A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

14/12/2013 07:33

Thamires Tannous volta a Campo Grande para lançar primeiro CD dia 18

Elverson Cardozo
Interesse pela música começou aos 4 anos. (Foto: Divulgação)Interesse pela música começou aos 4 anos. (Foto: Divulgação)

Há 9 anos morando em São Paulo, a cantora sul-mato-grossense Thamires Tannous vai se apresentar, finalmente, em Campo Grande, cidade natal, onde se aperfeiçou tocando em barzinhos. Agora, mais preparada, com bagagem profissional, adepta da “Musica Contemporânea Brasileira”, ela vai lançar o primeiro CD autoral, “Canto para Aldebarã”. O show será na próxima quarta-feira (18), às 20h30, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo.

Veja Mais
Em clipe de rock alternativo, casal coloca tudo a perder por mensagem de celular
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios

Formada em publicidade, Thamires resolveu abandonar a profissão para correr atrás do sonho que se aflorou, novamente, em 2010, durante um mochilão pela Europa. Por telefone, em entrevista ao Lado B, a cantora fez questão de dizer que a mudança valeu a pena.

“Estou infinitamente mais feliz. Vendo que os frutos que estou colhendo. Os que estão por vir prometem ser muito bons. É um trabalho diário de batalhas e conquistas. É isso que move e faz a gente querer continuar. São esses desafios”.

O interesse e a paixão por esse universo apareceram cedo. Aos 4 anos, ela conheceu o piano da mãe e aos 6 quis aprender violino. Não demorou muito para a as aulas de canto virarem rotina. Na adolescência, bares como Fly, 21 e Café Mostarda serviram de palco.

Hoje, aos 25 anos, Thamires dedica-se à faculdade de música e segue o rastro de cantoras que já ganharam destaque, como Tulipa Ruiz, Tiê, entre outras que consolidam uma nova lista de vozes da MPB. Ela “foge” ao rótulo e prefere dizer que faz “Musica Brasileira Contemporânea”.

 Aos 4 anos, Thamires conheceu o piano da mãe e aos 6 quis aprender violinos. (Foto: Divulgação) Aos 4 anos, Thamires conheceu o piano da mãe e aos 6 quis aprender violinos. (Foto: Divulgação)

Estreia - A pegada é leve. O resultado do talento, somando ao empenho, foi de um som próprio, suave e encantador que marcam a carreira da cantora e, inclusive, seu primeiro CD. O disco tem 11 canções, sendo 9 autorais. Fora da lista está “Canto para Aldebarã” (de Ozzetti com Kleber Alburquerque), que dá nome ao trabalho. “Aldebarã é uma estrela. A mais brilhante da constelação de touro”, explicou.

Por conta das influências e descendência familiar, o som de Thamires, neste primeiro CD, ganhou elementos da música árabe, especialmente na percussão. Além das faixas autorais, a sul-mato-grossense também gravou uma releitura da música Terra de Sonhos, de Almir Sater com Renato Teixeira.

Todas as canções que compõe o CD serão apresentadas no show, mas o repertório não para por aí. “Vou fazer algumas que não estão no disco e são mais conhecidas”, adiantou.

Realização - “Canto para Aldebarã” é o resultado de anos dedicados à música. Thamires Thannous está feliz. A família também. O pai da cantora, Sérgio Rezek Tannous, de 56 anos, seu empresário e “paitrocinador”, não esconde o orgulho.

Cantora é adepta da Música Brasileira Contemporânea. (Foto: Divulgação)Cantora é adepta da "Música Brasileira Contemporânea". (Foto: Divulgação)

“A gente vibra com ela, com as emoções. Sempre incentivamos porque desde pequena ela gosta de música”, disse. Quando Thamires resolveu abandonar a carreira de publicitária, relembrou, a família a apoiou. ‘”Ela está batalhando, tem buscado os caminhos e bons parceiros. A gente percebe que ela tem a cabeça no lugar e está fazendo o trabalho com muita dedicação”, declarou.

Para Sérgio, a filha representa a família, que gosta de música, mas não consegue fazer isso tão bem como ela.

Serviço - Ingressos para o show da cantora Thamires Tannous custam de R$ 30,00 a R$ 50,00 e podem ser encontrados na DepylAction, que fica no Shopping Campo Grande. A Padaria Pão e Tal, localizada na rua Euclides da Cunha, 595, também está vendendo.

Toda a renda arrecadada será revertida para a Associação Pestalozzi. Em Campo Grande, quem promove o show da cantora é o Sesi, em parceria com o Sistema Fiems.

Conheça o trabalho de Thamires:




Que linda!!! Se não era, virei sua fã agora, doar toda a renda arrecada para a Pestalozzi!! Belíssima iniciativa garota!!! Vai com fé que você tem futuro!!!!
 
waneide ferreira em 15/12/2013 08:55:53
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.