A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

06/12/2015 08:12

O trabalho não anda mais engraçado para o cara que pinta frases de para-choque

Adriano Fernandes
João Pedro, o Crespo dedicou a vida toda a pintura de caminhões e para-choques.(Foto:Fernando Antunes)João Pedro, o "Crespo" dedicou a vida toda a pintura de caminhões e para-choques.(Foto:Fernando Antunes)

Do talento que teve desde criança para o desenho, o pintor João Pedro Crespo quis tirar o sustento. As técnicas ele aperfeiçoou sozinho, pintando em telas e paredes, sem nenhum tipo de especialização. Hoje em dia, ele ganha dinheiro pintando carretas e as famosas frases de para-choque de caminhão. Mas o adereço, que por anos produziu as frases mais engraçadas e inusitadas da estrada, vem perdendo popularidade.

Veja Mais
Descobertos na adolescência, Rafa e Ruan mesclam clássicos e pop sertanejo
Em clipe de rock alternativo, casal coloca tudo a perder por mensagem de celular

João Pedro ou "Crespo", como prefere ser chamado, montou a Crespo´s Arts, ao lado de um posto de gasolina no anel viário da BR-163, em Campo Grande. Os primeiros trabalhos com escritas ele fez ainda em Bonito, cidade onde nasceu.

Por cinco anos, pintou fachadas de comércios, de empresas de grande porte, até ir morar em Jardim, cerca de 8 anos atrás. Aventureiro, o rapaz disse que decidiu se mudar para Campo Grande, onde se especializou na pintura de caminhões.

“Vim a convite de uma prima que já trabalhava com acessórios de caminhão, foi quando decidi me especializar nesse segmento”, ele contou. Os desenhos são os mais variados e Crespo, atende desde empresas até caminhoneiros que estão de passagem pelo posto.

Como as frase de para-choque não rendem muito, Crespo investe mesmo é nas pinturas ousadas em carretas.(Foto:Arquivo Pessoal)Como as frase de para-choque não rendem muito, Crespo investe mesmo é nas pinturas ousadas em carretas.(Foto:Arquivo Pessoal)

Sem piada - Ele já fez ilustrações de bois, cavalos, reproduz logos de marcas em frotas de cervejarias e claro, faz também as frases dos “saiotes” de caminhões.

“Hoje em dia eles quase não pedem para pintar com frases engraçadas ou piadinhas. A onda agora são as frases religiosas", diz. Segundo o pintor, a procura varia de acordo com o modismo.

“Há uns oito anos atrás os caminhoneiros ainda pediam para eu escrever piadas. Depois de um tempo, as escritas em brocal, que é uma espécie de tinta púrpura foi muito pedida. Mas a moda agora são mesmo as frases com: ‘Deus é fiel', ‘Jesus é o salvador'”, conta.

Mas se os pedidos para pintar para-choques não são muitos, o pintor continua fazendo dos desenhos em carretas o carro-chefe da Crespos Arts. Para o cliente que quiser um desenho mais inusitado, Crespo faz “tudo no olho”.

“Só trazer o desenho que eu reproduzo na medida em que ele quiser. Já desenhei até caveira”, diz. E todo o cuidado na produção dos desenhos tem feito sucesso. Nas andanças do Lado B, foi o motorista de um caminhão guincho no bairro Bonança, do outro lado da cidade, quem indicou o trabalho do Crespo.

Para melhorar a qualidade dos desenhos, o pintor decidiu, aos 49 anos, fazer um curso técnico de comunicação visual. Daqui nove meses, ele já pretende estar com o diploma em mãos. “Estou firme. Pretendo ir até o final”, garante, animado. 

Curta a página do Lado B no Facebook.

Os saiotes com frases religiosas, são os mais pedidos. (Foto: Fernando Antunes)Os saiotes com frases religiosas, são os mais pedidos. (Foto: Fernando Antunes)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.