A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

02/11/2014 07:56

Cinemark exibe comédia feita em MS sobre paranoia com a informação

Aline Araújo
Cena do filme, onde todos estão atentos as notícias da TV. (Foto: Divulgação)Cena do filme, onde todos estão atentos as notícias da TV. (Foto: Divulgação)

O cinema sul-mato-grossense tem andado a passos mais largos, graças a raça de quem trabalha pela arte. Depois de seis anos de muita correria entre roteiro e editais para captar recursos, além de outros três anos de filmagens, ficou pronto "A TV está Ligada". O curta será lançado em novembro, no sábado dia 8, com nova exibição no domingo (9), sempre às 10h30 da manhã, no Cinemark Campo Grande. A entrada é gratuita.

Veja Mais
Final de semana tem a volta de Anjos da Noite, comédia nacional e animações
Semana tem ação com a volta de Jack Reacher, além de ficção e terror

O filme tem 24 minutos e é o resultado do trabalho de uma equipe de mais de 50 profissionais do Estado. Produzido pela Casa de Cinema de Aquidauana, o curta dirigido por Essi Rafael foi rodado em Campo Grande, onde um criminoso ganha fama na televisão como Maníaco da Calçada e espalha insegurança.

“É um filme que tem uma pegada de humor, mas não de gargalhar. Ele tem uma pegada mais critica”, explica o diretor de 26 anos, que também escreveu o roteiro do filme que aborda a relação das pessoas com a notícia e a paranoia que pode surgir diante de uma informação.

 

A ideia é fazer uma comédia com uma pegada mais critica.  (Foto: Divulgação) A ideia é fazer uma comédia com uma pegada mais critica. (Foto: Divulgação)

O trabalho é rico em detalhes. Para trazer veracidade, a equipe envolvida no projeto criou identidade visual para vários canais fictícios de TV e jornalistas foram convidados para apresentar esses programas.

“É um alivio ver tudo pronto e a demora é porque a gente quer tudo redondo e cresce um orgulho do resultado. É toda uma jornada, as gravações principais foram e 2012.” lembra dois anos depois.

Campo Grande ganha destaque na produção. A cidade é um personagem importantíssimo, pela urbanidade quase rara nas cidades do interior. “A gente faz um registro cultural, mostra como a cidade está se movimentando”, comenta.

O filme é resultado de um projeto que nasceu na faculdade, mas demorou para vingar e sair do papel, principalmente, pela necessidade de recursos técnicos.

Mas Essi não desistiu, como faz sempre, e agora terá a oportunidade de acompanhar o resultado do trabalho em uma das principais redes de cinema do Brasil, com qualidade de som e imagem, mesmo que sejam apenas 2 exibições locais. No passado, esse foi um bom começo com outro curta de Essi.

Todas as gravações foram feitas na Capital.  (Foto: Divulgação) Todas as gravações foram feitas na Capital. (Foto: Divulgação)

A Casa de Cinema de Aquidauana é a produtora de Essi, ela carrega a ideia de fazer filmes baseados no cotidiano de Mato Grosso do Sul.

Um dos primeiros filmes produzidos por ele foi "Ela veio me ver", curta de 2011, exibido em festivais no Brasil e exterior. Com a novidade da nova estreia na semana que vem, a produção de 17 minutos foi disponibiliza na internet (veja ao fim da reportagem). 

A história da primeira tarde juntos de Delcides e Tatiane, foi parar em Nova Iorque, depois de também começar por aqui, com sessão no Cinemark. A torcida é para que "A TV está Ligada" faça o mesmo caminho. 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.