A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

04/04/2015 07:34

Pianista doente e pessimista provoca público em peça que fala sobre o tempo

Elverson Cardozo
Ávalos. (Foto: Divulgação)Ávalos. (Foto: Divulgação)

“Uma obra atemporal, feita para inspirar o espectador a tirar dela algumas conclusões”. É assim que vem sendo divulgado o espetáculo teatral “Um Trago nas Horas”. Inédita, a peça do grupo “Você em Cena” será apresentada neste sábado (4) e domingo (5), às 20h, no Teatro Aracy Balabanian.

Veja Mais
Em clipe de rock alternativo, casal coloca tudo a perder por mensagem de celular
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios

A montagem, da diretora e dramaturga Francielle Zamora, fala sobre o tempo, o que as pessoas fazem da vida, das memórias e de como tudo isso nos afeta. O trabalho foi inspirado no filme “O homem que Amava as Mulheres”, que conta a biografia de Serge Gainsbourg, músico, cantor e compositor francês

O personagem central é Ávalos, um famoso pianista que está adoecendo e perdendo o movimento das mãos. Algoz no passado, o músico vive dilemas pessoais no presente, casos internos que o levaram ao fracasso. Mas Clarisse, que é quem o cuida, lhe apresenta novas perspectivas.

Ávalos e o Dr. Albert. (Foto: Divulgação)Ávalos e o Dr. Albert. (Foto: Divulgação)

“A peça é atemporal porque se passa em esquetes do passado e do presente. Eu tenho um Ávalos bem sucedido, músico de sucesso, se relacionando com mulheres maravilhosas, e um adoecido, muito negativo. A negatividade e a arrogância levou a doença mental que ele enfrenta para o físico e faz ele optar sempre pelas piores memórias e pensamentos, levando-o à derrota que hoje se encontra”, explica Franciele.

Ela classifica o pianista, que será vivido pelo ator Samuel Xavier, como um “personagem complexo”, que consegue direcionar o público a uma reflexão sobre egocentrismo, pessimismo, entre outras coisas. “A gente discute a questão de você pode escolher o que pensar. A escolha de seus pensamentos te afeta diretamente”, comenta.

Neste mar de negatividade que vive o músico, o contraponto, reforça, é Clarrise, que tenta mostrar a ele o lado bom das coisas. “Ela gosta de ouvir as histórias dele. […] É mais positiva. Tem esperança e tenta sempre animá-lo”, diz. Ele, ao contrário, morreria se pudesse.

Como é um drama, explica, algumas partes são muito tensas e podem, inclusive, levar “determinada aflição ao público”, mas houve um cuidado especial para não deixar tudo muito carregado. “Para aliviar e inserir uma multiarte e multiculturalidade dentro da peça, que tem algumas tendências francesas, eu coloquei música, performance, poesia e dança também. É um drama gostoso de assistir e que inspira”, valoriza.

“Um Trago nas Horas” representa, em resumo, o tempo e as escolhas baseadas nas más memórias. A abordagem se dá a partir deste personagem, Ávalos, que é um doente em vários aspectos.

As mulheres da peça. (Foto: Divulgação)As mulheres da peça. (Foto: Divulgação)

A encenação é performática e a trilha sonora passeia por tangos, composições clássicas e, também, canções cantadas à capela. O figurino foi elaborado pela modista Lauren Cury, proprietária do brechó Gaveta. O cenário foi projetado pelos designers de interiores Gustavo Hellbert e Edineia Moreira.

O elenco é composto pelos atores Samuel Xavier, Keila Correa, Ana Loureiro, Gustavo Hellbert, Mario Filho, Rafaella Lubatchesck, Leandro do Valle, Ariadne Farinea, Thais Barros, Valéria Diniz e Caroline Sandin. A peça tem classificação livre e duração aproximada de 85 minutos.

Serviço – Ingressos estão sendo vendidos a R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada). Todos, no entanto, podem garantir ingresso por metade do preço, desde que a reserva antecipada seja feita por um dos três telefones: (67) 9292-0786, 9252-3233 e 9142-4209.

O Teatro Aracy Balabanian fica na Rua 26 de Agosto, 453 entre a Calógeras e a 14 de Julho, no Centro de Campo Grande.

(Com assessoria/FCMS)




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.