A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

12/08/2014 16:45

Museu de Arte Contemporânea abre nova temporada com obras de MS, PE e SP

Ângela Kempfer
“Lastlândia”, instalação de Laerte Ramos.“Lastlândia”, instalação de Laerte Ramos.

A Fundação de Cultura abriu ontem a 3ª Temporada de Exposições 2014 do Marco. São 4 mostras em diferentes estilos e regiões do País.

Veja Mais
Descobertos na adolescência, Rafa e Ruan mesclam clássicos e pop sertanejo
Em clipe de rock alternativo, casal coloca tudo a perder por mensagem de celular

De Mato Grosso do Sul, “Deixa...o conceito”, tem pinturas, desenhos e esculturas do artista plástico corumbaense José Abilio Escalante Ribeiro. É uma retrospectiva do filho de boliviana com brasileiro, e reúne essa característica ao trabalho.

Também aqui do Estado, “Drama e Densidade” apresenta gravuras em metal, feitas com ponta de aço, assinadas pela artista plástica aquidauanense Vânia Pereira.

A instalação “Lastlândia”, de Laerte Ramos, veio de São Paulo. São 108 esculturas em cerâmica, dispostas no chão sobre uma fina camada de areia a fim de demarcar um acampamento armado. “Baseado nos soldados de plástico e temas militares que são vendidos em saquinhos sortidos em ‘lojas de 1,99’, a disposição das esculturas faz com que o visitante tenha uma vista aérea da composição. A instalação seria um encontro possível entre uma temática bélica misturada com um lugar lúdico onde crianças brincam deitadas no chão em "pequenas  batalhas’ sem pólvora, explosões ou projéteis reais”, explica o material de divulgação do evento.

Por último, “Dedicatórias” tem pinturas acrílicas sobre tela do pernambucano Hermano Luz. Ele usa imagens fotográficas e dedicatórias antigas, como recortes figurativos da infância.

As exposições estarão até outubro no Museu de Arte Contemporânea, com visitações de terça a sexta, das 12h às 18 horas. Aos sábados, domingos e feriados, o horário é das 14h às 18 horas.

O Museu de Arte Contemporânea fica na Rua Antônio Maria Coelho, nº 6000, no Parque das Nações Indígenas.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.