A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

27/06/2015 17:35

Projeto em homenagem a atriz toma praça para pedir mais cultura e menos armas

Aline dos Santos e Aline Araújo
Grupos de várias manifestações artísticas se reuniram na praça. (Foto: Fernando Antunes)Grupos de várias manifestações artísticas se reuniram na praça. (Foto: Fernando Antunes)

A aposentada Conceição Costa, 48 anos, foi ao Centro de Campo Grande para fazer compras, mas a curiosidade a fez estender os passos até a praça Ary Coelho e conferir uma apresentação de capoeira. Empolgada, gravou com o celular e foi só elogios. “É bacana ocupar as praças com arte. Acho muito bonito. É preciso incentivar os jovens a participarem de arte, dança, teatro”, diz.

Veja Mais
Danielle Winits vive Marilyn Monroe em peça que estreia em janeiro na Capital
Fim de semana tem Naiara Azevedo e contação de histórias

Neste sábado, a praça Ary Coelho foi tomada por artistas em um movimento que pede menos armas e mais cultura. A mobilização “Retomada do Brasil pela Arte” que acontece hoje em Campo Grande e várias cidades brasileira, marca um ano do assassinato da atriz Luana Barbosa durante blitz policial em Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Fernando Cruz, do Teatro Imaginário Maracangalha é um dos organizadores do evento aqui.  (Foto: Fernando Antunes) Fernando Cruz, do Teatro Imaginário Maracangalha é um dos organizadores do evento aqui. (Foto: Fernando Antunes)

“A tomada do Brasil pela arte é um jeito de mostrar que esse espaço é nosso. É uma data para lembrar o que aconteceu com a Lua. É importante investir em arte e educação. E não, como acontece em vários lugares, investimento em militarização”, afirma o diretor do Coletivo Teatro Imaginário Maracangalha, Fernando Cruz.

Representante da Rede Unida, Dayane Caetano, 21 anos, explica que a ideia é mostrar o que é a rua de Campo Grande. “Por isso a rede faz parceria com os movimentos culturais. Porque todas essas manifestações estão ligadas à saúde”, afirma a jovem.

A Rede Unida é uma associação que reúne projetos, instituições e pessoas interessadas na mudança da formação dos profissionais de saúde. O próximo congresso internacional do grupo vai acontecer no ano que vem na Capital.

teve varal de poesias. (Foto: Fernando Antunes)teve varal de poesias. (Foto: Fernando Antunes)
Cachorro quente e pipoca de graça. (Foto: Fernando Antunes)Cachorro quente e pipoca de graça. (Foto: Fernando Antunes)
Quem foi a praça aprovou as manifestações. (Foto: Fernando Antunes)Quem foi a praça aprovou as manifestações. (Foto: Fernando Antunes)

O projeto para mostrar que a praça é do povo promoveu atrações simultâneas: teatro, capoeira, quadros e apresentação de rap. As performances foram ao sabor de pipoca e cachorro quente, distribuídos pela organização.

“É bom ocupar a mente com arte. Ótimo que seja divulgado na rua, onde todo mundo tem acesso. Para essas crianças não fazerem coisa errada”, afirma Maria dos Santos Matias, 61 anos.

Lua – A atriz e produtora cultural Luana Carlana de Almeida Barbosa, 25 anos estava na garupa da motocicleta de seu namorado quando, durante uma blitz, foi atingida com um tiro disparado da arma de um policial militar, após o condutor tentar furar o bloqueio. De acordo com o G1 de Presidente Prudente, o caso ainda tramita na justiça.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.