A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

24/04/2012 23:39

Com "revelações", obra sobre Lídia Baís é lançada em Campo Grande

Nyelder Rodrigues e Luciana Brazil
Obra sobre Lídia Baís, lançada ontem. (Fotos: João Garrigó)Obra sobre Lídia Baís, lançada ontem. (Fotos: João Garrigó)

O livro “Lídia Baís- uma pintora nos territórios do assombro” foi lançado na noite de hoje (24), na Morada dos Baís, em Campo Grande.

Veja Mais
Com bugrinhos de Conceição, galeria reúne arte de MS e área ainda atende eventos
Danielle Winits vive Marilyn Monroe em peça que estreia em janeiro na Capital

Resultado de 16 anos de pesquisas, a obra de autoria de Alda Maria Quadros Couto tem como enfoque principal a religiosidade que a pintora Lídia Baís apresentava em seus quadros.

Conforme a autora, essa é uma das principais características da arte desenvolvida por Lídia durante os anos. O livro também traz um diálogo que Lídia mantinha com outros artistas.

“Os pintores não são apenas pintores, mas são também narradores e poetas”, comenta Alda Maria, que é professor de literatura aposentada da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Em vários momentos, Alda quis dar a obra por concluída, porém, segundo ela, sempre aparecia um fato novo, assim leva foi continuando o trabalho e as pesquisas que resultaram no livro, vendido na livraria Leitura, em Campo Grande.

Trechos -a autora revelou durante o lançamento alguns dos trechos e documentos que constam no livro.

Um deles é a cópia da certidão de nascimento de Lídia, algo raro, já que a pintora escondia a idade e chegou até a falsificar a certidão de nascimento, nem assinava mais os quadros com a data de criação. Nascida em 1900, Lidia completaria 112 anos nesse ano.

Outra descoberta foi a carta original que Lídia havia recebido do poeta Murilo Mendes, contemporâneo à campo-grandense. Na época, todos achavam que a carta era falsa.

O documento será entregue para o Museu da Imagem e Som, que contou com representantes no evento.

Quem também esteve presente foi o ex-governador do Estado, Wilson Barbosa Martins, que se casou com a sobrinha de Lídia. Contido, o ex-governador lembrou que a pintora não gostava de falar a idade e destacou que ela, com a obra deixada, tem a capacidade de atravessar o tempo.

Para a filha do ex-governados e sobrinha-neta de Lídia, Thaís Martins, o livro foi fiel a história da artista. “A Alda conseguiu de forma ética e poética escrever sobre a Lídia, revelando alguns segredos secretos dela com muita sutileza”, afirma.

História de Lídia - segundo a coordenadora da Morada dos Baís, Janine Menezes Tortorelli, esse é o quarto livro lançado sobre a Lídia Baís.

A coordenadora se mostrou muito feliz com o lançamento de mais uma obra. “É com muita honra que a gente recebe o lançamento desse livro aqui, na Morada dos Baís”, finaliza.

A autora fala sobre o livro, durante o lançamento nesta terça-feira. A autora fala sobre o livro, durante o lançamento nesta terça-feira.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.