A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

05/12/2011 20:29

Após nove anos, Pobre Diabo Louco está de volta

Paulo Fernandes
Espedito Di Montebranco participou de três longa metragens no cinema: Frontera (2011), Terra Vermelha (2008) e Cabeça a Prêmio (2009)Espedito Di Montebranco participou de três longa metragens no cinema: Frontera (2011), Terra Vermelha (2008) e Cabeça a Prêmio (2009)
Praculá Makob é um patriota que segue rumo ao Distrito Federal, gritando pelas ruas o amor ao seu País (Foto: Divulgação)Praculá Makob é um patriota que segue rumo ao Distrito Federal, gritando pelas ruas o amor ao seu País (Foto: Divulgação)

Está de volta o espetáculo “Pobre Diabo Louco e Seu Discurso Para Moscas”, que recebeu ainda mais de 20 prêmios em festivais pelo País. Após nove anos, o diretor, dramaturgo e ator Espedito Di Montebranco reapresenta a peça nesta terça-feira, às 21h, no Teatro Aracy Balabanian, em Campo Grande, no XXX Festival Sul-mato-grossense de Teatro promovido pela Fesmat (Federação Sul-mato-grossense de Teatro).

Veja Mais
Descobertos na adolescência, Rafa e Ruan mesclam clássicos e pop sertanejo
Em clipe de rock alternativo, casal coloca tudo a perder por mensagem de celular

Encenado no período de 1997 a 2002, a peça representou o Brasil no Festival Internacional de Teatro do Zicosur, no Chile (2000), e recebeu ainda mais de 20 prêmios em festivais pelo País.

Escrito, dirigido e com atuação do renomado Espedito Di Montebranco, “Pobre Diabo Louco e seu Discurso Para Moscas” é um monólogo que conta a história de Praculá Makob, um indigente perdido pelo Brasil com o sonho de chegar ao Distrito Federal e falar poucas e boas ao Presidente da República. Ele caminha de cidade em cidade e em cada uma delas pergunta: “pra que lado fica o Distrito Federal?”. “Praculá”, respondem as pessoas.

Makob (sobrenome que significa dor e sofrimento) é visto pela maioria como um louco, um doente mental, mas, segundo Espedito Di Montebranco, “é o verdadeiro cidadão, que critica e apresenta possíveis soluções para esse Brasil sofredor”. Ele é um patriota de carteirinha, que sonha e grita pelas ruas o amor ao seu País, questionando alguns políticos e formas políticas que nunca resolveram os problemas dos mais necessitados.

Já Espedito Di Montebranco tem a experiência de ter dirigido 13 espetáculos e atuado em mais 14. Ele também gravou 45 comerciais para televisão, um curta metragem e participou de três longa metragens no cinema : Frontera (2011), com direção de David Cardoso; Terra Vermelha (2008), com Leonardo Medeiros e Matheus Nachtergaele e direção de Marco Bechis; e Cabeça a Prêmio (2009), com Du Moskovis, Cassio Gabus Mendes e Via Negromonte, com Direção de Marco Ricca.

O Teatro Aracy Balabanian fica na rua 26 de Agosto, 453. O ingresso custa R$ 3,00 e pode ser adquirido no local.




Grande Espedito, parabéns pelo seu trabalho.
 
Boni Miranda em 05/12/2011 08:43:12
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.