A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017

24/04/2012 23:39

Com "revelações", obra sobre Lídia Baís é lançada em Campo Grande

Nyelder Rodrigues e Luciana Brazil
Obra sobre Lídia Baís, lançada ontem. (Fotos: João Garrigó)Obra sobre Lídia Baís, lançada ontem. (Fotos: João Garrigó)

O livro “Lídia Baís- uma pintora nos territórios do assombro” foi lançado na noite de hoje (24), na Morada dos Baís, em Campo Grande.

Resultado de 16 anos de pesquisas, a obra de autoria de Alda Maria Quadros Couto tem como enfoque principal a religiosidade que a pintora Lídia Baís apresentava em seus quadros.

Conforme a autora, essa é uma das principais características da arte desenvolvida por Lídia durante os anos. O livro também traz um diálogo que Lídia mantinha com outros artistas.

“Os pintores não são apenas pintores, mas são também narradores e poetas”, comenta Alda Maria, que é professor de literatura aposentada da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Em vários momentos, Alda quis dar a obra por concluída, porém, segundo ela, sempre aparecia um fato novo, assim leva foi continuando o trabalho e as pesquisas que resultaram no livro, vendido na livraria Leitura, em Campo Grande.

Trechos -a autora revelou durante o lançamento alguns dos trechos e documentos que constam no livro.

Um deles é a cópia da certidão de nascimento de Lídia, algo raro, já que a pintora escondia a idade e chegou até a falsificar a certidão de nascimento, nem assinava mais os quadros com a data de criação. Nascida em 1900, Lidia completaria 112 anos nesse ano.

Outra descoberta foi a carta original que Lídia havia recebido do poeta Murilo Mendes, contemporâneo à campo-grandense. Na época, todos achavam que a carta era falsa.

O documento será entregue para o Museu da Imagem e Som, que contou com representantes no evento.

Quem também esteve presente foi o ex-governador do Estado, Wilson Barbosa Martins, que se casou com a sobrinha de Lídia. Contido, o ex-governador lembrou que a pintora não gostava de falar a idade e destacou que ela, com a obra deixada, tem a capacidade de atravessar o tempo.

Para a filha do ex-governados e sobrinha-neta de Lídia, Thaís Martins, o livro foi fiel a história da artista. “A Alda conseguiu de forma ética e poética escrever sobre a Lídia, revelando alguns segredos secretos dela com muita sutileza”, afirma.

História de Lídia - segundo a coordenadora da Morada dos Baís, Janine Menezes Tortorelli, esse é o quarto livro lançado sobre a Lídia Baís.

A coordenadora se mostrou muito feliz com o lançamento de mais uma obra. “É com muita honra que a gente recebe o lançamento desse livro aqui, na Morada dos Baís”, finaliza.

A autora fala sobre o livro, durante o lançamento nesta terça-feira. A autora fala sobre o livro, durante o lançamento nesta terça-feira.



imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.