A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

27/09/2013 06:41

Único forte ainda em MS, Festival Universitário quer driblar som comercial

Anny Malagolini
Apresentação na edição do festival de 2012. Apresentação na edição do festival de 2012.

Os murmurinhos nos corredores das universidades já começaram. Mais uma vez, os estudantes driblaram o comercial e o sertanejo e apostaram em poesias da “nova MPB” para concorrem no 21º Festival Universitário da Canção, que acontece hoje, no Teatro Glauce Rocha. 

Veja Mais
Danielle Winits vive Marilyn Monroe em peça que estreia em janeiro na Capital
Fim de semana tem Naiara Azevedo e contação de histórias

Assuntos do cotidiano acadêmico, como a cerveja após as aulas e também explicação cantada sobre o que é a bebida mais típica do Mato Grosso do Sul, o tereré, são alguns dos temas das 20 canções selecionadas para o festival na noite desta sexta-feira.

Todas as letras são de acadêmicos de universidades públicas e privadas de Campo Grande e do interior, porém, a interpretação não precisa ser necessariamente feita por um universitário.

O festival é o único ainda com força no Estado. Nasceu em 1980 e uma das pessoas que mantêm o evento vivo é a assistente social Marineide Cervigne, de 54 anos.

Neste ano, há uma diferença das outras edições. Nas duas últimas, o ganhador foi Roberto dos Santos, um acadêmico de São Paulo. Este ano, a regra foi mudada e  para participar é preciso comprovar residência em Mato Grosso Sul ao menos por dois anos. “Sempre é tudo muito eclético, buscamos integração, mas achei melhor premiar alguém daqui do Estado”, explica.

Como o festival tem muitos iniciantes, é a antiga forma de revelar talentos, mas também de expor ideias. “É uma extensão da faculdade e da vidas desses acadêmicos, que cantam aqui o que vivem em um período que escolhem o que vão fazer da vida”.

Além de ser palco para quem quer seguir a vida artística, o festival também é forma de ganhar uma “grana” extra, apesar dos prêmios serem baixas. São de R$ 2 mil, R$ 1mil, R$ 500,00 e R$ 250,00 para os três primeiros lugares e para o melhor intérprete e a música mais irreverente, respectivamente.

Uma das candidatas é a acadêmica de Arquitetura e Urbanismo, Sofia Bassos. Pela segunda, ela vai tentar levar o título para casa. Na edição anterior, ficou em terceira colocação. A estudante já é conhecida na capital por ser integrante de uma banda, mas o festival na avaliação dela tem um “sabor” diferente. “É um incentivo para a minha música, e neste ano até preparei uma mais especial”, antecipa.

Para encerrar o festival, o palco terá o cantor Dani Black, Jerry Espíndola e Pétalas de Pixe. O evento começa às 20h, com entrada é gratuita.

Confira a programação:

Música 1 - No Peito - Letra e Intérprete: Pedro Espíndola - estudante de Música da UFMS

Música 2 – Roseira - Letra: Mairon Felipe - estudante de Música da UFMS
Intérprete: Banda Miriam, Felipe e os Médicos de Cubas

Música 3 - Dois Rios - Letra: Carlos Lima - estudante de Letras da UCDB
Intérprete: Carlos Lima e Banda

Música 4 – Cerva - Letra: Edson de Paula Pereira Junior – estudante de Administração CPAN/UFMS
Intérprete: Banda Monopólio

Música 5 - Dimensão do Sol - Letra: Fillipe Saldanha dos Santos – estudante de Ciências Sociais da UFMS
Intérprete: Banda A Insana Corte

Música 6 – Francisco - Letra: Begèt de Lucena - estudante de Direito da Universidade Anhanguera
Intérprete: Banda O Santo Chico

Música 7 - Carta Para Minha Geração - Letra: Jolivete Nantes Fontoura - estudante de Direito da UCDB
Intérprete: Jolivete e Banda

Música 8 - Tipo Mecerdita - Letra: Ro Leite - Aposentada da UFMS
Intérprete: Ro Leite e Banda da Madah

Música 9 – Juntos - Letra: Eronildo Barbosa da Silva - estudante de Administração da UFMS
Intérprete: Renata Christóforo

Música 10 – Contornando - Letra e Intérprete: Elaine Buonarott Ferreira – estudante de Ciências Contábeis da Universidade Estácio de Sá

Música 11 – Choro - Letra: Thales Belchior Protasio - estudante de Engenharia Ambiental da UFMS
Intérprete: Banda Clave de Sol

Música 12 - Reclame-se - Letra: Fernando Tonatto - ex-aluno de Farmácia da UFMS/Campus Nova Andradina
Intérprete: Banda Os Intratáveis

Música 13 - Meu mundo inteiro - Letra e Intérprete: Marina Peralta – estudante de Psicologia da UFMS

Música 14 - Num trago - Letra: Sofia Basso – estudante de Arquitetura e Urbanismo da UFMS
Intérprete: Sofia Basso e Banda

Música 15 - Formas de Amor - Letra: Luiz Augusto dos Santos Ricco
Intérprete: Banda Fora do Ar

Música 16 - Labirinto (O trafegante noturno) - Letra: Ravel Giordano Paz – Professor de Letras da UEMS
Intérprete: Banda Detratores

Música 17 - Você Sabe o que é Tereré? - Letra: Leandro Laureti - estudante de Engenharia Elétrica da UFMS
Intérprete: Leandro Laureti e Banda

Música 18 - El desabafo del Gutiérez - Letra e Intérprete: Banda Larga – estudantes de Artes Visuais, Enfermagem e Engenharia Elétrica da UFMS

Música 19 – Vítima - Letra: Jaqueline Costa – estudante de Artes Visuais da UFMS
Intérprete: Jaqueline Costa e Banda

Música 20 - Os Céus que Choram - Letra: Evandro Vaz – estudante de Jornalismo da UCDB
Intérprete: Banda Area 77




Erica Alencar...o festival na noite desta sexta-feira.27/09/2013.... O evento começa às 20h, com entrada é gratuita.
 
Bruno Correia em 27/09/2013 10:34:38
ok mas qual o dia do evento?
 
Erica Alencar em 27/09/2013 08:40:44
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.