A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

23/10/2013 07:08

No palco, o sapateado de "Embrujos de España" comemora os 25 anos do grupo

Paula Maciulevicius
Ao todo, 42 pessoas, entre bailarinos e músicos vão mostrar os encantos e a alegria de sapatear nos dias 31 de outubro e 1 de novembro. (Fotos: João Garrigó)Ao todo, 42 pessoas, entre bailarinos e músicos vão mostrar os encantos e a alegria de sapatear nos dias 31 de outubro e 1 de novembro. (Fotos: João Garrigó)

Saias, babados, sapateado. O ritmo guiado pelas palmas e pelo cântico espanhol. Olhos que acompanham os passos e posição das mãos. Flores no cabelo, vermelho nos lábios, expressão no rosto e dança flamenca na alma. E este é só o ensaio para o espetáculo “Embrujos de España 25 anos”, em comemoração ao aniversário da companhia que carrega os feitiços da Espanha em Mato Grosso do Sul.

Veja Mais
Descobertos na adolescência, Rafa e Ruan mesclam clássicos e pop sertanejo
Em clipe de rock alternativo, casal coloca tudo a perder por mensagem de celular

Ao todo, 42 pessoas, entre bailarinos e músicos vão mostrar os encantos e a alegria de sapatear, bailar, sentir e expressar o corpo e a alma. O elenco tem que já foi, quem sempre esteve e quem entrou há pouco, mas já faz a história. As apresentações serão nos dias 31 de outubro e 1 de novembro, às 21h, no Teatro Glauce Rocha.

O espetáculo, além de comemorar os 25 anos do grupo, marca os últimos meses de formação. Com incentivo do Fundo de Cultura, bailarinos de fora vieram profissionalizar ainda mais o vermelho que se apresenta nos salões sul-mato-grossenses.

A diretora artística do Embrujos e bisneta de espanhóis, Maria Helena Pettengill, explica que a apresentação está focada no que ela mais se preocupa. Na formação da dança Flamenca para as próximas gerações.

O espetáculo, além de comemorar os 25 anos do grupo, marca os últimos meses de formação.O espetáculo, além de comemorar os 25 anos do grupo, marca os últimos meses de formação.
Serão 18 quadros compondo 1h30 de show, entre danças e apresentação de vídeos da carreira.Serão 18 quadros compondo 1h30 de show, entre danças e apresentação de vídeos da carreira.

“Tem gente que dança há 17, 18 anos, outros começaram agora. Vai ter um pouco de tudo, mas vai ser um espetáculo repleto de emoção e bem dizendo o que significa Embrujos, que são os feitiços, a magia dos leques, da castanhola, o próprio estilo da mulher”, revela.

Entre os artistas convidados estão Anderson Alves, Jeferson de Lima, Miska Thomé e Fabio Faria.

Em 25 anos de dedicação à dança e ao grupo, Maria Helena não tem outra definição se não dizer “minha vida desenvolveu em torno disto, da linguagem e da cultura espanhola”.

A realização como mãe estará no palco. A filha, Nathalia Pettengill, de 15 anos, faz parte do espetáculo. “Eu, na verdade, danço desde a barriga da minha mãe, mas profissionalmente no grupo, há dois anos. A dança Flamenca para mim é onde eu posso me expressar melhor, tenho mais liberdade”, define a jovem bailarina.

Serão 18 quadros compondo 1h30 de show, entre danças e também apresentação de vídeos e fotos da carreira nos palcos.

Uma das mais antigas bailarinas, a farmacêutica, Sorandra Espíndola Moraes, de 29 anos, começou cedo. Os primeiros sapateados no Flamenco foram aos 9 anos. “Nossa, é difícil falar o que é a dança para mim, é alma, é corpo, expressão, é tudo isso junto, é amor”.

Os ingressos para o espetáculo devem ser trocados na AACC (Associação dos Amigos das Crianças com Câncer) por 2 quilos de alimentos não perecíveis (com exceção do sal).

Flamenco – A dança é uma arte popular que surgiu no século XVI, na Espanha. Reconhecida em todo o mundo pelo ritmo marcado pelo sapateado e pela força de expressão em cada gesto, aqui em Campo Grande, é dada a ela a continuidade pelo grupo Embrujos de España, criado em 1988 pelo Centro Beneficente Espanhol.

Formado por membros da colônia espanhola, Embrujos sempre teve a missão nas palmas das mãos, de viva as tradições populares espanholas através da dança. A primeira coreografia do grupo, foi montada pela bailarina argentina “La Morita”, que batizou o grupo com o nome “Embrujos de España” que significa “feitiço de Espanha”.




Oieeeeeee, bom dia!
Vamos nessa?
Bjos
Tia Hulda
 
Thiago Ferraz em 25/10/2013 09:06:08
É MUITO LINDO OSEU TRABALHO EAS MENINAS SâOMUITO BONITAS
ADOREI!!!!!!!!!!
 
MARIA FURQUIM em 23/10/2013 17:34:08
Parabéns,me lembro de uma das primeiras apresentações no Lions clube voçê e Adriana
 
jamil naglis em 23/10/2013 13:41:34
Parabéns Maria Helena - (Tia), como a chamávamos na Cia de artes Uniderp onde tive a honra de ser dirigido por 2 anos...Pessoa de efêmero profissionalismo e dedicação. Que Deus abençoe sempre.
 
Anderson Black em 23/10/2013 11:05:48
Parabéns Maria Helena, seu trabalho é lindo! Dedicação e muito amor!
 
Maria do Carmo em 23/10/2013 08:46:22
Muito lindo já participei desse grupo
Parabens pelos 25 anos
 
maria amélia nantes em 23/10/2013 08:08:21
MARAVILHOSO!
JA TIVE OPORTUNIDADE SE ASSISTIR ALGUMAS APRESENTAÇÕES E FIQUEI MUITO EMOCIONADA!
VAMOS VALORIZAR O QUE É NOSSO!
SUCESSO!!!!
 
CRISTIANE HARALAMPIDIS em 23/10/2013 07:50:05
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.