos do Pantanal e saber a reação das pessoas. Brincar com o cotidiano, sair da rotina. Coloquei como sendo um movimento ‘Nossos bichos are like diamonds’”, explica. O jacaré foi o primeiro e a escolha do local foi devido à visibilidade. O réptil foi impresso como outdoor, recortado por Gabi e colado com a ajuda de uma amiga.

O vento ou mãozinhas, fizeram com que o jacaré ‘trocasse de pele’. Está descascando, mas a ideia ficou e Gabriela já pensa nos próximos animais. “Tem que ser bichos que todo mundo adora, onça, capivara”.

Do projeto, vem mais intervenção por aí. (Foto: Marcos Ermínio)Do projeto, vem mais intervenção por aí. (Foto: Marcos Ermínio)



Boa ideia
Criatividade 1000% parabens...
 
João Alexandre em 15/01/2014 22:37:48
Tem-se que diversificar os temas das imagens. Só pantanal pantanal pantanal.... ta saturado. Os moradores já sabem e conhecem 'os bichos'. Os turistas vão pensar que aqui só tem bicho. Enfim. Já tão querendo mudar até o nome do estado... imagine...
 
Celia Campos em 15/01/2014 17:09:06
-Valoriza nossos animais!!!
 
Hélcio Franco em 15/01/2014 16:45:44
Poderiam colocar o Sapo-cururu também?
 
Ivan Ilitch em 15/01/2014 14:50:55
Muito boa a ideia, nós pantaneiros adoramos nossa terra,com toda fauna/flora da região,
e uma experiencia ótima acredito que todos irão gostar. Minha mãe e artista plastica e a especialidade dela é o bioma pantaneiro tanto como quadros e esculturas Anelise Godoy
ela faz um mural de paisagem pantaneira linda pra você..
 
pedro godoy em 15/01/2014 14:16:17
E MELHOR UM JACARE , DO QUE OS MUROS TODOS PIXADOS E AS AUTORIDADES NAO FASEM NADA, MEUS PARABENS PRA QUEM TEVE ESSA IDEA , SO FALTO EMCINAR O JACARE COMER OS PIXADORES,KKKKKKKK
 
aparecido jordao em 15/01/2014 13:55:38
Trabalho no edifício Evolution, da minha janela vejo, um terreno baldio ao lado, que tem uma casinha abandonada, colocaram uma capivara....não entendi, mais, está ali enfeitando a casa velha, na beira do parque das nações.
 
andrea de souza pires em 15/01/2014 12:58:43
Campo Grande realmente está evoluindo e isso é apenas o começo!
Parabéns pela iniciativa e que venha outros animais da região pantaniera!
Um tuiuiú ficaria interessante também...
 
Franciele Mendes em 15/01/2014 12:48:37
Esse jacaré caiu como uma luva em minhas mãos, pois não sei o porque mais meu filho de 2 anos adora jacaré, ele tem um monte de miniaturas.
Vou leva-lo para retirar uma foto com esse jacaré, kkk...
 
Valdir Viana em 15/01/2014 11:52:26
PARABÉNS, QUE IDÉIA GENIAL. É DE PESSOAS ASSIM QUE PRECISAMOS!!!
 
HÉLIO LÓPEZ em 15/01/2014 11:45:56
PARABÉNS QUE IDÉIA GENIAL. É DE PESSOAS ASSIM QUE PRECISAMOS!!!
 
HÉLIO LÓPEZ em 15/01/2014 11:44:47
Tá de parabens, mas por favor, inventou a roda né, já existe a arara no predio logo ali do lado que já se tornou simbolo, mas parabens pela continuidade da divulgação do nosso Pantanal.
 
maximiliano nahas em 15/01/2014 10:52:24
vc está de parabéns Gabi, a ideia merece incentivo e patrocínio para futuras novidades, já que divulga nosso estado, e esperamos mais visitantes neste ano.
 
zuleide e eva em 15/01/2014 10:25:16
Muito Lindo, parabéns .
 
laice Silva em 15/01/2014 10:10:59
Seria bem legal, se colocassem uma imagem de Rã Pera.
 
Luis Acordado em 15/01/2014 09:45:36
Acredito que todos que passam ou passaram deram uma olhadinha "olha um jacaré",parabéns adorei estou esperando a capivara, a onça...
 
andrea gimenes em 15/01/2014 08:36:40
No meio do graffiti este tipo de colagem e conhecida como lambe onde os desenhos são feitos em papel recortado e depois colado no local escolhido e com devida autorização do proprietário do imóvel, mas sera que se fosse um jacaré desenhado a mão e colado ali por um colador de lambe teria essa repercussão boa ou seria considerado um ato de vandalismo
 
José Alexander em 15/01/2014 08:35:50
Seria uma excelente ideia que ao invés de usarem papel, material dos outdoors, os organizadores procurassem grafiteiros, assim arte seria mais definitiva e menos propensa à ação de fenômenos climáticos, vândalos e até pessoas desocupadas. Já vi muitos gratifis aqui na cidade com qualidade e acabamento muito bons, fica a dica.
 
Luciano Yamauchi em 15/01/2014 08:34:23
A idéia é boa, precisamos de mais...Parabéns.
 
Debbiê Cruz Cano em 15/01/2014 07:57:44
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.