A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

18/12/2012 08:03

Virtudes são arte em cartões que ainda hoje são enviados

Elverson Cardozo
Cartões postais da série Virtudes, do poeta Guimarães Rocha. (Foto: João Garrigó)Cartões postais da série Virtudes, do poeta Guimarães Rocha. (Foto: João Garrigó)

Com as facilidades da internet e com tantas opções na rede, fica a pergunta: Existe alguém que ainda manda postais? Existe. A confirmação vem de um poeta. Aos 56 anos, Guimarães Rocha apostou nos cartões, paixão antiga, para dar início ao novo projeto.

Veja Mais
Em clipe de rock alternativo, casal coloca tudo a perder por mensagem de celular
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios

Em homenagem ao século XXI, ele criou 21 cartões postais com poemas de sua autoria. Enaltece, nos textos, as virtudes do ser humano. “Elas precisa ser exaltadas, no meu ponto de vista como poeta”, diz.

A séria tem ilustrações inéditas do artista plástico Fausto Furlan, com finalização de Mota Junior. As figuras pensadas para os temas encantam pela beleza e suavidade.

Borboletas coloridas fazem par com as palavras sobre abundância. Pombas brancas em uma aurora boreal sinalizam as virtudes da luminosidade. O caminho, outra virtude em destaque, tem ilustrações de tuiuiús e um sol radiante.

Contrariando a leveza do pássaro, o beija-flor, sugando o néctar de uma rosa vermelha, representa a austeridade, mas também ilustra o postal sobre o amor:

“Tudo passa e o amor não passa. O amor é maior que o tempo. Maior que o vento. Acima de toda tempestade. Soberano a todo potentado”, diz o texto, assinado por Guimarães.

Uma das maiores virtudes humanas, a caridade, mostra que estender a mão continua a ser um ato nobre. “Feliz do que estende complacências. Não somente aos seus amigos”, escreveu o poeta.

Completam a coleção dizeres sobre a existência, compreensão, paciência, aconchego, inteligência, luta, doçura, alegria, sumo bem, força interior, liberdade, absorção, alma, afabilidade e despertar.

Os textos da série são fragmentos de poemas do livro Virtude, que será lançado em abril de 2013. A idéia do artista é levar o tema para a sala de aula.

“Sou um poeta que vou às escolas”, disse, ao comentar que o hábito ainda encanta muita gente. A única coisa que não fica para trás são os bons sentimentos. “Posso garantir três coisas: o amor, a caridade e carinho são coisas que não saem de moda”, finalizou.

Empresária Laurinete Maria ainda manda postais. (Foto: João Garrigó)Empresária Laurinete Maria ainda manda postais. (Foto: João Garrigó)

Laurinete Maria da Silva, de 57 anos, continua a enviar cartões para familiares e amigos. Hoje, com a internet e as facilidades, diminuíram as opções, mas a empresária ainda prefere assinar atrás do cartão postal. “Acho que é mais romântico”, resumiu.

A garçonete Letícia de Oliveira, de 22 anos, nunca comprou cartões para presentear, mas já recebeu quando criança. A tecnologia, disse, fez muita coisa cair em desuso, mas os bons desejos ainda permanecem. Se fosse escolher um postal hoje, felicidade, saúde e paz seriam palavras indispensáveis, disse.

Os cartões postais da série Virtudes, do poeta Guimarães Rocha, estão sendo vendidos por R$ 2,00. Parte da renda adquirida – 30% - será destinada à Abrec-MS (Associação Beneficente dos Renais Crônicos de Mato Grosso do Sul)

Perfil – Antonio Alves Guimarães, mais conhecido como Guimarães Rocha, é poeta escritor e membro da academia Sul-Mato-Grossense de Letras. Nasceu em Quixeramobi, no Ceará, mas viveu em Vicentina, no Mato Grosso. No início da década de 80, após passar por Dourados, veio morar em Campo Grande.

O poeta, formado em letras pela FUCMT (Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso), é fundador da UBE-MS (União Brasileira de Escritores de Mato Grosso do Sul) e já escreveu 20 livros.




Adorei a matéria, me fez lembrar um tempo que não volta mais. São nas pequenas atitudes que conseguimos retomar alguns costumes e práticas.
Parabéns pela iniciativa Guimarães Rocha.
Boas Festas :)
 
Rosely Nantes em 18/12/2012 10:16:00
Ah! que saudade dos tempos em que recebia e enviava esses lindos cartões, com mensagens de amor, paz, saúde, etc, congradutlando felicitações de natal e ano novo. Nos dias de hoje, tudo passou a ser virtual, e com a praticidade, e a correria do dia_à_dia, infelizmente, deixamos de lado esses prazeres da vida. Por favor! Quero saber o local aonde estão sendo vendido esses cartões, para surpreender meus amigos e familiares. Desejo a todos um FELIZ NATAL! UM EXCELENTE 2013.
 
Norma Sueli Dubian do Nascimento em 18/12/2012 08:30:11
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.