A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

26/10/2013 07:30

Veja a programação de espetáculos da Temporada do Chapéu até domingo

Lado B
Imagem da peça A princesa engasgada.Imagem da peça "A princesa engasgada".

No Calçadão da Barão, na Feira Central e até na Praça do Papa, o teatro vai aparecer em diferentes regiões de Campo Grande no fim de semana. A Temporada do Chapéu, festival organizado pelo grupo Maracangalha, traz desde quinta-feira espetáculos de trupes de vários estados e cidades de Mato Grosso do Sul.

Veja Mais
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios
Com gorros de Papai Noel, artistas realizam performance contra calote de editais

Neste sábado, a agenda começa pelo Centro, em pleno meio-dia, no Calçadão da Barão. Do Rio de Janeiro, veio a peça de rua “Qualquer Canto por um Conto”, que abre o fim de semana de apresentações.

Até o dia 1º de novembro será assim, com os atores em apresentações de graça em espaços públicos, de graça. Veja a programação de sábado e domingo:

Dia 26

Calçadão da Barão

12h - Espetáculo “Qualquer Canto por um Conto”, do Circo Le Chapeau (Rio de Janeiro/RJ). Dois artistas de um grande circo decidem parar com a vida dos espetáculos. Porém, após alguns dias, percebem que estavam errados e decidem voltar ao circo, mas o circo já foi embora. Como artistas não desistem, tentam abrir o próprio circo.

Praça do Papa

17h - Aborto, Medida Performativa, do projeto "Qual o real da poesia?" (Aquidauana). Pretende ser a segunda medida performativa, contemplado pelo Prêmio Rubens Corrêa de Teatro 2013, da Fundação de Cultura do Mato Grosso do Sul. A intenção é discutir publicamente as relações entre violência contra mulher, política e economia, com uma pesquisa corporal que transitará entre as noções de sagrado e profano, e a contaminação de um pelo outro, buscando traçar reflexos ou reflexões.

Dia 27

Feira das Moreninhas

11h - Espetáculo “A Princesa Engasgada”, do Teatral Grupo de Risco (Campo Grande). Uma história irônica de uma princesa que se engasga com uma espinha de peixe e o rei determina que seja encontrado um médico para curar sua filha. Uma camponesa cansada de apanhar do marido, resolve se vingar e diz ao fidalgo que ele é médico, mas só trata seus pacientes quando apanha. O camponês, sem direito de recusa, é levado ao rei e assim começa seu castigo. Com suas peripécias consegue ganhar a simpatia do rei.

Centro Comunitário de Indubrasil

15h - Intervenção "Ferro em Brasa", do Teatro Imaginário Maracangalha (Campo Grande). Aborda a questão do extermínio indígena desde o período do descobrimento do Brasil até os dias atuais, a partir da Carta de Pero Vaz de Caminha, de escritos do Frei Bartolomé de las Casas, poemas de Oswald de Andrade e noticias de violências contra os povos indígenas.

Praça do Peixe

19h - Intervenção “O Cortejo do Divino Senhor – Sinhozinho”, do Abequar (Campo Grande). Trabalho teatral idealizado como cortejo baseado nas procissões religiosas do catolicismo popular, traz como um dos seus personagens a enigmática figura do Sinhozinho, um místico que fez sua passagem na década de 1940 pelo município de Bonito.

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.