A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

10/01/2012 14:31

MS tem 4 artistas pré-selecionados para principal prêmio de música brasileira

Ângela Kempfer
Guilherme Rondon concorre a uma indicação com o CD Made in Pantanal.Guilherme Rondon concorre a uma indicação com o CD Made in Pantanal.
Alzira Espíndola está na lista de pré-selecionado com o CD Pedindo a Palavra.Alzira Espíndola está na lista de pré-selecionado com o CD Pedindo a Palavra.

A lista de pré-selecionados para o Prêmio da Música Brasileira, antigo Prêmio Sharp, tem quatro sul-mato-grossenses. Além dos sertanejos Luan Santana, João Bosco e Vinícius, todos já com carreira de fama nacional, a relação traz Alzira Espíndola e Guilherme Rondon.

Veja Mais
Da droga à reabilitação, Zé Pretim sobe ao palco com banda e repertório afiado
Fim de semana tem cover de Freddie Mercury e Whindersson

Patrocinado pela empresa Vale há 2 anos, o concurso existe desde 87 e distribuiu reconhecimento a 37 artistas, em 12 categorias diferentes.

Por conta da diversidade musical brasileira, entre os indicados há uma mescla de estilos. Este ano, o grupo de pré-selecionados inclui nomes como Caetano Veloso, Bibi Ferreira, Chico Buarque e Zé Ramalho, mas também há novos talentos como Maria Gadú, Paula Fernandes e músicos mais populares, como o grupo Aviôes do Forró.

Luan Santana concorre a uma indicação com o CD Ao Vivo do Rio de Janeiro, da Som Livre. A dupla João Bosco e Vinícius participa com disco do mesmo nome, da gravadora Sony. Guilherme Rondon e Alzira Espíndola são de selos independentes.

Guilherme é o mais sul-mato-grossense de todos, por anos de história e composições na música regional, mas pelo CD ‘Made in Pantanal’, que acaba de finalizar em comemoração aos 40 anos de carreira.

A gravação foi completamente feita no hotel fazenda da família, o Recanto Barra Mansa, em uma pequena casa que virou o estúdio.

Dentre as 11 músicas inéditas e uma regravação há composições de Rondon com os amigos Alexandre Lemos, Paulo Simões, Celito Espíndola, Consuelo de Paula e Zé Edu Camargo.

Alzira Espíndola vive há 30 anos em São Paulo e também mudou a assinatura, hoje é Alzira E. O CD Pedindo a Palavra, um dos pré-selecionados, é o oitavo na carreira da sul-mato-grossense, e traz inserções poéticas, uma das marcas dela.

Os trabalhos são encaminhados pelas gravadoras, selos independentes ou pelos próprios produtores e artistas. Em cada uma das 37 categorias, 3 são indicados como finalistas.

O prêmio inclui melhor arranjador, artista revelação, projeto especial, melhor canção, melhor CD, melhor DVD, melhor cantor/cantora e até projeto visual de destaque no ano que passou.

Neste ano, o homenageado durante a entrega do Prêmio da Música Brasileira e o cantor e compositor João Bosco.

Fim de semana tem cover de Freddie Mercury e Whindersson
As atrações acontecem no Palácio Popular da Cultura, em Campo Grande. Confira outras dicas da Agenda Cultural....
Filhos e netos, os artistas mais importantes no palco
Escolas particulares de Campo Grande investem em grandes espetáculos para marcar o fechamento do ano letivo....
Sucesso na música depende de Deus ou de dinheiro na conta?
Empresários e produtores do mundo sertanejo estão escondendo o jogo ou são praticamente santos. Todo mundo diz que o negócio é pedir a Deus e ir com ...



Com o devido respeito a todos, fico na torcida por Guilherme Rondon, compositor e cantor do mais alto nível.
 
Eron Brum em 10/01/2012 09:39:23
Ótima notícia! Parabéns a todos pelo belo trabalho desenvolvido e empenho!
 
Fabio Pellegrini em 10/01/2012 06:41:04
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.