A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

08/12/2013 12:11

Peça de teatro encenada hoje aborda fenômenos paranormais

Zana Zaidan
Espetáculo conta história de universitário que vai morar sozinho, quando estranhas visões e chamados ao celular começam a atormentá-lo (Foto: Divulgação)Espetáculo conta história de universitário que vai morar sozinho, quando estranhas visões e chamados ao celular começam a atormentá-lo (Foto: Divulgação)

Com temática espírita e de fenômenos parapsicológicos, o grupo teatral de Mato Grosso do Sul Arte Boa Nova encena hoje (8) a peça teatral “Realidade Virtual”. Serão duas sessões, às 17 horas e 19h30, no Centro Cultural José Octávio Guizzo, em Campo Grande. Os ingressos estão à venda por R$ 10 e a classificação etária é de 12 anos. 

Veja Mais
Em clipe de rock alternativo, casal coloca tudo a perder por mensagem de celular
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios

Escrito e dirigido pelo dramaturgo sul-mato-grossense Nelson Peixoto, o espetáculo conta a história de Eduardo, um jovem estudante universitário que transfere a faculdade de Direito para uma universidade da cidade grande. Na bagagem, o desejo de curtir a individualidade e liberdade.

Na primeira noite de vida nova, no pequeno apartamento de um condomínio residencial, onde finalmente a privacidade e solidão programada parecia ter chegado, estranhas visões e insistentes chamados ao celular parecem evidenciar que ninguém está extremamente isolado ou sozinho - seja qual for o local de refúgio, jamais nos separamos do passado e de nossos conflitos.

As cenas que abordam a problemática emocional da personagem trazem reflexões importantes sobre os fenômenos psíquicos ou psicológicos estudados e abordados por ensinamentos espíritas; aprofunda temas atuais ao apresentar a tese dos fenômenos parapsicológicos ou mediúnicos, com desdobramento da “psique” nos momentos de repouso do corpo físico, interagindo em outras dimensões da vida (mundo espiritual).

Além da abordagem de temas inéditos nos trabalhos da companhia, o enredo também desenvolve questões relativas à reencarnação, laços de família e processos de obsessão e auto-obsessão e, além do tema “Amor”, marca registrada do grupo, que leva o sentimento como indispensável à vida das pessoas seja qual for a dimensão em que a individualidade se manifeste.

“Realidade Virtual” tem no elenco os atores Bruno Moser, Laurênio Machado e Natali Allas, especialmente convidados para a produção, além de Adrianne Lobo, Pablo Pacheco, Leonardo Rocha, Neli Oliveira, Alil Assumpção, Alexandre Lopes, Sueli Rebello, Vânia Teófilo, Vinícius Oliveira, Geovani Oliveira, Jéssica Peixoto, Lorena Vaz, Luana Abud, Nathália Rebello, Amaury Moro e Rodrigo Malhada.

Diego Rubert é o responsável pela direção de elenco, Marta Nogueira assina a pesquisa musical, Leonardo Rocha as montagens coreográficas, Leonardo Medeiros a sonoplastia e Bruno Leonardo os efeitos especiais e contrarregragem.

Arte Boa Nova - O grupo iniciou as atividades em 1989 e, a cada ano, apresenta montagens teatrais com o objetivo de levar ao público uma mensagem de otimismo, esclarecimento e diversão.

No ano passado, a temporada de "Amai-vos", também dirigida por Peixoto, teve grande repercussão entre as produções artísticas da Capital e foi recorde de público nas cidades do interior.

Nas produções da companhia, Peixoto afirma que procura desmistificar a “imagem que poderia ter criado em torno de seu estilo”, e não se prende a nenhum padrão ou regras definitivas. Ao contrário: o dramaturgo destaca que busca “inovar” e “diversificar”, pois acredita que na flexibilização das montagens populariza e permite que todos os segmentos da sociedade queiram ir ao teatro.

O grupo tem apoio da Fundação de Cultura do Estado, além da Fundação Chico Xavier, Federação Espírita de Mato Grosso do Sul, Instituto de Cultura Espírita de MS, Corpo de Bombeiros Militar MS e Arquitécnica (Espaço Chico Xavier).

Serviço - Realidade Virtual

Sessões: 17h e 19h30

Local: Centro Cultural José Octávio Guizzo - rua 26 de Agosto, 453 – Centro

Ingressos: preço único R$ 10, à venda no site do grupo: www.arteboanova.com.br e na Arquitecnica - rua Dom Aquino, 431.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.