A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

01/07/2013 06:25

Violino no bairro Nova Lima não é mais um instrumento para poucos

Anny Malagolini
ONG ensina a moradores do bairro Nova Lima música instrumental (Foto: Cleber Gelio)ONG ensina a moradores do bairro Nova Lima música instrumental (Foto: Cleber Gelio)

Distante de músicas como “Quadradinho de 8”, sucesso do Funk carioca, a trilha sonora semanal de 20 jovens do Nova Lima começa com música instrumental, clássica, de Beethoven a Heitor Villa Lobos.

Veja Mais
Com bugrinhos de Conceição, galeria reúne arte de MS e área ainda atende eventos
Danielle Winits vive Marilyn Monroe em peça que estreia em janeiro na Capital

O projeto da ONG Viver Bem, na zona norte de Campo Grande, tem a intenção de revelar talentos de graça, com aulas de violino, violão, violoncelo e baixo acústico.

Há 4 anos, o musicista Jardel Vinícius, de 27 anos, é quem se encarrega de apresentar aos jovens a poesia instrumental das músicas. Para surpresa do professor, o interesse por músicas da moda, ainda mais para quem é adolescente, é quase nula entre os participantes. “Aqui eles gostam de músicas que cultivam a habilidade musical de cada um".

Com apenas 16 anos, Adriana Souza da Silva já tem tarefa de gente grande. Além da escola, para garantir um extra a família, ela é babá, mas não impede o esforço para treinar violino.

Há três meses no curso, as músicas que eram apenas para ouvir em casa, como Antônio Vivaldi, se tornaram em meta de ensaio e mesmo com a reclamação da família com o “barulho” de quem está aprendendo a tocar um instrumento musical, ela não desanima. “Eu nunca imaginei que saberia posicionar um violino, mas me apaixonei, até vou parar de trabalhar para me dedicar mais”.

Sara Cristina, de 13 anos, se rendeu ao lirismo da música clássica aos 8 anos, por “livre e forçada” vontade da mãe, brinca. Ela conta que entrou nas aulas quando a mãe a matriculou e logo a paixão pela arte surgiu.

 

Brenda Souza Albuquerque, de 11 anos, é a caçula da turma (Foto: Cleber Gelio)Brenda Souza Albuquerque, de 11 anos, é a caçula da turma (Foto: Cleber Gelio)

A caçula do grupo é tímida, tem apenas 11 anos. Brenda Souza Albuquerque começou a tocar violino há três meses. “Sai do balé e passando pela sala de ensaio o som me chamou atenção e resolvi entrar”.

Um dos talentos revelados pelo projeto é Jorge Bresley Cáceres, de 18 anos. O mais velho participante da turma já até dá conselhos aos colegas. Há 4 anos, ele começou a tocar com aulinhas de violão e hoje toca baixo acústico. Ele conta que entrou no grupo sem querer futuro, só porque era “de graça”.

Hoje, a renda é ganha com trabalhos como músico, mesmo sem o apoio da família, que sempre criticava a escolha de vida. Teimoso, Jorge apostou nele mesmo e fala orgulhoso sobre do futuro que espera. “Mudou minha vida, não vejo outra plano para mim a não ser um que inclua a música”.




Eu só tenho que gradecer ao projeto viver bem, meu filho Wellber se dedica cada vez mais ao aprendizado do violoncelo e violão clássico, fico orgulhosa da disciplina e perseverança com que eles se dedicam, e principalmente ao professor Jardel por saber despertar nessas crianças a vontade e curiosidade e obstinação de aprender e a dedicação também!Jardel (MESTRE) pois se todos os professores tivessem essa obstinação todas as crianças estariam nas escolas para aprender! Obrigado
 
Marina Gomes Vieira em 20/07/2013 19:24:00
O endereço do Viver Bem é Rua Randolfo Lima, nº 320, Bairro Nova Lima.Fone: 33544456. A quem estiver interessado em nos visitar, será para nós uma grande satisfação.
 
Neusa Maria Faria da Silva em 02/07/2013 17:19:13
BOA TARDE,ONDE FICA ESSA ONG NO BAIRREO NOVA LIMA,EU MORO LA E NAO CONHEÇO
 
LAURA CRISTINA DE SOUZA em 01/07/2013 15:52:46
Esse tipo de ação me faz acreditar que ainda existe esperança! Parabéns Jardel e crianças que ouvem e tocam boa música!
 
Marcelo Rezende em 01/07/2013 15:24:47
Parabéns, meu sobrinho é um dos participantes desta ONG.Estou muito orgulhosa.
 
Mara Iza Gomes Vieira Carneiro da Costa em 01/07/2013 12:31:41
Excelente iniciativa, rendendo ótimos frutos!
Parabéns a todos!
 
Magda Magalhães em 01/07/2013 11:47:35
Parabéns Profº Vinícius e a ONG Viver Bem, são iniciativas assim que os jovens precisam para não se desvirtuarem.
Parabéns meus jovens, continuem.
Hoje aos 50 estou aprendendo Sax, nunca é tarde.
DEUS ilumine a todos.
 
Jose P Mendes em 01/07/2013 08:07:46
Esse olhar que o poder público deveria ter com as crianças e adolescentes, ao invés de ficar discutindo maioridade penal...para que serve cadeia? Lá educa? Apenas porque dá uma solução imediata e tira a responsabilidade dos políticos e sobra mais para a corrupção.
 
Ciuro Ferreira em 01/07/2013 08:06:38
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.